História Para sempre ∞ - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Lucas "LubaTV", Lucas Olioti
Tags L3ddy, Lubatv, T3ddy, Youtube, Youtubers
Exibições 41
Palavras 623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Lemon, Romance e Novela, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu to achando muito fofo essa fanfic kkkkk
Boa leitura e espero que gostem!!!

Capítulo 4 - Estou aqui por você!


                               *T3ddy*

                Ainda eram 18:00, então eu fui tomar banho primeiro, eu estava um pouco suado, gravar vídeo as vezes é cansativo, não podia sair para um restaurante com cheiro de suor, principalmente por que era um “quase” encontro. Tomo meu banho normalmente, e quando saio do banheiro, me deparo com o Luba chorando novamente, o que foi dessa vez?

                               *Luba*

                O T3ddy entrou no banheiro vou mexer um pouco no meu Twitter, quando recebo uma mensagem do Wellinton pelo Whatsapp.

                               *Whatsapp on*

                W: Precisamos conversar, você entendeu tudo errado, é sério!!

                L: Não tenho nada pra conversar com você, você estava me enganando, nem sei por que ainda não te bloquiei de tudo.

                W: Ah, quer saber, namorar você não vale todo aquele dinheiro, você é insuportável, um obeso que ninguém ama, provavelmente nem sua mãe.

                               *Whatsapp off*

                No mesmo momento eu soltei o celular e comecei a chorar, ouvi a porta do banheiro se abrindo e o T3ddy vindo em minha direção com uma feição de preocupado.

                T: Luba, o que aconteceu? Por que você está chorando – Não consigo falar, e então mostro as mensagens pra ele. – Calma Lubinha, não se importa com isso, você tem seus amigos, tem a mim – nesse momento nós dois ficamos nos encarando, juro que estava muito triste, mas quando o T3ddy disse aquilo, eu não pensei em mais nada e apenas fiz.

                               *T3ddy*

                Não acredito no que está acontecendo, eu e o Luba estamos nos beijando, estou muito surpreso, e também muito feliz, eu retribui o beijo, pra ser sincero é o melhor beijo que já vi. Então por falta de ar, nos separamos e ficamos olhando um para o outro.

                L: Me desculpa T3ddy, eu não queria ter feito isso, é melhor nós irmos jantar logo – Peguei as chaves e saímos pro restaurante, não falamos uma palavra no caminho, arrumamos uma mesa, nos sentamos e fizemos nosso pedido, eu tinha que falar alguma coisa, eu nem disse se gostei ou não, mas nem foi preciso, ele mesmo tocou no assunto.

                L: Olha T3ddy, sobre aquele beijo, eu estava muito carente no momento e achei que você estava me dando bola – Ele deu um sorriso de canto de boca, mas também estava meio corado, acho muito fofo quando ele fica com vergonha.

                T: Mas que disse que não estou?

                               *Luba*

                Meu Deus, aquilo foi um tiro no meu peito, estou no chão, ele realmente está apaixonado por mim, ok Luba, se acalme.

                L: Sério? Estou um pouco surpreso, tipo eu pensei que você me via apenas como seu amigo – Disse sorrindo pra ele, e ele também estava sorrindo, e aquele sorriso dele, OMG, é muito perfeito.

                T: Sim, eu estava meio confuso com isso, mas depois do beijo eu tive certeza do que eu realmente quero, no caso você – Ele corou, primeira vez que o vejo assim – Mas se não for pra ser, por favor, não para de ser meu amigo.

                L: É obvio que eu não quero ser mais seu amigo...

                               *T3ddy*

                PORRA T3ddy, fudeu, eu sabia que não podia falar, agora você perdeu seu melhor amigo.

                T: Não podemos mais ser amigos por causa disso? – Eu estava prestes a chorar.

                L: Claro que não, poderíamos ser algo a mais, que tal nos dois tentarmos e ver no que vai dar isso tudo? – Eu juro que quis bater nele, mas nossa, ele realmente queria ter algo a mais comigo.

                T: Ok, quer dizer, claro, vamos tentar, mas por enquanto vamos manter isso só entre a gente, não vamos falar pra ninguém, pode ser?

                L: Sim – E foi assim o resto da noite, nós jantamos, e voltamos pro apartamento, ele estava muito cansado então arrumei um colchão pra ele no meu quarto e fomos dormir.

 

 

Continua...


Notas Finais


Juro que quando estava escrevendo, eu quase explodi com o excesso de fofura desses dois <3
Obrigado pelo feed back positivo de vocês, isso me incentiva a fazer novos capitulos, e eu estou amando isso...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...