História Para Sempre - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Conquistar, Lutar
Visualizações 9
Palavras 595
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aaahahha ♥♥♥
Desculpa, Desculpa mesmo !! Prometo acabar essa história logo ! prometo não demorar nunca mais !
* foi um ano complicado, não pude dar atenção a vocês, conflitos pessoais, Sorry ♥

Pra alegria de vocês estou de volta ♥♥♥🎈

Capítulo 16 - Me perdoe


–  Me conte Jimin, qual o problema com você ?. — perguntou Jin, olhando para Jimin coberto de sangue.

— Jin, eu juro ..estava na festa e apaguei. Quando acordei estava sujo de sangue e tinha, tinha gente morta. – o garoto colocou as mãos ainda manchadas na cabeça. 

— Ligou para polícia ? 

— Sim, eu liguei, liguei !! 

— Vamos Jimin! entre no carro. – colocou as mãos sobre as costas do garoto o direcionado para o carro. — Prometo que tudo vai ficar bem.

(...)

Pov Jimin

Parecia estar sonhando. Era como estar em um filme. Pessoas morrendo e um assassino a solta. Eu parecia ser o culpado. Eu parecia estar escondendo um assassinato.

— Confia em mim Jin. Eu não matei eles.

— Seu irmão estava lá Jimin ? – perguntou Jin, ele estava de volta. Diferente, alto e parecia ter tido um ótimo ano. Como nunca. —  Nosso irmão estava lá ! Me responde !!

— Eu não sei !!  – não sabia mesmo se Jung Kook estava lá. Tinha medo que estivesse.

Jin havia mudado de expressão, estava respirando fundo, conseguia sentir o som do seu coração. Ele se importava muito com Jung Kook. 

A vida de Jin nas mãos do meu pai foi um fracasso e eu sempre fui menos responsável que Jung Kook.   

Jin se importava com ele, pois queria que pelo menos ele se salvasse, que tivesse uma vida boa, mostrando ser forte. Não como eu e Jin, queria que Jung fosse diferente.


— Você confia em mim Jin ? Juro não ter cometido um assassinato.

— Desculpa Jimin. 

Por um segundo meu coração parou.

Alguém bateu na porta do hotel, onde estávamos.

— Quem você chamou Jin ? Quem é !! – estava respirando rápido, eu queria fugir ..mais não tinha saída.

— É pelo seu bem irmão. Eu prometo.

 Abre a porta, é a polícia federal de Seul !


Eu confiava em você Jin. 

Foram minhas últimas palavras depois de sentir uma forte dor abdominal. O primeiro polícial que havia entrado claramente percebeu o sangue em mim. E sua arma de choque já estava preparada para me derrubar. Foi uma das piores sensações. Queria estar morto.


(...) Quebra de tempo


— Foi confirmado senhor. – disse o médico que havia examinado Jimin.

— Foi confirmado o que ?. – era Jung Kook, ele estava bem. 

— Seu irmão possui um problema psicológico, ele conta fatos que não são reais, sobre uma banheira de sangue e uma grande festa na mansão da sanhora Miranda, ter encontrado com seu irmão Jin.

— Mais foi isso o que aconteceu, não foi ?

— Na noite passada os policiais receberam um chamado nesse local, informando ter ocorrido uma assassinato. Quando chegaram lá não havia nada. Na mesma noite foi identificado de onde tinha vindo a chamada. Jimin estava lá em um hotel, havia corpos e muito sangue e nem sinal de Jin. 

— O senhor acha que meu irmão fez isso ?. – perguntou o garoto com o coração apertado.

— Tudo indica que sim. 

— E o que vai acontecer com ele ?.– não pode esconder as lágrimas.

— Internação é o melhor a se fazer nesse momento.

— O senhor me permite falar com ele ?

— Claro. Entre !


...

— Jimin !. – eles se abraçaram.

— Me tira daqui Kook ! Eles não acreditam em mim. Por favor irmão !

— Eu estou tentando Jimin. Mais agora tem que ficar calmo.

— Fala com o Jin, ele sabe, ele estava lá.

— Ele não está aqui, ele nunca esteve Jimin !! 

— Me promete ! 

— O que ? 

— Que vai me perdoar ? E provar que não foi eu, que não foi eu que matei eles.

— Eu prometo !





Notas Finais


♥♥Curto ..massss já ja eu volto !!
♥♥♥♥
Desculpa se estiver meio um lixo.. faz tempo em que não escrevo, tenho que pegar o jeito ..

♥ Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...