História Para sempre ao seu lado - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts
Exibições 37
Palavras 520
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - O campo de tulipas


Fanfic / Fanfiction Para sempre ao seu lado - Capítulo 19 - O campo de tulipas

Acordei e não havia mais ninguém ali,  parece que fui o último a acordar. Fui na cozinha e tomei uma xícara de café,  mas não tinha ninguém lá. Fui procurá-los lá fora e me deparei com os seus corpos.

Jim estava enforcado junto com Nanjoon,  V, Kook e Hope  estavam caídos no chão, ensanguentados.  Comecei a ficar apavorado até que ouvi a voz de Jin por trás da árvore em que seu corpo estava pendurado,  então saquei tudo.

Eu- Ô porra!!!  Vai se fuder V!!!! Foi tudo ideia sua não é?!

Chutei V que gritou no mesmo segundo de dor. E todos se levantaram e começaram a rir,  Jim e Rap Monster saíram de trás da árvore.

V- Caralho, por que você fez isso?!  Como soube que fui eu???

Eu- Dois motivos: 1- Só você pra fazer esse tipo de coisa,  2- Você começou a rir um pouco quando eu fiquei apavorado.

Kook- Você é inteligente mesmo!!

Eu- Cadê o Suga é a Luanna?

V- Ele foi levar ela pra casa,  pois ela tinha um compromisso.

Eu- Hmmm...  não façam mais isso!

V- Pra ganhar outro chutão? Nem a pau!!!

Comecei a rir e a seguir todos riram. Depois,  fomos pra um campo onde Rap Monster disse ser a fonte de inspiração para seus raps. Fiquei curioso para saber o que era,  mas fiquei decepcionada ao saber que era um grande campo de tulipas. Pensei que fosse uma coisa mais radical, mas lá é bem bonito.

Ele se deitou no chão e ficou observando as nuvens. Então decidi fazer o mesmo,  vi que era calmante,  então comecei a cantar uma música qualquer,  daí eu me levantei rapidamente.

Eu- Gente,  e se a gente criasse uma banda???

Todos- Boaa!!!!!

Kook- Acho melhor fazer isso mais tarde...  Depois das provas, ou nas próximas férias. Se nao,  pode afetar nos estudos.

Eu- Verdade.... Mas vou continuar essa ideia.

Ficamos atoa o resto do dia e à noite iríamos na casa do Suga,  que nos convidou para um jantar formal. Não entendi muito bem,  mas ele disse que era pra ir de terno,  ou algo assim. Cheguei em casa e peguei meu único terno e coloquei. Também pus meus sapatos,  perfume e ajeitei bem meu cabelo e aguardei Kook na sala. Não demorou muito pra ele acabar e vir. Entramos no carro e dei a partida. Chegamos e Kook tocou a campainha,  logo Arnold nos atendeu e abriu o portão.

Entramos e esperamos o resto chegar. Já estavam ali o Jin,  V, Eu e Kook,  sem contar com o próprio Suga.

Jin- Eu ainda estou curioso pra saber o por que desse jantar tão repentino...
Suga- É o seguinte : meus pais são daquele tipo que não aceitam rebeldia, e eles queriam lhes conhecer, principalmente a Luanna.

Eu- hmmmmmmmmm!!! Parece que cabeças vão rolar....

Suga- por favor,  não estrague tudo,  se vocês não os agradaram,  Eu posso correr o risco de ir pro Japão!!

Comecei a ter uma Cris de riso e todos riram atrás. Vai ser um desafio pra mim,  ter que aturar essa chatisse o jantar todo... Veremos no que vai dar.


Notas Finais


Será que vai dar merda?????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...