História Para Sempre Eternos - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lobos, Romance, Vampiros
Exibições 28
Palavras 502
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Maís um capítulo de um dia de treinamento.

Capítulo 5 - Novo professor.


Fanfic / Fanfiction Para Sempre Eternos - Capítulo 5 - Novo professor.

O céu estava limpo, e um garoto estava em um jardim sentado meditando, abri os olhos e fui me banhar no riacho, já fazia um tempo que estava no bosque e gostava da vida de lá, já avia aprendido muito coisa com Enny, Rocky, e hoje irei ter um novo professor. Escutei alguém me chamar e fui em direção da voz.
Eu: - Enny?
Enny: - Sebastián, venha cá!
Eu: - Oque houve?
Enny: - Quero lhe apresentar o Léo!
Eu: - Quem?(procurei ao redor)
Léo: - Aqui!
Eu: - Ah seu Infeliz que me matar do coração.
Léo: - kkkk desculpe meus poderes me permitem usar os dons de camaleão para me camuflar.
Enny: - Léo vai lhe ensinar a se esconder, à se camuflar melhor.
Eu: - Ok, então me diz Léo como você faz isso?
Léo: - Você e jovem, e não pode usar poderes como os meus mais irei lhe ajudar a aperfeiçoar seus extintos.
Enny: - Deixarei vocês a sois, com licença.
Eu: - Léo, como conseguiu seus poderes, afinal você é um humano.
Léo: - A muito tempo eu fui um caçador mais nunca fui de matar por diversão, um dia eu fui atacado por caçadores.
Eu: - Mais poque?
Léo: - Na época usavam animais para luxo próprio, eu me neguei aquela vida, e salvei todos os animais presos pela minha aldeia.
Eu: - Como fez isso?
Léo: - Soltei todos os animais, o meu povo era orgulhoso e não quis mudar então foram atrás de mim eu fui ferido, mais quando estava prestes a morrer a Enny apareceu e viu que eu era bom, e me deu esse poder mais eu teria que prometer que iria ajudar a cuidar de tudo por aqui.
Eu: - Então você reviveu?!
Léo: - Meio que sim garoto, mais gosto dessa nova vida, porque hoje sou um guardião desse paraíso e preservo a vida do mesmo.
Depois de contar sua história Léo me levou para o bosque e me ensinou a usar meus sentidos para me guiar independentemente do local, do clima, se está escuro ou não, aprendi a caçar animais invisível aos olhos de outros, eu vi o mundo com outros olhos. No final do dia se reuniram Rocky e Léo os dois me chamaram.
Eu: - O que aconteceu?
Léo: - você aprendeu muita coisa durante esse mês e é hora de um último teste.
Rocky: - Você terá, que passar uma noite na floresta sem nenhum recurso.
Eu: - Estou pronto para esse teste.
Enny: - Lembre se, Sebastián a minha floresta e segura mais a parti da clareira elá se torna selvagem, tome muito cuidado ok.
Eu: - ok, mais será que vocês podem me acompanhar até o ponto de partida?!
Alguns minutos depois nos quatro estávamos no limite, Enny olhou para mim.
Enny: - Tome cuidado, Sebastián.
Eu: - Eu tomarei, até breve pessoal.
Adentrei na floresta em uma aventura, eu saberia me cuidar sozinho. Pois logo eu me tornaria um verdadeiro Lobo.


Notas Finais


Mais uma aventura, será que nosso garoto vai conseguir passar uma noite sem ajudá nenhuma?!
Até o próximo Capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...