História Para sempre minha - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Yui Komori
Tags Diabolik Lovers Romance
Visualizações 41
Palavras 690
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente me desculpa pelo sumiço ueheuhe perdão,voltei para atualizar e acabar a fanfic graças a uma amiga minha que me deu forças muito obg Senpai <3 ehueheu espero que gostem e leiam ouvindo a música do Kamijo Love will bi born again foi ela que me expirou neste capitulo e tem partes dela também nele aproveitem euhueh bjs vou postar outras fanfics em breve também

Capítulo 2 - Love


Fanfic / Fanfiction Para sempre minha - Capítulo 2 - Love

- Mas...                                                                                                                                                                                                                  Mesmo que ela seja apaixonada por mim ainda vejo medo nos olhos dela, droga! Por que eu tenho que ser assim? Sou gostoso sexy. Isto isso não importa agora, como falar para ela me entender?                                                                                                                                            - Mas? - Incentivei, será que ela tem medo de mim? Sou apenas um sádico apaixonado.                                                                                         - Tenho medo de me magoar!                                                                                                                                                                                       - Você não irá panqueca confia em mim - abraço com força e puxou a em direção ao piano - venha senta do meu lado -  sento ela ao meu lado, que acaba olhando-me de modo curiosa - e tenho como provar - digo corando.                                                                                                     Me acomodo e começo a tocar com o sentimento que guardo em meu coração que não sabia que existia, sorrio e começo a cantar:                                                              - I"II be with you, I've never loved anymone like this before                                                                                                                                 Any time, every time I want to stay with you                                                                                                                                                            I don't want to say goodbye I'm afraid of losing your love                                                                                                                                               I could never live without you                                                                                                               ( Eu estarei com você
Eu nunca amei alguém assim antes
Qualquer hora, toda hora
Eu quero estar com você
Eu não quero dizer adeus
Eu estou com medo de perder seu amor
 Eu não conseguiria viver sem você )       
                                                                                                                                                                          Cantei roucamente como se minha vida dependesse disso, pois bem ela depende.                                                                                                  Me  surpreendo quando ela canta:                                                                                                                                                                                                               - I"II be with you, No Matter how much time goes by I love you                                                                                                                             (Eu estarei com você .Não importa o quanto demore. Eu te amo)                                                                                    

  Sorri, sua voz era como anjos cantando iluminando meu coração, começamos a cantar juntos:                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          - I need your love I've never loved anyine like this before                                                                                                                                         Your smile, you soul ..'   

                                (  Eu preciso do seu amor, eu nunca amei alguém assim antes , seu sorriso, sua alma)                                                      Virei me, toquei seu lindo rosto fazendo a me encarar, estava levemente corada aproximei do seu rosto e sussurrei:                                                            -   você é a única que faz o meu coração morto bater desesperadamente - e a beijo delicadamente, nos separamos grudei minha testa na sua -  e parece que tenho o mesmo efeito em você.                                                                                                                                                         - Seu exibido                                                                                                                                                                                                                 - Eu sou, mas você me ama assim - sorrio a puxando para meus braços - não esteja preocupada com isso nunca vou te trocar por nenhuma outra mulher será a única - beijo o topo de sua cabeça.                                                                                                                                                -  Então aceito - coloco o anel em sua mão beijando a em seguida e digo - Seja bem-vinda minha futura esposa, Sr.ª Samaki.                 Delicadamente com medo de assusta-la a beijo capturando seus lábios macios. O cheiro do seu sangue sempre me enlouquece, mas agora parece mais apetitoso, a puxo mais para mim a abraçando enquanto aprofundo o beijo passo a mão nas suas costas fazendo um carinho para que ela relaxe e aproveite. Ela solta um pequeno gemido com a massagem, a levo para cama deitando-a, observo seus cabelos emoldurando seu lindo rosto que está com uma expressão de desejo e totalmente corada, minha santinha.                                                                 Beijo de novo com um pouco mais de urgência que acaba correspondendo a altura, desço por seu pescoço distribuindo pequenos beijos, seu corpo se arrepia, com o contato de meus lábios gelado em sua pele quente, vou descendo até o ombro onde dou uma pequena mordida de leve, seu gemido, me deixa completamente louco, a pressiono na cama colocando nossos corpos vestidos subo capturando seu lábio inferior dando outra mordida enquanto umas das mãos passeava por seu corpo, sua resposta e puxar meus cabelos com força, puxo suas pernas e pegando em sua coxa apertando de leve, enquanto aprofundo o beijo, seu corpo em chamas aquece o meu gelado, me deixando a beira da loucura.                                                                                                                                                                                                                 Nos separamos por causa da falta de ar, respirei fundo seu cheiro estava mais intenso, me afasto deitando ao seu lado puxando a para meu peito.                                                                                                                                                                                                                                    - Ora de dormi pequena – acaricio seus cabelos e do um leve beijo – não será nessa noite.                                                                                    -  nem pensei nisso – diz escondendo seu rosto corado de mim, mas não adianta já tinha visto, soltei uma pequena gargalhada - vá dormi e descanse bem enquanto pode – sussurrei...

 


Notas Finais


até a próxima espero que tenham gostado euheuhue e sorry


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...