Hist√≥ria Para sempre Sua ūüíď - Cap√≠tulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Carla (Charle), Erza Scarlet, Happy, Jellal Fernandes, Lucy Heartfilia, Nashi Dragneel, Natsu Dragion, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Wendy Marvell
Tags Drama, Nalu, Natsu Dragion, Natsu Dragnnel
Exibi√ß√Ķes 90
Palavras 1.229
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
G√™neros: Ação, Drama (Tragédia), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


História dramática XP mais tá ai, ousam The One That Go Away da Katy Perry, se possível escutem na versão instrumental

Capítulo 1 - Capítulo Único - Mais divertido quando estamos juntos


Fanfic / Fanfiction Para sempre Sua 💓 - Cap√≠tulo 1 - Capítulo Único - Mais divertido quando estamos juntos

Por favor leiam as notas do autor e fiquem ligados que irei falar a hora de por a música 

O rosado segurava as mãos frias das "suas" crianças enquanto a neve caía. Lucy estava ajoelhada em frente a lápide de alguém que um dia ela amou, ele chorava e sussurrava coisas das quais seu novo "marido" não poderia ouvir. Enquanto Lucy lamentava ele contava a história do irmão para as crianças. 

- Eu te amo - sua voz embargada não poderia ser ouvida. 

Lucy se levantou e limpou seu vestido de noiva branco. 

- Vamos... - ela sorriu sem graça - está frio, entrem no carro - ela disse para Nashi e Luke que tinham um sorriso igual ao do pai. Todos entraram no carro e seguiram para casa. 

- Hum... Lucy... Erza e Jellal viram passar o final de semana aqui - ele se mantinha focado na estrada

- Hum... - ele recebeu como resposta - as crianças dormiram? - Lucy perguntou querendo disfarçar sua resposta anterior 

O rosado suspirou 

- Acorda Lucy! Meu irmão não vai voltar! Siga em frente! - ele levantou o tom de voz

- Como posso seguir em frente quando tenho ao meu lado uma réplica do meu amado? - ela gritava

Ele abaixou a cabeça e apertou com força o volante 

- Ele... Não vai mais voltar... - o som de sua voz era quase inaudível mas não escapou dos ouvidos da loira

- Que se dane você! Erza e Jellal serão muito bem vindos, mas não house aparecer aqui! - ela desceu do carro furiosa, pegou seus pertences e as crianças - Vamos Luke, Nashi, tia Erza chega daqui a pouco. 

Ela abriu a porta de casa e as crianças entraram correndo. 

- Subam com cuidado! - a loira advertiu pois viu seu filho escorregar e cair de bunda - ah Natsu, se você estivesse aqui seria tudo mais divertido - ela olhava para seu anel de diamante 

- Mãe! Mãe! - Nashi balançava Lucy de um lado para o outro 

- Hum? Ah! Nashi, o que quer tão cedo? - a loira fingiu birra

- É seu aniversário mamãe! - a menina de cabelos roséos sorria para Lucy

Natsu entrou no quarto segurando um bolo com 22 velas acesas 

- Feliz Aniversário Luce! - ele sorria

- O-obrigada - ela enxugava as lágrimas de alegria - Hum... Sabe, tenho um presente para dar a vocês - ela sorri

- O que é mamãe? - Nashi sorria inocente 

- Luke, temos um menino a caminho Natsu - o rosado derrubou o bolo no chão e correu para abraçar a esposa 

- Foi uma ótima época - ela parou de observar o anel para atender a porta que alguns segundos atrás tinha sido batida - ah oi Erza - ela sorri sem jeito - oi Jellal - acena 

- Lucy? Está tudo bem? - a Sadomasoquista apalpava a amiga em busca de hematomas 

- Sim, é só... - a loira olha triste para a amiga

- Vocês brigaram de novo e hoje era o aniversário do Natsu, normal todos passamos por isso - Jellal passou pela porta e deu um tapinha no ombro da Heartfilia - você vai ficar bem

(Soltem a música) 

Eu tinha acabado de acordar, o Dragnnel estava ao meu lado e roncava como sempre. Coloquei minhas pantufas de coelho rosa e desci para fazer o café, assim que terminei vi Nashi descer as escadas. 

- Bom dia mamãe - ela sorriu para mim

- Bom dia minha pequena, poderia chamar seu pai? - coloquei o café na mesa

- Claro! - ela subiu as escadas a procura do pai

Os dois desceram a escada e se sentaram na cadeira da sala de estar

- Bom dia amor - Natsu me deu um beijo - Como vai nosso pequeno Luke? - alisei minha barriga 

- Ele vai bem, Nashi - ela olhou para mim - hora de ir para a escola

Ela pegou sua mochila e abriu a porta de casa mas Natsu a advertiu 

- Eu levo você para a escola hoje - ele se levantou e colocou o paletó, em seguida pegou as chaves do carro - Vamos - eles sairam - Ah! Luce - olhei para ele - É mais divertido quando estamos juntos 

Mais tarde recebi uma ligação da qual me deixou apavorada meu rosado havia sofrido um acidente. Peguei meu casaco e a chave do carro, tranquei a casa e entrei no carro. Eu estava em alta velocidade mas era Natsu que precisava de mim, ou eu que precisava dele. 

Quando cheguei no hospital a recepcionista me disse que Natsu Dragnnel se encontrava no quarto 121. Corri o mais rápido que pude mais as contrações começaram. Bendito Luke! Tinha que nascer logo agora? Aos poucos minha visão foi ficando embaçada e do nada tudo escureceu. 

Pi Pi Pi Piiii

Aquilo era o som de um aparelho cardíaco? Eu não tinha certeza. Abri meus olhos aos poucos e a luz do quarto quase me segou. 

- Onde? - a enfermeira olhou para mim - onde está Natsu? 

- Ele está na sala de cirurgia Sra. Dragnnel - ela olha para mim preocupada

- Eu quero vê-lo - falei me sentando na cama 

- A Senhora não pode vê-lo agora - ela tentava me deitar novamente - tem que descansar 

- Eu... - minha respiração estava falha - eu não quero descansar... - me apoiei no ferro da maca - quero ver Natsu, quero ver meu filho - me levantei e fui até a porta

- Sra. Dragnnel por favor não! - ela corria atrás de mim

- Eu preciso ver Luke! Preciso ver Nat... su... - caí de joelhos em frente a porta de vidro do hospital - Natsu? - ele estava sendo levado para fora do hospital - NATSU! - tentei ir atrás dele mais um segurança me segurou 

3 Anos depois

O rosado segurava a mão de "suas" crianças. O a neve caía e Lucy estava ajoelhada em frente a lápide de seu amado. 

- Tio Dragion... - Nashi puxou a barra de seu paletó - por que se casou com a mamãe? 

- Sabe... Seu pai ele... Me pediu para cuidar de vocês - ele sorriu gentil - mas eu não sou casado com a sua mãe 

- Natsu - Luke pronunciou seu nome enquanto olhava para a mãe que chorava - o nome do meu pai era Natsu - ele se mantinha focado na mãe 

- Luke, eu tinha um irmão gêmeo - ele suspirou - o nome dele era Natsu Dragnnel... 

Lucy chorava, ela estava vestida de noiva e havia levado com sigo a caixinha com o anel de casamento e um buquê de flores vermelhas. 

- Eu te amo - sua voz saiu embargada 

Lucy se levantou e limpou seu vestido branco. 

- Se eu soubesse que aquilo iria acontecer não teria deixado você levá-la até a escola - ela sorri sem jeito - eu não amo seu irmão Dragion, eu amo você - Lucy começa a chorar - e... Por mais que eu envelheça jurei no dia do nosso casamento que eu seria... Para sempre Sua. - Lucy anda em direção as três figuras distorcidas que esperavam à frente do carro. - Lembre-se é mais divertido quando estamos juntos 

"É mais divertido quando estamos juntos" 

Essa foi a última coisa que ele me disse antes de sair de casa... Mais divertido quando estamos juntos - ela sorri triste 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...