História Para sempre! Talvez? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Golden Freddy, Mangle, Nightmare, Nightmare Balloon Boy, Nightmare Bonnie, Nightmare Chica, Nightmare Foxy, Nightmare Freddy, Nightmare Mangle, Plushtrap, Shadow Freddy, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Fnaf, Freddica, Goldenx Toy Bonnie, Springle, Toy Freddica
Exibições 12
Palavras 602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Poesias, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


desculpem a demora
quero agrecer ás duas pessoas que comentaram o cap passado asserio muito obg é a primeira vez que tenho dois comentarios no mesmo cap isso só me dá mais vontade de escrever mas claro eu demoro muito para postar bom sem mais demoras vamos para o cap

Capítulo 2 - Chegada ao castelo


Chica on~

 

Esta viajem parece nunca mais ter fim, e também já estou farta de ouvir as pessoas a lamentarem-se, será que não dá para calarem um pouco a boca.

- Olá tripulação, eu sou o vosso capitão, podem me tratar com capitão Foxy. – Diz um homem ruivo, alto com um olho amarelo e uma pala no olho esquerdo.

- Ninguém queria saber. – Digo.

- Para uma escrava você tem uma personalidade forte. Qual o seu nome? - Pergunta o tal “capitão”

- Meu nome é chica. – Digo firme

- O príncipe vai gostar de você.

 

## Uma hora depois ##

 

- Então foi você seu canalha, como ainda tem o descaramento de aparecer aqui depois de ter matado a nossa família e nos obrigar a vir para cá. - Digo com lágrimas nos olhos, quando estava prestes a lhe dar um soco, um dos seus guardas levou me para longe.

 Estava eu muito bem no meu cantinho quando me agarram no braço e dizem:

- Vamos é você a escolhida. – Escolhida? oque? Não estou a entender nada.

 

Ok certamente eu estou no sitio errado, para explicar melhor vou dizer-vos de que estou numa carruagem banhada a ouro e o tal príncipe á minha frente.

 

- Qual é o teu nome? – O principezinho perguntou-me.

- Não tens nada a ver com isso. – Respondo

- Grossa.

- Chica. – Digo num tom quase inaudível.

- O que disse? Acho que não ouvi bem. – Perguntou, pondo as mãos em volta do ouvido.

- Você ouviu muito bem. – Digo revirando os olhos.

- O meu nome é Freddy.

- Hum não falta o príncipe?

- Não nada dessa formalidade.

- Está bem – Este príncipe parece diferente.

- Chegamos esta vai ser a tua nova casa.

- Você chama isto casa? Eu acho palácio – respondo.

- Vá vamos logo.

 

Quando entrei estavam lá uma mulher com cabelos brancos presos num coque e madeixas rosas, um homem alto com cabelos verde tropa presos num rabo de cavalo curto e por fim uma menina com cabelo branco preso num rabo de cavalo.

 

- Olá seja bem vinda, o meu nome é Mangle, este é o meu marido Springtrap e a minha filha Springle.

- Hum olá eu sou a Chica, muito prazer. – Respondo.

- O prazer é nosso. – Respondem em coro.

- Mangle porque não apresentas o castelo á Chica – sugere Freddy.

- Sim claro, porque não, assim posso apresentar o resto dos empregados. – Responde Mangle.

- Por mim pode ser- Respondo.

- Spring ficas com a Springle? – Pergunta Mangle.

- Sim claro, vamos Springle?

- Sim pai! – Exclama a pequena.

 

O Príncipe também já se tinha ido embora só restavam eu e a Mangle.

 

- Bom que sitio eu posso mostrar primeiro?- Interrogava-se Mangle. – Já sei a cozinha!

 

Seguimos pelo um longo corredor ate uma parar-mos em frente de uma portinha que por cima tinha escrito “cozinha”, adentramos o recinto e lá se encontrava uma jovem de longos cabelos loiro presos num rabo de cavalo e olhos azuis como o mar.

 

- Olá toy

- Olá Mang, quem é essa? – Pergunta a tal “toy”

- O meu nome é Chica muito prazer – Respondo

- Eu sou a toy chica, o prazer é todo meu.

- Bom, eu disse que ia fazer uma visita guiada mas já está muito tarde continuamos amanhã – Diz Mang

- Ok podes só levar-me até ao quarto?

- Sim claro

 

Depois de a mesma me ter levado ao quarto eu adormeci que nem uma pedra mas sempre a pensar no meu querido filho e como ele se deve estar a sentir.

 

…… continua …….


Notas Finais


espero que tenham gostado, se sim já sabem o que fazer ate uma proxima bjs de atum


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...