História Para Você - Capítulo 36


Escrita por: ~ e ~Biih_cop

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho)
Tags Captainswan, Colifer, Jmo, Onceuponatime, Ouat, Romance
Exibições 71
Palavras 1.951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura

Capítulo 36 - Capítulo 36



Pov Jen
"Sentir seu pequeno coração batendo dentro de mim, é descobrir o sentido da vida"
Por: Biih 

Enfim chegou sábado, nossa como eu estava esperando esse dia, tinha marcado consulta para as 10:00 AM mas acabei acordando muito antes do horário, olho para o relógio na cabeceira da cama e ainda são 5:34 AM.
-Merda (exclamo baixo e logo sinto minha barriga roncar dirigindo a mão até ela)
-Calma meu amor, já vamos resolver isso! (Falo para a mesma ao olhar e sentir uma movimentação dentro de mim)

Sento na cama e me alongo, não demora muito para que eu sinta os braços de Colin passando por minha cintura e sua barba roçando em meu pescoço terminando com um beijo longo e molhado no mesmo.

-Colin... (Falo inclinando a cabeça para o lado e tentando me centrar... Tenho que admitir que isso tem sido difícil nos últimos dias com os hormônios do jeito que estão)
-Bom dia minha barrigudinha! (Ele fala em um tom engraçado perto do meu ouvido enquanto abraça minha barriga por trás)
-Isso são horas senhor Colin? (Pergunto com voz firme)
-Nossa tem alguém que está crescendo (ele fala sem responder minha pergunta enquanto acaricia meu ventre)
-E esse alguém está com fome (completo a frase dele enquanto encosto meu pescoço em seu ombro abrindo espaço para sua carícia)
-Huuum... (Colin completa pensativo)

As mãos dele sobem lentamente até meus seio e então sinto ele apertar.

-Aiii, tá sensível! (Falo firme, mas sem conseguir negar o fato de que amo as surpresas dele)

Levo minhas mãos de encontro a dele e depósito por cima.

-... Também está crescendo (ele fala rindo em um tom maliciosos o que me faz rir junto)

Colin se ajeitando atrás de mim me deixando no meio de suas pernas. Fica desenhando as curvas de meu corpo com as mãos, como se estivesse decorando cada centímetro, permanecendo em silêncio enquanto sinto sua respiração em meu pescoço!

-Isso é tão bom! (Falo jogando minha cabeça para trás deixando meu pescoço a mostra)

Colin não perde tempo e logo beija meu pescoço, e vai subindo o beijo de encontro a minha boca, me inclino para o lado dando mais abertura para que o beijo continue e então sinto uma onda de calor tomar conta de meu corpo, o que faz eu me afastar de Colin

-Não provoca, eu não consigo controlar isso! (falo tentando recobrar a sanidade e me levanto procurando algo para vestir, porque devido as atividades da noite anterior nós dormimos pelados)

 Vou até o pé da cama e pego a camisa de Colin, me dirijo ao armário e visto uma calcinha. Junto todas as roupas que estão pelo quarto e coloco no cesto, depois pego uma cueca e jogo para Colin. 

-Ei... desce, vou fazer panquecas, tem alguém que está me cobrando isso! (Falo com a mão na barriga olhando para a mesma)

Colin me lança um sorriso em silêncio e o vejo vestindo sua cueca quando estou saindo do quarto, passo pelo quarto de Evan e ele está sentadinho na cama com o quarto meio escuro.

-Mamãe? (Ele pergunta sonolento olhando para a porta)

Eu entro no quarto e vou até ele o pegando no colo, Evan fica praticamente sentado na minha barriga. Então o ajeito deixando de lado encaixado no meu quadril.

-Eu sonhei com a minha outra mamãe! (Ele fala meio tristonho depositando a cabeça em meu ombro enquanto saímos em direção a cozinha)
-E como foi seu sonho? (Pergunto tentando entender)
-Eu estava com ela em um parque e ela estava brincando comigo... Daí... Daí veio uma menina e a mamãe começou a brincar com ela também! ...(Ele fala coçando os olhos de sono)... mamãe me abraçou e falou que eu tinha que cuidar dela... (Ele pausa e volta a falar) ... Cuidar da menina e depois me deu um beijo e me mandou voltar com a menina!... (Fala demonstrando confusão)... mas quando eu acordei a menina não estava comigo!..  (Evan deixa uma lágrima cair)... eu não tenho como obedecer a mamãe. (Ele me abraça forte)

Não posso negar que isso me fez ficar um pouco triste! Evan costuma ter sonhos com Helen e a maioria deles são felizes, ele acorda sorrindo e nos contatando, mas dessa vez ele acordou triste porque não tem como cumprir o que a mãe o pediu... Tento pensar em algo rápido para anima-lo.

-Sua mamãe sabe que você se esforçou, no próximo sonho, conta isso para ela! (Dou um beijo em sua cabeça) 
-Eiiii, que tal fazermos panquecas! (Falo ainda sentindo aquela vontade louca de comer panquecas com mel)
-Eu quero! (Ele me olha animado)

Fizemos panquecas daquela forma, Evan não saía do meu colo o que me fez começar e terminar tudo com uma mão somente!

-Que bagunça! (Ouço a voz de Colin atrás de nós)

Me viro e o encontro encostado no arco da porta nos observando, meço ele com o olhar de cima a baixo e ele ainda está de cueca, quando noto estou mordendo meus lábios de forma voraz.

"Meu deus, o que estou fazendo? Evan esta no meu colo e eu anda penso nisso? Credo! Para Jennifer agora"
(Entro em devaneios e saio deles com rapidez ao ver Colin me lançando um sorriso retribuindo a minha feição)

-Esta com fome é? (Ele me pergunta naquele tom diferente, me fazendo entender a indireta)
-Você nem imagina quanta(respondo me virando e percebo que Evan dormiu em meus braços)

Colin serve a mesa e sentamos para comer... Evan ainda continua no meu colo, ultimamente ele não desgruda de mim e no momento que Colin tenta pega-lo ele resmunga de reprovação!
Comemos e eu dou comida para Evan enquanto Colin lava a louça, subo e dou banho em Evan e faço o mesmo comigo em seguida.
Eu e Evan ficamos na cama assistindo desenho enquanto esperamos Colin se arrumar.

-Vamos? (Colin fala ao sair do banheiro)
-Uhum! (Afirmo com a cabeça e me levanto)

Colin pega Evan que está dormindo e o leva até o carro colocando na  cadeirinha.
Vamos até o médico em silêncio com uma música baixa no carro e Colin dirigindo calmamente, ele coloca a mão sobre a minha coxa como o de costume e eu aperto a mesma.

-Esta nervosa? (Ele pergunta sem perder o olhar da direção)
-Ansiosa (completo)

Chegamos no médico e somos atendidos de pressa, o doutor me coloca deitada na cama e coloca o gel sobre minha barriga, Colin e Evan estão do lado só observando o procedimento!

-Papai o que ele está fazendo com o meu irmãozinho? (Evan fala ao ouvir assustado o som do coração do bebê que se propaga pela sala)
-Ele só está vendo como o bebê está meu amor! (Colin responde com um sorriso no rosto)
 Conforme o médico vai apertando o aparelho de ultrassom contra minha barriga, sinto que o bebê fica mais agitado 
O médico ri da cena e logo os interrompe 

-Você quer saber se é um irmãozinho ou irmãzinha? (O doutor pergunta para Evan e logo olha para mim e para Colin que afirmamos com a cabeça)
-Siiiiim (Evan responde animado fazendo todos rirem)
-Huuum... (O médico anda com o aparelho sobre meu ventre e logo para)... Acho que você vai ter que aprender a brincar com bonecas e vai ter que cuidar da sua irmãzinha!
(Ele fala para Evan, mas desmonta todos nós)
-Uma menina? (Colin fala com um sorriso apaixonado e os olhos cheios de lágrimas enquanto pega em minha mão)

Eu não me controlo e sou tomada pela emoção, meu sonho era ter um casal, agora tenho e tenho tudo o que eu sempre quis, uma família com Colin! As coisas estão parecendo um conto de fadas que eu não quero acordar. Sou tirada dos meus devaneios quando Evan sobe na cama que eu estou e me abraça com força. Passando a mão e minha barriga, que eu acabara de tirar o gel, deixando o bebê mais agitado.

-Ei, a menina do sonho! (Ele fala somente para mim tão contente que me impede de falar qualquer outra coisa sem conter a emoção de ver o amor que ele já sente pela irmã)

Eu o abraço com força e fico com ele em meus braços, terminando a consulta daquela forma. Vamos para o carro e a felicidade é presente no rosto de nós três!

-E então, como será o nome? ( Colin pergunta)
-Stefani! (Falo e logo vejo como soa estranho, pela feição de Colin ele concorda comigo)
-Cassandra (Colin fala com insegurança)
-Não! (Dou risada)
-Elena! (Falo e sou interrompida por Colin)
-Alexia (ele fala dando uma gargalhada)
-Alice (Evan grita roubando a atenção pois se encontrará quieto até o instante)
Fico encantada em como o nome soa delicadamente, Alice me lembra do meu conto favorito da infância "Alice no país das maravilhas" 
-Perfeito (falo olhando para Colin).
-Alice... (Colin olha para Evan e da uma piscadela em seguida coloca a mão em minha barriga)... nossa Alice! (Ele sorri para mim que retribuía da mesma forma)

Vamos para casa e no caminho mando uma mensagem para todos que participaram das apostas incluindo meus pais e irmãos. (O grupo do casamento)
"Amanhã, todos lá em casa, faremos um churrasco de almoço, vamos entregar os convites do casamento e divulgar o resultado das apostas! Beijinhos!"
Chegamos em casa e eu ligo para a confeitaria, encomendo um bolo branco por fora com um ursinho de pasta americana no meio e o bolo rodeado de pontos de interrogação encima, o recheio obviamente seria rosa!
Quando termino de fazer tudo, já são entorno das 4:00 PM então eu e Colin decidimos curtir o fim do dia com Evan vendo um filme e comendo pipoca.

Acordamos ansiosos para divulgação, levantamos e arrumamos a casa, Colin foi logo preparar a churrasqueira e Evan não desgrudou de mim um instante se quer. A medida que as pessoas chegavam todos queriam saber antes e mantemos o mistério durante todo o almoço, na hora de partirmos o bolo deixamos que Evan fizesse, claro que com a minha ajuda.

-É menina! (Minha mãe grita correndo na minha direção e me abraçando quase esmagando Evan que estava no meu colo)
-Sim! (Respondo com a mesma alegria e meus olhos correm para o meu pai que caminha com uma fisionomia diferente em minha direção)
-Jen, eu... (Me abraça assim que minha mãe me solta) ... Que essa criança seja iluminada como você! (Sinto umas lágrimas molhando meu ombro e estranho a reação dele, logo me entrego em seus braços e a emoção toma conta de mim) 
-Te amo pai! (Murmuro perto do ouvido dele em meio as lágrimas, então ele me solta e seca meu rosto com seus dedos sorri a afastando de mim) 
-Ganhamos porra! (Júlia grita quebrado o clima)
Julia e Meghan se abraçam e as duas vem me abraçar.
-Podem pagar o dinheiro da Jen -Julia diz para Ginny, Emilie e para minha mãe 
-Não precisa, gente -digo rindo virando os olhos 
-Vão comprar 30 dólares em fralda então 
-Falando nisso, mas nada a ver, tenho um presentinho para você, na verdade é para a...? -Meghan fala perguntando o nome 
-Não vou falar o nome -digo rindo 
-Ah não, por quê? -Minha mãe pergunta indignada 
-Porque é segredo
-Chata -Meghan diz me dando um saco de presente 
Eu vou abrir e todo mundo fica em cima, tiro um sapatinho vermelho, de menina, com umas florzinhas bordadas 
-Que lindo, de menina -eu digo rindo 
-Eu sabia que era uma menina 
-Desculpa então, vidente.
Pego os sapatinhos e coloco em cima da minha barriga e Colin tira uma foto, e em poucos minutos, a tag está nos trends do Twitter "It's a girl"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...