História Paradise - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Laura Marano, R5
Personagens Bradley Simpson, Laura Marano, Ross Lynch, Tristan Evans
Exibições 33
Palavras 556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey pessoal! Voltei!!
Espero que gostem desse capítulo

Boa leitura :)

Capítulo 10 - Stay with me - part 2


 

Eu apenas a observava com lágrimas nos olhos.

Será que ela me odeia agora?

Isso aconteceu por minha culpa.

Se não fosse meu ciúme excessivo, ela não estaria aqui agora.

Eu deveria ter respeitado ela, deveria ter tratado ela melhor.

 

- Perdão. -- foi a única coisa que consegui dizer até aquele momento. -- Me perdoa, Laura. Isso tudo é culpa minha, me perdoa, por favor-- eu lutava contra as lágrimas, mas era quase impossível vencer essa luta. -- Tudo o que te peço é isso, seu perdão. Sei que não o mereço, mas mesmo assim, peço para que me dê seu perdão. Eu sou um monstro. -- naquele momento, tornou-se impossível lutar contra as lágrimas. Encostei minha cabeça em seu abdômen e deixei tudo sair.

 

Eu não posso perdê-la.

Não posso.

Ela é a pessoa mais importante pra mim.

Eu não suportaria tamanha dor.

 

- Lau, por favor não me deixe. Eu te amo mais do que tudo. Eu não aguentaria te perder. Por favor, me perdoa. Eu sei que fui um burro, idiota e imbecil por ter te tratado daquela maneira, mas eu estou profundamente arrependido. Essa é a única coisa que te peço.

 

Fiquei observando sua face novamente.

Me lembrei dos momentos que passamos juntos.

As brincadeiras, as risadas, seu sorriso mais do que contagiante.

Seus abraços, seu jeito fofo e carinhoso, tudo nela me fazia feliz.

Será que um dia ainda fará?

Não estou dizendo que ela irá partir, nada disso.

Eu tenho certeza de que ela vai sair dessa.

Mas será que ela ainda vai ser a mesma Laura de antes?

Ou será que ela vai me abominar?

Isso é uma das coisas que mais temo.

Eu preciso ver seu sorriso novamente, preciso falar com ela, preciso ouvir sua voz...

Preciso dizer o quão importante ela é para mim.

 

- Sei que você não está me ouvindo, mas mesmo assim, quero te dizer que você é a pessoa mais importante da minha vida. Você foi das únicas pessoas que me ajudaram nas horas difíceis. Você é um anjo, Laura. Eu te amo. -- de repente, sinto sua mão apertar a minha. -- Laura, você está me ouvindo? -- senti ela apertar minha mão novamente. -- E-eu vou chamar um médico, espera só um pouco.

 

Saí correndo atrás do doutor que atendeu Laura. Quando estava quase chegando novamente à recepção, encontrei ele falando com Riker:

 

- Doutor! Doutor!

- O que foi? O que aconteceu?

- A Laura... Ela... -- eu estava ofegante e não conseguia falar.

- O que tem a Laura? -- Riker perguntou.

- Ela... Ela apertou minha mão, eu senti.

 

O médico olhou pra mim com os olhos arregalados e logo foi correndo pro quarto onde Laura se encontrava.

Ele tentou conversar com Laura, mas nada funcionou.

 

- Acho que foi coisa da sua cabeça, garoto. Ela não mexeu um músculo sequer. Olha, eu sei que sente falta dela, mas nós estamos fazendo o possível e até o impossível para salvá-la. Fique calmo.

- Tudo bem, doutor. Obrigado. E me desculpe por isso.

- Não se preocupe. Isso é normal. Nossa mente nos confunde, às vezes. Fique tranquilo. -- disse isso e saiu do quarto, acompanhado de Riker.

 

Me sentei ao lado de Laura na cama.

Peguei sua mão e acariciei.

 

- Eu sei que você me ouviu.

 


Notas Finais


E aí? Gostaram?
Me digam o que acharam nos comentários.
Pessoal, eu não sei se o capítulo ficou pequeno. Eu fiz aqui, na hora. Então, me perdoem caso ele estiver pequeno, tá?

Muito obrigado por lerem
Até o próximo capítulo.. Tchau!! ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...