História Paradise - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 15
Palavras 593
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é minha primeira fanfic,e espero que vocês gostem ❤️

Capítulo 1 - My Dream


Fanfic / Fanfiction Paradise - Capítulo 1 - My Dream

Meu nome é (S/N),tenho 19 anos e moro nos Estados Unidos,vivo com meu pai em uma pequena cidade chamada Traverse City (Michigan), perdi minha mãe quando tinha 4 anos em um acidente de carro,eu amava ela,antes de dizer suas últimas palavras,a mesma me deu um colar com a minha inicial e depois de alguns minutos ela se foi.

Mas enfim,não quero contar muito sobre isso,o ponto principal é que eu sou dançarina e ganhei uma bolsa em uma escola de dança muito conhecida na Coréia do Sul,meu pai não gostou muito da ideia de primeira pelo fato deu ir pro outro lado do mundo,mas depois aceitou.Ele é lutador/professor de Jiu-jitsu e o melhor de tudo,ele é coreano.O mesmo só não vai junto comigo,por que não quer abandonar sua academia de luta.

Ele sempre me deu muito apoio na dança,desde que minha mãe se foi,ele foi meu porto seguro,um cuidava do outro e os dois cuidavam do Luke,que é meu irmão,2 anos mais novo,Luke vai pra Coréia comigo e meu pai vai ficar sozinho com sua nova esposa.Se casou a alguns anos,minha madrasta é super gente boa,e também me apoiou bastante.

Foi ela quem me ajudou a convencer o meu pai deu ir pra Coréia,eu amo ela como se fosse uma mãe,mas óbvio que ninguém substituirá a minha verdadeira.

Começo a ajeitar alguns restos de coisas que ainda faltam por na mala e logo termino,descendo as escadas com a mesma na mão,sinto alguém me atropelar e passar na minha frente.

Luke:Desculpa maninha,eu to bem animado -o mesmo fala quase desmaiando de tanta ansiedade 

(S/N):Sério? Cara,eu nem notei -falo rindo e o mesmo revira os olhos 

Pai:Vamos logo crianças,já está quase na hora do vôo -meu pai fala logo entrando na sala,onde eu e Luke estávamos


*Quebra de tempo*

Ouvi a última chamada pro meu vôo e abracei meu pai com um pouco de força,sempre fui muito apegada a ele e agora estou indo embora pra um país totalmente diferente do meu,culturas diferentes,pessoas diferentes ou seja,tudo diferente.

Eu e Luke nos despedimos de vez e fomos pra dentro do avião,chegando lá a moça começou a falar coreano,meu irmão não entendeu nada,eu apenas ria da cara do mesmo,e traduzia logo depois.

Meu pai sempre ensinou coreano pra nós dois,mas meu irmão nunca quis entender,então sempre que íamos ver nossos avós na coréia,minha avó tinha que usar um tradutor portátil,cuja o nome é (S/N),ou seja,o tradutor sempre foi eu,falo 5 línguas diferentes,coreano,inglês,português,francês e espanhol.

Eu sempre fui uma pessoa muito esforçada e tive toda ajuda possível pra conseguir as coisas que eu queria,não somos ricos,mas vivemos bem.


*No avião*

Um garoto muito lindo sentou do outro lado do corredor e não parava de me olhar,ele não me era estranho,sei que conheço ele de algum lugar,só não lembro exatamente de onde.Fiquei o olhando discretamente e depois de um belo tempo levantei pra escovar os dentes,tínhamos acabado de comer,aquelas bolachinhas,sabe? Pois é,nisso,na hora que eu levantei deu uma turbulência e eu acabei caindo no colo do garoto.

Sinto rapidamente minhas bochechas corarem e o olho envergonhada,me levanto rápido e o mesmo da um sorrisinho tímido,uns outros garotos que pareciam ser seus amigos,riram e me olharam sorrindo.Eu acho que nunca tinha visto tanto sorriso bonito assim em um só lugar.

Depois de alguns minutos sem falar nada,resolvo me desculpar com o mesmo.

(S/N):Mil desculpas,e-eu não tive inten... -quando eu ia terminar de falar o mesmo me interrompe e diz 

JM:Tá tudo bem,eu sei que não foi sua culpa -ele dá um sorriso encantador e eu retribui da mesma forma 


Continua...


Notas Finais


Então minhas A.R.M.oras espero que tenham gostado,até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...