História Paralelo 38 - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias DAY6
Personagens Jae, Young K
Tags Jaehyungparkian, Jaek, Sungpil, Wonjin
Visualizações 38
Palavras 213
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá~

Pois bem, era uma os... Acontece que no mesmo dia tive a ideia de escrever esse "extra", mas só agora decidi postar. Diferente do anterior, aqui a história se passa durante o período de guerra, e não depois. É wonjin, e vou esclarecer algumas coisas nas notas finais...

Boa leitura!

Capítulo 2 - Taejon


Hiroshima.

Nagasaki.

Esconda-se; eles estão chegando. Com suas bombas, testes e armas estão se aproximando, com sua falsa liberdade vão nos aprisionar. Trazem consigo um slogan de democracia, ideias vazias e mãos sujas de sangue. 

Respire, Wonpil. Esteja atento, não fraqueje, essa luta vamos vencer. Não desista, não podemos abandonar nossa pátria sem ao menos tentar.

Eles chegaram.

O terror começou.

Esqueça de tudo que falei, por favor, esconda-se!

Não deixe que eles lhe vejam, fuja!

As cordas que amarraram em meus pulsos doem. Estou sendo puxado, muitos de nossos amigos estão aqui.

Não consigo mais lhe ouvir.

Você esteve em Taejon, Wonpil?

Você esteve em Taejon, Wonpil?!

Por que, Wonpil?

Eu fugi, consegui me salvar, e, com a ajuda de outros, para o outro lado passar.

Aquele não era o seu lugar.

Você ainda não conhecia a verdade sobre o mundo, Wonpil. Por que não me ouviu? Eu lhe falei... Tantas vezes, Wonpil, eu lhe falei...

Não era para confiar neles. Avisei que não eram nossos amigos! 

Que a terra te acolha como quem foi; como quem lutou até o fim mesmo não sabendo o perigo que estava o tempo inteiro a correr.

Eu prometo, Wonpil, que eles vão pagar.

Em minhas próximas encarnações, essa promessa eu sei que não vou esquecer.

Quando eles voltarem, farei você assistir.

A dor que nos causaram, eu juro: até a alma deles irá ferir. 


Notas Finais


Para quem não entendeu: sob o regime de Syngman Rhee, inúmeros sul-coreanos comunistas foram mortos, e há uma foto em Taejon que mostra esse cenário. Há também outra que mostra os prisioneiros amarrados da mesma forma descrita pelo Sungjin.

Durante esses últimos dias venho sentindo uma espécie de angústia quando lembro da divisão da Coreia, e eu realmente não sei por que não consigo tirar isso da cabeça, já que é uma questão do meu interesse há tempos e tenho minha opinião formada.

Acontece que, dia após dia, é uma situação diferente. É fanfic com personagens sul-coreanos narrando o Norte como um inimigo, é gente reproduzindo falácia, notícia sem pé nem cabeça... Por quê?

Por que retratar o Sul nutrindo tanto ódio pelo Norte? A quem não sabe, os norte-coreanos consideram os sul-coreanos como seus irmãos, e é isso que eles são: irmãos. Porque não há duas Coreias; há e sempre houve apenas uma. Nunca houve guerra entre Sul e Norte; houve guerra entre Estados Unidos e Coreia.

E hoje eu senti que já estava na hora de postar esse capítulo extra. Foi uma forma de tentar mostrar quem foi e continua sendo o vilão da história.

É como um desabafo, e escrevê-lo doeu, de verdade.

Ninguém é obrigado a concordar. Se tem opinião diferente, fale; só não ofenda, pois em nenhum momento o fiz. Só não acreditem em tudo que veem por aí falando sobre a Coreia do Norte, 99% é mentira. O caso Yeonmi Park, por exemplo, já foi há tempos provado ser falso.

Se você não acredita que foi o visitante número 999.999 de um site, então não acredite cegamente nas 999.999 notícias quanto à Coreia que são jogadas no Ocidente. Acredite: acreditar em um é como acreditar no outro.

Bem, é isso...
Chu~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...