História Pare de mentir - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Melanie Martinez
Personagens Melanie Martinez, Personagens Originais
Tags Melanie Martinez
Visualizações 16
Palavras 418
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espera mais desse capítulo, confeço que não está ao meu agrado, mas espero que gostem dele.
Boa leitura...

Capítulo 1 - Pacify her


Cansado um menino, bonito, amável e destemido, caminha em minha direção segurando a mão de uma garota que ele dizia amar.

Mas eu sabia, todos nós sabíamos que tudo aquilo é mentira, tudo ali é uma cena para a humanidade e nada mais.

Mas infelizmente aquele projeto de mulher insistia em estragar minha vida e a vida dele.

Felizmente não estou a aguentar isso, estava cansada de ver todos os dias aquela cena e com poucos golpes, poucas palavras ela foi nocauteada e aquela vadia sem graça finalmente vai embora.

Agora eu posso tomar o homem dela, ou melhor, ficar com o homem que jamais fora dela.

Certa vez alguém me disse para ficar longe de coisas que não são minhas, mas se ele era dela, por que ele me queria tanto?

Talvez seja porque o verdadeiro amor dele seja a minha pessoa e não a dela... Aquela vadia.

Estressada eu estou, a raiva me domina em uma proporção inestimável.

Uma loucura eu serei capaz de fazer, então por favor acalme ela, essa garota, ela está me dando nos nervos e todos sabemos como tudo irá acabar se continuar assim.

Estou cansada de dizer que você não a ama, saco, pare de mentir com essas palavras idiotas, dizendo que não se importa, que nada existe aqui.

Poha, repito mil vezes se for preciso acalme ela, acalme essa fera que está dentro de mim.

Eu sei que tu ainda se lembra, lembra de como fazer isso, você sempre soube.

Sempre.

Essa vadia está me dando nos nervos, ela sempre me deu aos nervos e mesmo sabendo disso você ainda continua com esse jogo.

Sabe uma criança chorona? Então essa seria a garota que está ao seu lado.

Eu não consigo suportá-la choramingando, se fazendo de vítima e inocente. Afinal onde está a chupeta dela agora? Onde? Me diz.

Olhando pelo meu ângulo parece que amá-la parece ser cansativo, então garoto, eu lhe dou uma dica, pequena mais valiosa.

Apenas me ame muito, muito, muito. Que todo esse amor será sempre correspondido.

Alguém me disse para ficar longe de coisas que não são suas, mas então por que ela ainda continua a insistir com isso? Será uma brincadeira sua? Uma espécie de diversão?

Oush, estou confusa.

Repito, acalme ela antes que eu mesma faço isso, você sabe que não a ama então pare de mentir com essas palavras.

Vem até a mim e ficamos felizes, nada de mentiras e infelicidade.

Ela me nos nervos.

Sim está.

Você não a ama.


Notas Finais


Beijinhos de biscoito...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...