História Park Jimin - The Father (incesto) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga
Visualizações 128
Palavras 1.301
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ♥-♥

Capítulo 3 - O beijo


Fanfic / Fanfiction Park Jimin - The Father (incesto) - Capítulo 3 - O beijo

[Pov Jimin]

Saio do quarto e respiro fundo, nunca pensei que poderia criar algo tão bonito,Anne não é mais uma criança como eu lembrava, agora já era uma mulher, uma linda mulher, cheia de curvas e um rosto angelical e inocente, seria errado achar essa inocência num tanto sexy?Ya Jimin, não pense uma coisa dessas, ela é sua filha, nada mais que isso.
Precisava beber algo, então liguei pro meu amigo Jungkook, precisava desabafar, aquilo que eu senti foi momentânio, preciso tirar esses pensamentos sujos de minha cabeça.

[xxx]
 

— Por que você queria conversar Jimin Hyung? — ele fala tomando um gole de wisky.

 — Minha filha Jeon, ela vai ficar o mês todo na minha casa. — repiro pesado e tomo um grande gole do meu wisky.
 

— E qual o problema?Você queria reencontra-la, Sim?Faziam 13 anos que vocês não se viam.
 

— Esse é o problema Jeon — bebo mais um gole dá bebida alcoólica — Fazia muito tempo que eu não á via, ela mudou muito, agora está mulher, uma linda mulher.
 

— E esses pensamentos Hyung? —ele gargalha — Ela é sua filha,Hum?

— Eu sei... — término de tomar a bebida que aranhava minha garganta a cada gole.— preciso afastar esses pensamentos.
 

— Isso mesmo Jimin, segue a vida, tenta se distrair com alguma coisa, e também, tem a Érica esqueceu?
 

— Nem me fale. — ele ri e acabo soltando uma risada — Acho que vou pra casa, preciso descansar, pode ser isso a minha cura.
 

— Boa sorte Hyung. — ele dá tapinhas em meu ombro, paga a sua bebida e vai embora.

Faço o mesmo e volto pra casa, quanto chego vou em direção ao meu quarto onde Érica já estava dormindo, vou ao banheiro, faço minhas higienes pra tirar o cheiro de whisky e visto uma calça moletom cinza ,deito do lado da morena sem que à acorde, depois acabo dormindo.
{Pov Anne}

Acordo com raios solares que atravesavam a cortina em meu rosto, vou em direção ao banheiro e ligo a água quente, depois de um tempo desligo e visto um short no entanto curto e uma blusa branca básica,depois desço as escadas à procura de algo pro café da manhã.
 

— Bom dia Anne. — a Érica fala sentada no sofá da sala olhando pro celular.
 

— Boa dia Érica — nem olho pro rosto da mesma e me direciono à cozinha.
 

— Bom dia Anne, dormiu bem criança ? — a Rose, empregada da casa pergunta colocando o meu prato sob a mesa da cozinha.
 

— Bom dia Rose, dormi sim e a senhora? — a mesma afirma positivamente, sento-me e começo a comer o que a mais velha havia feito.

Mecho em minhas redes sociais enquanto isso.Quando termino coloco o prato sob a pia e vou em direção à sala, Érica não estava mais lá, liguei a TV e fiquei assistindo algo aleatório que passava no canal.

 — Bom dia filha. — o moreno me olhava sorrindo, vi que sua atenção foi para minhas pernas me deixando um pouco envergonhada.
 

— Bom dia Appa, dormiu bem?
 

— Sim, e a senhorita? — ele fala sentando ao meu lado.
 

— Muito, estava exausta ontem. — ele ri.
 

— Que tal nós tomarmos um sorvete mais tarde, hum?
 

— Pode ser. — sorrio pro mesmo.
 

— Bem, eu tenho que ir, pelo jeito a Érica já foi pro trabalho, volto mais tarde pra podermos ir, Sim? — ele se levanta. — Até mais Anne.

 — até Appa. — ele se direciona à porta e vai embora, é impressão minha ou tem um clima tenso entre nós?Aish Anne,  o que será que está acontecendo com Jimin?

[Pov Jimin]

Parece que Anne quer me provocar a cada momento, mesmo não sendo proposital, aquele short estava muito curto ao meu ver, não posso negar que tem lindas pernas, ela é linda, uma das meninas mais lindas que eu já vi.Tenho que me controlar, não posso deixar esse clima tenso entre nós atrapalhar a relação.

[Pov Anne]

Estava quase na hora do Jimin chegar do trabalho pra podermos sair, decido ir tomar banho, ligo o chuveiro e percebo que estou pensando em meu pai, aquele homem e realmente lindo, suas órbes escuras me arrepiam, Jimin meche comigo de alguma forma, aish Anne, deixe disso menina, ele é seu pai.
 

Depois do banho coloco uma saia branca e uma blusa roxa com detalhes dourados, completo com um tênis All-Star e um coque alto no cabelo.Me olho no espelho mais uma vez antes de descer. 

Fico esperando na sala até que ouso a porta ser aberta pelo moreno, o mesmo sorri quando me vê.

 — Vamos? — levanto do sofá e sinto seu olhar passar por todo meu corpo até chegar aos meus lábios, me deixando um pouco corada.
 

— Vamos. — dou um sorriso pro mesmo, ele me dá passagem pra poder sair, depois tranca a porta e seguimos ao carro, a viagem foi em silêncio mas foi rápida até que chegamos na sorveteria.

 — Qual sorvete você quer? — Jimin pergunta pra mim olhando as opções no cardápio.
 

— Pode ser o de baunilha — falo olhando pra atendente.
 

— Dois de baunilha então — o maior fala sorrindo pra mim.

Pegamos os pedidos e sentamos em uma mesa que tinha vazia.

 Começamos a conversar sobre assuntos aleatórios, Jimin é bem fofo e engraçado, pareciamos melhores amigos, assunto era o que não nos faltava e se ouvesse silêncio já não era mais constrangedor, a tarde havia sido maravilhosa, senti alguns olhares do mais velho sobre mim com outras intenções mas dei de ombros pras tais atitudes.
 

— Vamos pra casa, já está tarde, Hum? — O maior fala se levantando.
 

— Vamos. — solto um sorriso pro mesmo, ele paga a conta e fomos em direção a casa.

Quando chegamos a  tal da Érica ainda não havia chegado.
 

— Que tal a gente ver um filme? — falo pro mesmo.
 

— Claro , aonde?
 

— No meu quarto pode ser? — o mesmo concorda.

Subimos as escadas e adentramos no quarto, sento em um lado da cama e o mais velho do outro, abro o netflix e escolho um filme de comédia romantica, meus preferidos.
 

— Parece que temos uma menina romântica.  — ele sorri.
 

— Engraçadinho — dou língua pro mesmo — Eu só gosto desse género de filme — ele ri.

Ajeito-me na cama,me deitando, o moreno faz o mesmo.
 

Ficamos assistindo o filme, as vezes sentia os olhares do maior sob mim, apenas ignorava, o filme estava ficando chato, nem eu nem ele estávamos prestando atenção até que uma tensão sob nós fica presente, o moreno não parava de olhar pra mim, decido olhar pro mesmo encarando suas órbes escuras paírando sob cada canto do meu rosto, acabo ,em um deslize, olhando para os seus lábios.

A tensão fica maior quando o mais velho se aproxima do meu rosto, não sei por quê mas não recuei em nenhum momento,  nem ele.

Jimin ataca meus lábios em um beijo calmo e lento, minha mente estava gritando pra me separar do moreno mas meu coração dizia o contrário, o que estava acontecendo?Será que tenho sentimentos pelo meu pai?

Fomos parando aos poucos, quando a falta de ar se fez presente me senti envergonhada, aquilo era errado, de qualquer forma ele era meu pai.
 

— Me desculpe, não devia ter feito isso, perdão. — ele fala sentando na cama de cabeça baixa — acho melhor eu ir pro meu quarto, boa noite Anne. — o mesmo se levanta e sai antes que eu pudesse falar alguma coisa.

Olho pro teto do meu quarto e fico pensando no que havia acontecido, meu pai me beijou, e o pior, eu gostei.

De tanto pensar acabo pegando no sono.
  


Notas Finais


Eicha preula Kskskksks
Hj é niver do mochi ♥-♥
Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...