História Park Jimin, Amor Estúpido. - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jimin, Park Jimin
Exibições 56
Palavras 1.170
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Ecchi, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura!

Capítulo 13 - Staff


Acordo e sinto uma mão em minha cintura, me viro para o lado e vejo um buchechudinho muito lindo. Parece que eu passei muitas horas encarando seu rosto que até deu tempo de planejar nossas bodas de Ouro. 

- Pode tocar, eu não mordo. - ele abre os olhos - só se você quiser. 

- Nossa, que menino angelical. - falei na brincadeira. Mas acho que ele não entendeu assim.

Ele rapidamente fica por cima de mim, segurando as minhas mãos em cima da minha cabeça com uma cara de quem vai aprontar. 

- Você falou duas coisas completamente ao contrário. - ele diz mordendo o lobulo da minha orelha. 

- Eu falei foi? - Humrum - o que? 

- Menino e Angelical. 

- Como eu deveria falar, então? 

- 'Nossa, que homem gostoso, seduzente, o mais lindo que eu já vi. '

- *risos* Isso não faz sentido. - porque eu acho que o contrário de angelical é demoníaco. Só acho. 

- Foda-se se faz sentido ou não. Mas, não é verdade? 

- Com certeza é.

- Que bom. 

Ele ataca minha boca num beijo quente e voraz. Solta minhas mãos e procura o cós do meu short. Desliza o mesmo pelas minhas pernas e no final, joga ela pra um lugar aí. Chega até minha intimidade e a acaricia lentamente. 

- Ah é, esqueci - tira as mãos da minha intimidade - eu disse que eu ia te dar o presente hoje, mas não disse que ia ser agora. - ele lambe seus dedos. 

- Filho da puta..... - resmungo

- Não xingue sua sogra, mulher.. Isso é muito feio, sabia? 

- Foda-se se é feio. Tô com ódio de você por me deixar nesse estado. 

Ele se aproxima e fala:

- Se você continuar assim não vai receber seu presente... - Com sua voz rouca. 

AI QUE HOJE O DIA VAI SER LONGO! 

          POV'S ADJA 🌹

Acordo tendo uma sensação diferente das que eu estou acostumada. Uma mão forte segurando minha barriga. Cara...... como é o negócio? Devagar, tiro sua mão de minha barriga e viro para ver seu rosto, tão...... lindo. Perfeito. Fofo. Tão perfeito que dá vontade de bater nele. De repente ele abre os olhos. 

- Oi... - ele diz com a voz sonolenta. 

- Oi... - Digo envergonhada. 

- Err... desculpa.. 

- Pelo que? 

- Por ter colocado minha mão aí. 

- Ahh, não foi nada. 

     Silêncio Desgraçado 

- Então..... você quer levantar? 

- Quero - Digo rapidamente. 

Nós levantamos e ficamos nos olhando. Cara a cara. Mano.... Ele é muito bonito. To te falando. 

- Desculpa.. - Como assim? oque ele quer dizer? 

- Pelo que? - Digo confusa. 

- Por isso. - Dito, ele se apoia em uma mão e sela nossos lábios num beijo calmo e longo. Ele nos separa me dando selinhos. 

- Jungkook? 

- Hum....? - ele diz com os olhos fechados. 

- P-porque fez isso? 

- Não sei.. mas eu tive vontade desde quando eu vi você... Desculpa.. - Fofo. 

- De novo? - Digo rindo

- Humrum.. - ele diz também rindo

- Vamos tomar café? 

- Vamos. 

Levantamos e não sei porque, mas nós fomos em direção á cozinha com um sorriso bobo no rosto e as mãos entrelaçadas. 

          POV'S LARA 🌹

QUE ÓDIO! Como ele pode me deixar assim? Aish.... fala sério. Ummm.... tá sentindo? Cheirinho de bolo de chocolate, panqueca com melado por cima, achocolatado e café... PARA A COZINHA! Vou correndo em direção da mesma e a mesma gritaria matinal chega aos meus ouvidos. 

- Eai? Ceis tem um auto-falante na garganta? 

- Não te interessa - Jimin diz mostrando a língua, logo alguns pensamentos pervertidos me vem à mente... gente... preciso me converter. 

- Se não interessasse eu não estaria-- BOLO! - Pego um pedaço de bolo de chocolate e começo a devorá-lo. Todo mundo começa a rir.. estava tão concentrada no bolo que ouvi o som de 'Hummmmmm', me virei para ver o que estava acontecendo e me deparo com a seguinte cena.. Jungkook e Adja com as mãos dadas... parecem um casal..

- Parece que a noite foi boa ein? - Ouço Tae perguntando maliciosamente. 

- Só porque ela dormiu do meu lado.. - Kook diz envergonhado 

- AHH QUE ORGULHO! MEU BEBÊ TÁ VIRANDO HOMEM! - Corri até ele e apertei suas bochechas enquanto ele ria. Me deparo dele

- Não me sufoca, só te peço isso. 

- Desculpa, kook, não vai dar pra resistir. - Digo ameacando dando um passo pra frente

- JIMIN! PEGA A TUA MULHER! - ele diz correndo. 

- Só mais tarde.. - Ele diz em Alto e bom som maliciosamente, tipo, pra todo mundo ouvir

- HUMMMMMM, TO SABENDO EIN? - ouço todos falarem

- Tão sabendo de nada não. - Digo ríspida. 

- Eita que a marrentisse atacou de novo. - Hoseok diz

- Tá vendo isso? - levanto minha mão - imagina que isso é um avião, agora imagina que isso - Aponto pra cara dele - é a garagem dele--

- Sou burro não, tô vazando, byebye, bjs no kokoro. - ele diz caminhando rapidamente para seu quarto. 

- Ah! Me lembrei! Seus irresponsáveis! Comam rápido! Anda! 

- Mas porque, hyung? - RapMonster. 

- Temos que conhecer a nova staff do Jimin! 

- Ah é né? Me esqueci. - Tae 

- Que nova staff é essa? - pergunto deixando o ciúme transparecer na Minha voz. 

- Tá com ciú-- Desembucha. - o interrompo. - É que eu tive uns pro-- Quais? - o interrompo de novo. - Deixa eu completar uma fra-- Não, fala logo, senão eu vou com vocês. 

- A outra staff deu em cima de mim. -- Sério? Em tão pouco tempo? - Sim. 

-.......... - fico batendo os pés pensando numa coisa, logo, concluo o que vou fazer. - Foda -se, eu vou com vocês. 

- Mas nós não sabemos se você pode -- o que eu falei? - Foda-se.... - Kook diz abaixando a cabeça. -Bom menino, como brinde, vou deixar a Adja dormir com você hoje de novo. - Digo batendo fraco na cabeça dele. O mesmo fica vermelho na hora, gargalho internamente. 

- Vou me arrumar. Me esperem, se não, vão apanhar. 

- Sim, Omma-- Omma é o-- Sim, Lara. -- Melhor. - Subo as escadas para trocar de roupa. 

    QUEBRA DE TEMPO

Chegando na portaria da BigHit, percebo uma movimentação acelerada. "Vamos vê-la, rápido" e "Nossa, ela parece um anjo" era oque eu ouvia em todos os corredores até chegar na porta da sala de prática. Abrindo a porta, vejo uma loira se aproximar e olhar diretamente para o Jimin. 

- Você é o Jimin Oppa? - Que porra é essa de 'Jimin Oppa'? 

-.... - ele olha pra mim e suspira( porque? ) - Sim, sou eu. - diz voltando sua atenção à ela. 

- Satisfação, porque prazer é só na cama. - Que? O que eu acabei de ouvir? Franzo a testa e Jimin também. - Meu nome é Hirai Momo, mas você, - encosta o dedo no peito dele - Pode de chamar de Momo. 


























Notas Finais


ATÉ!
👋👋👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...