História Parkour Runner - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chiyo, Chomaru Akimichi, Chouji Akimichi, Chouza Akimichi, Darui, Deidara, , Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Han, Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Hashirama Senju, Hidan, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ibiki Morino, Inari, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Jiraiya, Jiroubou, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Kidoumaru, Killer Bee, Kimimaru, Kin Tsuchi, Kisame Hoshigaki, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Mei, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Moegi, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Oonoki, Orochimaru, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakon & Ukon, Sakura Haruno, Samui, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Shisui Uchiha, Shizune, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tobirama Senju, Toneri Otsutsuki, Tsunade Senju, Udon, Utakata, Yahiko, Yamato, Yugito Nii, Zabuza Momochi
Tags Naruhina, Universo Alternativo
Exibições 41
Palavras 2.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Esporte, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cap com hentai de leve MinaKushi. ;)

Capítulo 14 - Uzumaki Naruto vs Otsutsuki Toneri


Não tinha coragem de encarar o Naruto kun, não depois disso. Temia pela sua reação, temia pelo fim que nesse momento passava por minha cabeça. Tudo que queria era sair correndo dali, mas meu corpo não me obedecia. Sentia que os olhares de todos estavam sobre mim. Um clima tenso logo se formou entre todos nós onde ninguém se atrevia a dizer algo. Respirei fundo e me virei, fazendo menção de sair dali, mas uma mão me segurou. Sentir que foi ele, não me atrevi a encara-lo.

Ele tocou em meu queixo e virou meu rosto em sua direção. Surpreendo-me com seu sorriso reconfortante, era como se ele soubesse o que se passava em minha cabeça. Me coração que ate então estava agitado, se acalmou.

-Hina chan, com quem você saiu ou deixou de sair no passado não me importa, o que me importa é o presente. Estamos juntos e nada do que ele falar ira mudar o que sinto por você. Eu te amo demais para deixa-la sair da minha vida. – expressou Naruto. Hinata sorriu aliviada e o abraçou com toda a força que tinha.

-Apenas me promete. – pediu a Hyuuga. Ela o amava demais, e de tal forma que a ideia perde-lo que fazia seu peito doer como jamais sentiu.

Minha vontade era de socar o Toneri ate meus punhos sangrarem. Não suportava aquele filho da puta. Seu deboche e cinismo dia desses me faria perder o controle. Durante todo tempo que ele estava ali, sentia que a Hina estava tensa, tomada por uma angustia que fazia meu coração doer. Assim que ele saiu, demorou um tempo e ela fez menção de se sair dali. A segurei e tratei de tranquiliza-la.

-Eu prometo minha hime. Não deixarei que saía da minha vida. – prometeu Naruto retribuindo seu abraço. Hinata fungou, permitindo que uma lágrima solitária escorresse por seu rosto. Ela segurava firme nas bordas do blazer dele.

-Ahh que momento fofo. – falou Ino tentando amenizar mais o clima.

Aquele desgraçado a fez chorar e isso eu não podia suportar. Me virei fazendo menção de ir atrás e socar tanto sua cara que precisaria de um cirurgião plástico para conserta-lo. Sasuke me segurou.

-Sei que deseja espanca-lo ate não aguentar mais, eu também quero. Mas se o fizer estará se rebaixando a ele, além de poder ser expulso. – afirmou Sasuke calmo. Naruto o encarou e a Hinata, ela parecia aflita.

-Tudo bem. Você tem razão. – concordou o loiro. – vou indo para o vestiário, logo vai ter o treino. Nos vemos mais tarde. – se despediu Naruto beijando Hinata. A Hyuuga o seguiu com os olhos e um sorriso bobo. O clima pareceu ter mudado.

-Uma coisa que não entendo – começou Ino. – como o Naruto conhece o ex da Hinata? – indagou a loira. As três se entreolharam confusas. Mesmo Sakura desconhecia a historia.

-Foi há três anos. O Naruto e ele corriam entre si para ver quem era o melhor. O placar estava empatado até a ultima corrida na qual apostaram que quem perdesse devesse ir embora da cidade. – explicava o moreno. Naturalmente lembranças via em sua mente a cada palavra dita.

Três anos atrás

Um pequeno grupo eufóricos de jovens estavam reunidos sobre um prédio. No centro deles dois jovens eram o destaque daquela noite. Naruto e Toneri. Os dois se encaravam de modos totalmente diferentes. Naruto sentia raiva por ele. Toneri algumas vezes usou de artimanhas sujas para vence-lo. Toneri sorria debochadamente, para ele o que importava era vencer.

-Em posição. – pediu Sasuke. A multidão que os cercava se afastou e eles se colocaram em posição, lado a lado apenas esperando o sinal para correrem. – o ponto de chegada será na catedral.

Após alguns longos segundos Sasuke acenou, sinalizando para que os dois corressem. Naruto logo tomou a dianteira, mantendo uma vantagem de centímetros a frente do rival. Toneri era competitivo e sujo, essa corrida era pra valer e não poderia perder. Ele segurou o loiro tempo suficiente para que tomasse a frente.

Naruto xingou, enquanto ele sorriu debochando. Toneri saltou para o outro prédio, seguido por Naruto. Ambos demonstrava bastante agilidade, esquivando dos diversos obstáculos que encontravam. Faltavam alguns metros para o ponto de chegada e ele não estava disposto a perder.

Naruto acelerou o máximo que pode se aproximando cada vez mais dele, para raiva do oponente. Naquele ritmo certamente ele o passaria e não podia permitir isso. Assim que Naruto ficou ao seu lado ele fez menção de empurra-lo com seu ombro. Naruto já esperava que tentasse algo e respondeu a altura.

Naruto parou de correr, Toneri acabou passando direto e para completar, Naruto colocou o pé a frente. Toneri caiu, rolando no chão e parando na beirada do edifício, conseguindo por pouco evitar sua queda. Naruto voltou a correr, deixando um furioso Toneri para trás.

Atualmente

As garotas escutaram atentamente a cada palavra dita por Sasuke. Então foi aquele motivo na qual Toneri havia abandonado Hinata e ido embora sem ter sito uma única palavra. Hinata sentia-se agradecida. O homem que amava foi o responsável por livra-la de um traste como Toneri. Precisaria agradece-lo. Sakura e Ino passaram a desprezar mais aquele garoto.

Então foi isso que aconteceu. Mesmo naquela época o Naruto kun me ajudou. Não podia deixar de pensar que o universo em sua extensa magnitude se movia para que um dia nos encontrássemos.

-Chega a ser irônico isso não acham? – falou Ino.

-Pra falar a verdade, um pouco. – concordou Sakura. Por mais que a situação que Hinata tenha vivido seja desagradável, não da pra não ver uma certa ironia nisso tudo.

-Vou indo nessa. – avisou Sasuke se despedindo de Sakura com um beijo e seguindo ate o vestiário masculino.

Ao poucos os alunos que estavam concentrados no pátio começaram a entrar, logo o sinal tocaria. As três garotas seguiram para dentro do colégio, já tendo colocado um ponto final no assunto.

...

Após resolver os últimos detalhes de sua transferência, Toneri deixou a diretoria seguindo até sua sala. No caminho acabou por esbarrar em uma bela garota de cabelos vermelhos. O impacto fez seu óculos cair. Toneri consegui pega-lo antes que atingisse o chão e a devolveu.

-O-obrigada. – agradeceu a ruiva o encarando. Sua inexpressividade e seu olhar penetrante a encantou. A ruiva acabou perdendo a noção do tempo.

-Você está bem?

Karin balançou a cabeça saindo do “transe” e saiu a passos largos dali o deixando no vácuo. Toneri arqueou uma sobrancelha tentando entender aquela situação. Por fim deu de ombros e continuou seguindo.

...

Tudo que eu queria e precisava era entrar embaixo do chuveiro. Bom na verdade o que mais queria era socar o Toneri ate minha mão sangrar, mas um banho frio não seria nada ruim. Após deixar as garotas, segui ao vestiário masculino. Estava tão puto que deixei alguns amigos que falaram algo comigo a ver navios. Tirei minha roupa e deixei a água escorrer por meu corpo. Sentia todo aquela raiva sumir.

Sair do chuveiro com a toalha em volta da minha cintura e me sentei, ainda faltava alguns minutos para o início do treino. Fiquei mexendo no celular enquanto conversava com o pessoal. Não demorou muito e Sasuke chegou.

...

Enquanto o professor não chegava, eu e as garotas ficamos conversando. Respondendo a pergunta da Ino, eu e o Toneri, felizmente não chagamos a ter relação sexual. Bom, não exatamente. E sinceramente, meu coração dizia que não devia entregar minha virgindade a ele, e sinceramente foi a melhor decisão que tomei naquela época. Mudamos de assunto, não queria mais falar dele.

A porta da sala foi aberta, a assistente da diretora Tsunade entrou. Parece que o professor que daria a primeira aula ficou doente e teríamos uma aula vaga. Toda a classe comemorou. Nos três decidimos ir para o campo assistir ao treino do time do colégio, Tenten e Temari vieram conosco.

Em algum lugar do Japão.

O homem loiro acabava de sair do banho com uma toalha enrolada na cintura e com outra enxugado seus cabelos. Notou a esposa sentada na beirada da cama segurando um porta retratos. Ela observava a foto com nostalgia, nela estavam ela, Minato, Jiraya e Naruto com quinze anos. A saudade era tanta que seu peito doía.

Minato se aproximou, sentando ao seu lado e segurando sua mão.

-Sei que esta sendo difícil para você ter que ficar longe dele, para mim também. Mas precisamos ter paciência, e confiar no Itachi. – Minato puxou ela para um abraço reconfortante, a acalmando mais. – o tousan vai demorar a voltar, por que não aproveitamos que estamos sós? – sugeriu Minato puxando ela para seu colo.

-Faz um longo tempo ne? – lembrou sorrindo provocante. Kushina beijou atrás de sua orelha, a mordiscando. Como resposta a esse estímulo sentiu as mãos dele apertar com força a sua bunda, ela gemeu. Minato tirou o vestido lilás dela. Seu corpo era perfeitamente bem esculpido. Seios médios e firmes, cintura fina, barriga lisinha, coxas pequenas e torneadas e bunda pequena. Kushina usava um sutiã bege com calcinha fio dental da mesma cor.

Sem delongas ela o beijou, buscando sua língua em um ritmo selvagem e de puro desejo. Com as mãos livres o loiro percorreu suas costas, abrindo o fecho da peça que cobria seus seios. Seus mamilos rosados estavam enrijecidos, reflexo do tesão que sentia.

A ruiva rebolava em seu colo, sentindo seu membro ereto roçando contra sua vagina. Kushina saiu de seu colo, se ajoelhando em frente a ele e tirando a tolha que o cobria. Ela mordeu o lábio inferior quando viu seu pênis duro feito pedra pulsar em sua mão. Ela aproximou e o abocanhou, conseguindo coloca-lo todo dentro de sua boca, respirando apenas pelo nariz.

Ela chupava o pênis do marido com voracidade, sendo guiada por Minato que segurava em sua cabeça. Kushina não estava satisfeita apenas com aquilo, ela desceu uma das mãos e a enfiou por dentro da calcinha, que estava encharcada. A mulher passou a se masturbar freneticamente, introduzindo dois dedos dentro si, indo a loucura com aquilo.

Minato segurou enquanto pode o gozo ate onde deu, jorrando bastante na boca dela. Kushina ia engolindo tudo a medida que mais saía, mas tanto ela quanto ele não estavam satisfeitos. O loiro a puxou, a colocando com delicadeza na cama e suspendendo suas pernas, as colocando sobre seus ombros.

Sem perder tempo ele a penetrou de uma vez, ouvindo-a gemer alto. Minato ditava um ritmo rápido, seguido de estocadas fortes e profundas, e apalpando seus seios. A medida que o tempo passava, a Uzumaki gemia mais alto, sendo possível ouvir do corredor do edifício.

A pedido dela mudaram as posições, ela ficando por cima, cavalgando rápido enquanto ele sugava com vontade seus seios, sempre revezando. A cama rangia de tal forma que parecia que quebraria a qualquer momento. Fato que felizmente não ocorreu.

Após longos minutos os dois gozaram quase ao mesmo tempo. Caindo exaustos na cama com seus corpos suados e ofegantes.

Konoha

-Está melhor? – perguntou Sasuke sentando ao seu lado.

-Melhor. Valeu por me segurar mais cedo. – respondeu Naruto.

-Amigos são para isso. Mas se vista logo ou nos atrasaremos, e você sabe como o Kakashi é obcecado por pontualidade. – avisou Sasuke tirando sua roupa de treino do armário e a vestindo. Naruto fez o mesmo e os dois deixaram o vestiário, seguindo para o campo que ficava a poucos metros de distância. Como não podia deixar de ser, o treinador do time já estava no campo.

Avistaram as namoradas nas arquibancadas. Os dois deduziram que deviam ter tido aula vaga. Havia bastante gente ali, especialmente garotas que suspiravam especialmente pelos dois “astros”.

Logo o resto do time chegou e como de costume, antes de iniciar o treino todos se alongavam. Mais alguns minutos e o treinador iniciou o treino. O mesmo ao lado de seus auxiliares observavam a movimentação e orientava.

-Marcação por zona...quero por zona. – berrava Kakashi gesticulando para seus comandados. – Naruto, se aproxime mais do Sasuke.

Não sei se prestava atenção no treino ou no bando de atiradas que ficava na maior cara dura gritando cantadas para o Naruto kun. O mesmo acontecia com o Sasuke e a Sakura se segurava para não partir para cima delas e esgana-las. O sinal logo tocou e precisaríamos voltar para a classe.

Fomos com o Naruto kun e o Sasuke até próximo ao vestiário masculino. Ambos estavam suados e tanto eu quanto Sakura não nos importamos com aquilo e nos despedimos dele com um longo beijo. Apertei forte as costas do Nnaruto kun quando senti suas mãos por baixo de minha saia apertando minha bunda.

A próxima aula seria de biologia, a professora era Anko. Uma mulher aficionada por cobras, e advinha? Iriamos dissecar uma hoje na aula.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...