História Parmiga - the unexpected - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vera Farmiga
Personagens Vera Farmiga
Visualizações 18
Palavras 418
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor



Capítulo 18 - Aproveite seu divórcio


Patrick assina os papéis logo os passando para Mara que faz o mesmo.

Não foi como ela pensará que seria, percebeu que estava realmente o perdendo e isso a deixou completamente abalada... Ela ainda o amava.

Saiu daquela sala as presas visivelmente abalada.

Ao sair esbarra em Vera no corredor e nem pensa em voltar para se desculpar, todo o que ela estava sentindo naquele momento foi depositado em Vera, não sabia o que seria capaz de fazer com ela tamanha a raiva que estava sentindo da mesma.

E seu estado, claro, não passou despercebido por Vera que vai atrás dela.

— Mara ! - ela a chama e a morena a ignora, Vera corre atrás dela e pega seu braço na tentativa de fazê-la parar e com isso a morena pegou sua cintura e a encostou na parede.

— não fala uma palavra. - ela fala possessa apertando cada vez mais a cintura de Vera e ela não seria capaz de falar uma só palavra para para-la.

Vera segura forte no braço da morena ao sentir suas unhas perfurarem sua pele.

Mara se afasta mareja os olhos e a olha.

— eu o perdi, perdi o meu amor, por sua causa.

Ela ameaça chorar e a loira a abraça.

Vera entrelaça as mãos na cintura de Mara que apoia a cabeça na curva de seu pescoço e coloca uma das mãos em seu ombro.

— Mara eu...

— cala a boca - põe o dedo em seus lábios.

— como você consegue ser tão calma ?

— não ia adiantar nada a gente se pegar aqui nesse estacionamento...

Mara da uma pequena risada e se afasta de Vera.

— que foi ? - a loira a indaga.

— cuidado com o que você fala as palavras têm duplo sentido sabia ?

Vera ri e nega com a cabeça.

A morena se aproxima levanta a blusa de Vera um pouco para cima observando o machucado que fizera na cintura da loira.

— eu machuchuquei você...

— tudo bem, eu intendo você ter perdido o controle.

— desculpa. - ela baixa a cabeça e Vera pega em seu queijo a fazendo a encarar.

— tá tudo bem, sério.

Ela sorri para Mara que o retribui.

— tô atrapalhando alguma coisa ? - Patrick fala chegando no local fazendo elas o olharem surpresas.

— tô brincando, você tá bem ? - pergunta a Mara - saiu estranha lá de dentro.

— eu tô bem... E eu preciso ir. Patrick os meninos vão passar a semana com Mari então não precisa se preocupar ok, aproveite seu divórcio. Tchau !

...


Notas Finais


Capítulo curtinho assim pq amanhã de tarde eu posto o resto 😉😘❤👑 #maraquenn ks 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...