História Partitura - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias VIXX
Personagens Hongbin, Hyuk, Ken, Leo, N, Personagens Originais, Ravi
Tags Ciume, Leon, Neo, Vixx Lr
Visualizações 58
Palavras 2.758
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellou.
Voltei.
Encerrando kkkkk essa fanfic maravilhosa. Obg a todos os favs e apoios. Nossa estou bem feliz


Obs: o Leo vai mencionar a música Cartão postal do Exaltasamba como se fosse ele a ter escrito... (Mas todos nós sabemos que não ok? Ok!)

Tbm tem You da one da Rihanna
Love song da Miss A
Perdoem os erros.

Musica tema do cap: Different - WINNER.
Foca interessante se ouvirem.

Capítulo 3 - Different


Fanfic / Fanfiction Partitura - Capítulo 3 - Different

Taekwoon olhava a foto que havia tirado de Hakyeon alguns meses atrás. Se pegava cada vez mais carente, uma semana se passou desde sua pequena discussão com o mais velho. Queria abraça-lo, beija-lo, fazê-lo seu, esquecer tudo que aconteceu, concertar as coisas, provar que o amava e que tudo não passou de um mal entendido, porém sabia o quão suja estava sua ficha e que para se redimir ainda lhe restava muito chão pra limpar. N era alguém gentil e facilmente persuadido, mas totalmente imprevisível quando muito magoado e bem, Taekwoon conseguiu fazê-lo chegar ao seu limite, o que era considerado impossível pelos mais novos por saber o tamanho da afeição do líder para com o vocalista.

Finalmente as palavras de Hakyeon faziam efeito. Babaca. Nossa, isso era pouco. Como diabos poderia ficar com Wonsik? Ok. Tinha lá sua atração pelo rapper, mas nunca seria tanta como tinha pelo moreno. Por Deus, era amor o que sentia pelo líder, Ravi nunca conseguiria essa façanha. No entanto nunca deixou claro seus sentimentos, que ódio sentia de si mesmo.

Olhou a foto mais uma vez e sorriu. Hakyeon estava de perfil, segurando uma taça de vinho, totalmente nu,- após fazerem amor - encostado na varanda do hotel onde o vixx estava hospedado. A única luz, era proveniente da lua, que banhava seu belo corpo, reluzindo o tom amorenado de sua pele, a deixando mais suculenta, principalmente para Taekwoon. Não, Hakyeon não sabia sobre ela, Leo a queria só pra si, a carregava pra todo lugar e quase virava um monstro quando alguém ameaçava mexerem sua mochila ou carteira, dependendo de onde ela estava.

- Meu Deus, por tudo ficou assim Yoonie? - perguntou manhoso, se socando por dentro.

Ao fechar os olhos e imaginar seu moreno, lembrou da música que fez baseada na foto.

- Como sempre distraída,
Te filmei você não viu.
É a coisa mais bonita
O seu corpo de perfil.

Soltou sorridente, começando a cantar, lembrando do belo corpo de Hakyeon. Parecia esculpido ao mão pelos melhores artistas.

- Pode parecer bobagem,
Um impulso infantil.
Meu amor não é chantagem,
Mas você me seduziu.

Ah sim, Hakyeon era um poço de sedução, não só um pedaço, mas inteiramente era um mau caminho. Taekwoon se perdia facilmente o admirando por horas, tendo que se controlar para não beija-lo na frente de todos.

- Te proponho, amor,
Um trato: Que tal se render?
Eu te dou o seu retrato,
Mas quero você.

Sempre quis mostra-lo a foto, porém a coragem lhe faltou. Hakyeon ficaria zangado se soubesse?

- Você na foto toda nua
Num banho de lua,
Meu cartão postal.
Meu corpo deu sinal.

Sentia fisgadas no baixo ventre, mas abanou a cabeça. Não tinha ninguém ali, a não ser ele. Se negava a usar as mãos. Seu corpo pertencia a Hakyeon.

- O meu desejo continua
Desejando a sua
Boca sensual.
Meu sonho real.

Terminou de cantar com algumas lágrimas caindo sobre seu rosto. Não ele não poderia perder o mais velho.

(XxxxxxxX)

15 minutos, era isso que o vixx tinha antes de entrar no programa. Todos já estavam prontos, porém cansados. Já estavam entrando na terceira semana seguida em que trabalhavam sem parar. Eu os entendia, estava na mesma situação, só que pior, LR já estava no fim de suas promoções. Viajariamos no final de semana para poder descansar.

Andamos lado a lado até o palco, eu estava confiante, tínhamos 3 programas para participar antes de sexta a noite, pra eu poder me redimir em rede nacional. A sim, pouco me fodo para o manager, preciso do meu moreno. E o que melhor para provar meu amor se não na frente das câmeras, mesmo que não seja diretamente dito para ele.

Como sempre, perguntas sem noção, minha timidez se fazendo presente e brincadeiras sem graça. Até que um dos apresentadores me olhou e me pediu pra cantar a primeira música que me viesse a cabeça. Ótimo, o bom de ser vocalista era que você conseguia as oportunidades sem ao menos se esforçar e de bônus Hakyeon ainda tinha virado sua atenção para mim pela primeira vez desde a discussão. Perfeito.

- Querido, eu te amo, preciso de você aqui
Me dê todo o tempo
Querido isso está predestinado a acontecer
Você me pegou, sorrindo o tempo todo

Sorri ao terminar essa frase, fechando os olhos imaginando a cara de surpresa de todos.

- Porque você sabe como me dar
Você sabe me puxar de volta
Quando estou fugindo, fugindo
Tentando escapar de amar você
Você sabe como me amar com força
Não vou mentir, estou me apaixonando muito
Sim, Eu estou me apaixonando e não há nada de errado com isso

Sim, olhei diretamente pra câmera, mas olhando para Hakyeon através dela. A expressão dele era adorável. Sua bochechas estavam rosadas. Ele entendeu. Graças a Deus.

- Você é o único com quem sonho todos os dias
Você é o único em que sempre penso
Você é o único que me faz comportar
Meu amor é seu amor, seu amor é meu amor

Disfarçadamente procurei seu olhar no meio daqueles olhares curiosos. Seus lábios tremiam. Sua respiração alterada. Um nervosismo conhecido por mim. Ele não ligava para as câmeras. Sim, eu sabia que ele queria chorar. Terminei a música e abaixei minha cabeça envergonhado, aquele jeito adorável que as fãs adoravam. Fingi estar nervoso e virei de costas para as câmeras.

Pude sentir a tenção dos outros membros e a carranca do manager. Alguns sussurros dos staff tentando chamar a atenção de Hakyeon, para que continuasse o programa. Ótimo, o desarmei por alguns segundos.

******

- Você ficou maluco? Quer me matar do coração? Levar o nome do grupo pra lama? - o manager gritava alto - Taekwoon não me importo nenhum pouco com a sua relação amorosa com o Hakyeon, mas não é dessa maneira que se concerta um namoro.

- Fala como seu eu tivesse dito que sou gay, foi só um cover!

- Bem sugestivo, não acha?

- Quê? O que a faz vão dizer? "Que lindo o Leo se declarando pro Hakyeon" ou " Isso foi pro Wonsik tenho certeza" ou talvez " o Leo tem namorada?"

Eu estava certo ele sabia disso, então ficou calado.

*****

No dia seguinte, eu prometi que ficaria quieto. No programa. Mas agora estávamos esperando nossa vez. Os meninos estavam distraídos e eu me sentei numa poltrona ao lado da sua. Ele lia o roteiro para poder nos guiar, como sempre dedicado. Eu fingi mexer no meu celular e escutava musica no fone de ouvido, comecei a cantar baixinho so pra ele ouvir.

- Cantando você em uma canção de amor
Am-m-m-m, canção de amor
Am-m-m-m, canção de amor
Am-m-m-m, am-m-m-m
Am-m-m-m, canção de amor

Ele parou um pouco leitura, mesmo sem tirar os olhos do papel.

- Você não precisa dizer nada
A sua voz ainda está na minha cabeça
Como se eu estivesse viciada
Você me enlouqueceu por várias noites
Não finja não saber
Escute meu coração
Eu quero você

Mordeu os lábios, me encarando a canto. Atormentado.

- Ah!Ah!Ah!
Cantando você em uma canção de amor
Palavras são desnecessárias
Isso não vai parar, como um tornado
Quando eu amo, eu me transformo em uma criança
Eu não tenho paciência
Não tente argumentar, é tão cansativo
Se você me quiser
Não precisamos pensar em nada

Se divertia cantando e vendo o desconforto de seu moreno. Hakyeon tentava controlar a si mesmo, mas seu coração batia forte ao ouvir a doce voz de Taekwoon.

- Me apaixonando
Eu já não tenho nenhum rastro de orgulho
É arriscado
Mas eu nunca me arrependo
Eu já esperei por um longo tempo
Eu não consigo fazer isso se não for com você
Você sabe o que?
Tudo o que eu preciso é do seu amor

Sim, ele estava entendo o recado. Desde o dia anterior para ser sincero. Surpreso e afetado. Não sabia que Taekwoon era capaz de ir tão longe pra lhe reconquistar. Mas por dentro sentia-se poderoso. Quem em sã consciência, imaginaria ver Jung Taekwoon se declarando sutilmente em tv aberta, tacando o foda-se para sua carreira.

- Eu amo você - leo sussurrou ao seu lado antes de levantar pra pegar seu carregador.

Sua mente começou a trabalhar a mil por hora, deveria perdoar?

(XxxxxxxX)

Era sexta feira, eu havia feito um trato com os membros do grupo sem o consentimento do líder. No final do programa faríamos um cover acústico da música que quiséssemos. Era minha última oportunidade de reconciliação antes de viajar. Trabalhamos juntos pra deixar bem claro que eu queria mostrar pra ele que daria tudo mim por nós dois. Os meninos ficaram eufóricos, claro, iríamos fazer Hakyeon feliz.

- Hyung, eu queria me desculpar - Wonsik se aproximou de mim parecendo desconfortável.

- Pelo que?

- Eu, bem, atrapalhei vocês.

- Foi mais eu que você, mas não importa o quanto fosse legal, eu jamais conseguiria trair o Hakyeon, eu o amo você entende?

- Eu sei, nossos sentimentos são só carnais.

- Exatamente, me perdoe se de algum modo te dei esperanças.

- Longe disso - nos abraçamos e sorrimos - Fico feliz em ver que está se esforçando. Espero que ele te perdoe.

- Eu também Sik, eu também.

****

Aquele começo chato, e pra piorar outros idols como BTS, infinite e EXO, também estavam lá. Era uma área aberta, eles fariam pequenas participações e depois do comercial iriam embora.

Já era o terceiro grupo a partir e eu ficava cada vez mais nervoso. Eles so haviam saído do foco das câmeras, ainda nos olhavam pelos bastidores.

- Agora o vixx tinha prometido um cover. Por favor.

- Bom, eu deixei a encargo dos meus membros mostrar isso, coisa que eles fizeram em segredo, pois nem eu sei que música vão apresentar - Hakyeon se pronunciou rindo e voltou seu olhar para seu grupo que se arrumava.

- Eu sou apenas diferente

Eu sou apenas diferente


Taekwoon começou. Fechando os olhos.


- Não espere bondade

Eu sou anjo e demônio

Um mal entendido pode ser prejudicial

Mesmo que você esteja sozinha por causa de mim

Tente entender, querida

Eu quero expressar mas não é fácil

Eu disparei uma arma no seu coração, eu sou um egoísta

Está certo, eu sou um cara mau

Mesmo se você tentar colocar um período no nosso futuro

Só há uma vírgula por causa de mim

Por favor fique

Não me deixe, meus sentimentos são como os seus

Eu sou de verdade, te amo


Ravi tomou a frente na parte do rapper. Enquanto isso Taekwoon pronunciava algumas palavras chaves, olhando fundo nos olhos de Hakyeon, que se sentia acuado. "Eu quero expressar mas não é fácil, Eu disparei uma arma no seu coração, eu sou um egoísta", "Por favor fique, Não me deixe, meus sentimentos são como os seus". Foram algumas das frases ditas.

- Quando nos beijamos

Isso é tudo o que eu sou

Eu digo para você manter distância

Mesmo quando você vem para os meus braços

Eu não te abraço

De volta


Hyuk e Hongbin cantaram juntos.

- Você me pergunta se eu estou brincando

E o que o nosso relacionamento significa

Você me pergunta se eu não te amo

Não é assim que eu me sinto


Agora fora a vez de Jaehwan. Hakyeon já suava frio. Era o único no meio de toda aquelas pessoas que sabia o significado por trás daquela música. Deus, se até seus membros estavam envolvidos, não seria ele que ficaria contra, não é?

Um suspirar alto, Taekwoon ergueu o microfone. O mundo parecia estar em câmera lenta. Seus olhos se encontram com mais intensidade. O público já não mais existia. Leo cantava para seu N entender que o amor era recíproco.

- Eu sou apenas diferente

Eu sou diferente do tipo de cara que você quer (diferente)

Eu sou apenas diferente

Eu não posso ser um cara legal

(Você deve estar machucada por causa de mim)


Sim ele estava machucando seu pequeno Hakyeon, viu suas lágrimas contidas. Queria limpa-las.

- Eu sou apenas diferente

Do cara que você imaginou (diferente)

Eu sou apenas diferente

Mas por favor não me deixe

(Mesmo que eu seja um cara mau)


Encerrou sua parte e baixou a cabeça.

- Mesmo que o tempo passe a distância não vai diminuir

Não importa o quanto você diga que você me entende

Eu vejo você segurando suas lágrimas

E sorrindo (eu sei)

Eu não posso fazer nada com meu coração?


Hyuk cantou sorrindo para o líder que tentava ao máximo se conter.

- Eu sei isso é como você e eu seremos para sempre

Eu só quero ficar perto de você, sou um egoísta

Eu sou egoísta?

Mas por favor não me deixe

Eu sou diferente do cara que você espera


Ken cantou balançando seu corpo, embalado pelo significado da música. Estava orgulhoso de Taekwoon.

- Deixe de viver uma ilusão!

Desde do dia em que nos conhecemos

Eu coloquei uma mascara

Sobre o meu rosto

Emoções vazias te esmagam

Não me toque

Você pode ser machucada por minhas palavras afiadas

Não importa o quanto você chore e me pergunte

Aonde eu estava na noite passada

Eu vou olhar direto nos seus olhos

E mesmo assim vou mentir

Mesmo que você tente me derreter

Eu vou agir ainda mais frio com você

Eu vou te machucar com os mesmo erros e cicatrizes

Como se isso não fosse nada 


Hongbin e Leo fizeram uma pequena colaboração de rap e vocal.

- Eu sou apenas diferente

Eu sou diferente do tipo de cara que você quer (diferente)

Eu sou apenas diferente

Eu não posso ser um cara legal

(Você deve estar machucada por causa de mim)

Eu sou apenas diferente

Do cara que você imaginou (diferente)

Eu sou apenas diferente

Mas por favor não me deixe

(Mesmo que eu seja um cara mau)


Hakyeon soltava suas pequenas lágrimas. Já não aguentava mais guardar todo aquele sentimento. As pessoas ao redor achavam que ele estava emocionado. Todos estavam lindos e cantavam muito bem. Porém o líder se sentia mal. Por que haviam escolhido logo aquela música?

- Mesmo que eu esteja frio


Taekwoon buscou seu olhar

- Não perca o seu calor


Foi retribuído

- Eu nunca deixaria você ir


Sorriu amargamente

- Eu continuarei o mesmo, oh


Balançou a cabeça negativamente

- Eu não entendo essa expressão


Chorou junto ao seu amado que colocou a mão na boca para conter o soluço

- Me desculpe novamente


Quase gritou, por que era o queria dizer.

- Eu nunca deixarei você ir


Prometeu, mesmo ainda cantando.

- Eu continuarei o mesmo, oh


Fechou os olhos como se pudesse beijar Hakyeon.

- Eu sou apenas diferente

Do cara que você imaginou (diferente)

Eu sou apenas diferente

Mas por favor não me deixe

(Mesmo que eu seja um cara mau)

Eu sou apenas diferente

Eu sou apenas diferente

Eu sou apenas diferente


Encerraram sorrindo, porém Hakyeon estava de pé, respirando fundo e pronto pra correr. Ao notar isso, Jaehwan pediu pelo comercial e foi até seu líder o ajudando a sair dali.

(XxxxxxxX)

Corri o máximo que pude. Precisava vê-lo, mesmo que ele não quisesse. Ao passar por uma porta, ouvi alguns murmúrios. Encostei a orelha na porta e identifiquei sendo de Jaehwan e Hakyeon conversando.

- Hyung...

- Você foi conivente?

- Não foi bem assim, a música é linda.

- E eu? Jaehwan como eu fico?

Então ele não gostou? Que decepção.

- Eu o amo, mas me desarmar assim, em um local onde não posso beija-lo, onde não posso chorar, onde não posso gritar, que inferno!

Opa! Oque? Ele gostou? Ele queria me beijar?

- Eu entendi, ele quer meu perdão... - um suspiro alto - Eu... Devo? - exitou.

- Seila, não sou eu que amo o Leo-hyung.

- Ken!

- Tá tá.. entendi... Olha, depois de tudo isso, acho que uma chance não mata ninguém né?

Eu ri. Jaehwan como conselheiro é um ótimo vocalista.

(XxxxxxxX) domingo de manhã.

Talvez eu não seja bom com palavras, mas cantando eu me supero. E foi através da música que recuperei um pouco da minha dignidade, mesmo que ele nao tenha verbalizado isso, só de poder dormir ao seu lado e ter o prazer de acordar e poder observar seu rosto sereno ainda adormecido, era deveras melhor e motivador do que nem se quer vê-lo. Acariciei sua bochecha, me arrependo em seguida. Seu olhinhos se abriram e manhosamente, ele se espreguiçou e sorriu pra mim.

- "Você pode ter tudo de mim, está tudo bem
Você sabe o que eu quero
Cuidadosamente, agora mesmo

Baixinho, sussurre para mim, garota
Sussurre para mim
É tranquilo, mas perigoso
Você me tem especificamente, me flexionando
É um sinal secreto
Nossa própria festa, sem que ninguém saiba
Linguagem de sussurro"

Cantei meu trecho em whisper e ele sorriu beijando o canto dos meus lábios.

- Bom dia Leo-ssi - se aconchegou ao meu peito.

- Bom dia Yoonie.

Talvez vixx LR possa ter mais um membro adicionado para o próximo comeback.


Notas Finais


Oieee.
E então gostaram?
Comentem please!
Obg por tudo mesmo.
E é claro que eu tinha que terminar com LR certo? Kkkkkk
Tudo friamente calculado!
Até mais Bilus da tia!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...