História Passado Atormentador - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 17
Palavras 761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Passado Atormentador - Capítulo 2 - Capítulo 2

Após lembrar daquilo, deixei que algumas lágrimas caíssem, odeio chorar, principalmente se for na frente de alguém, mas estava sozinha e chateada, então nada me impediu, comecei a refletir em como eu sofri e fiz minha família sofrer, já não aguentava mais ficar naquele lugar e só ver os médicos, enfermeiras e meus pais, queria sair, sorrir, ver e fazer as pessoas ao meu lado sorrirem.
         Eu sei que a culpa não é daqueles sete, e sim apenas minha, eles não sabiam nem que eu existia, enquanto eu estou aqui sofrendo por eles, acho que… já está na hora de esquece-los…, não vou deixar de acompanha-los em sua carreira, mas também não vou correr atrás de pessoas que não sabem nem que eu existo, e eu tenho certeza que se soubessem o que fiz por eles, eles iria querer não ter me conhecido mesmo, vou continuar gostando de suas músicas e principalmente da letra, mas nunca mais maníaca…., Agora passei a ter medo deles.
        
          Me levantei da cama e fui lavar meu rosto no banheiro…, voltei para a cama e fechei meus olhos querendo apenas sentir o cheiro das flores ao meu lado, a única coisa que me fazia sorrir pela manhã…,
Mas fui interrompida ao escutar alguém entrar em meu quarto...
         ---Boa dia Yanai, como você está? -pergunta Márcia uma das enfermeiras que cuida de mim
         ---Estou bem Márcia, e você, como está? -pergunto pra mesma sorrindo
         ---Estou bem, obrigada, eu trouxe seu remédio -diz a mesma me entregando um comprimido e um copo d'água
         ---Ah, obrigada -digo pra mesma sorrindo e ela escreve algo em sua prancheta
         ---De nada querida, parece que você está se recuperando, você está louca pra sair daqui, não é mesmo? Kkk -pergunta a mesma sorrindo
         ---Você não sabe o quanto kkk -digo rindo junto com a mesma
         ---Mas logo logo você vai sair se continuar se recuperando nessa rapidez, o seu último surto foi apenas à duas semanas atrás e olha você agora já está até sorrindo, se continuar assim vai sair daqui em poucos dias -Diz a mesma sorrindo
         ---Deus te ouça Márcia kkk, nesses últimos dias eu estive pensando bastante sobre minhas ações, e acho que fui muito idiota fazendo tudo aquilo, tudo o que eu conseguir foi fazer meus pais e eu sofrer… -Digo pra mesma ficando um pouco triste por lembrar
         ---Agora eu tenho certeza que você já vai poder sair daqui bem cedo kkk, você pensou coisas certas e está tomando uma decisão ótima por pensar assim, mas vocês não precisão mais sofrer, porque agora você ja está bem de novo e o que aconteceu no passado fica no passado -Diz a mesma sentando-se ao meu lado na cama e passando as mãos e meu cabelos
        ---Você tem razão, obrigada Márcia -Digo e abraço a mesma
        ---De nada querida, bom… agora eu preciso levar seus resultados ao doutor Ok, daqui a pouco eu volto com seu almoço -Diz a mesma retribuindo o abraço e depois se levantando e dando um beijo na minha testa
         ---Claro pode ir, depois me fale o que o doutor disse Ok? Até logo -Digo acenando pra mesma que já estava na porta
         ---Claro, falo sim meu anjo, até… -Fala a mesma e sai do quarto
         Me joguei para trás, caindo deitada na cama, volto a olhar o teto e refletir…
         ---Será que eu vou mesmo sair daqui logo??? -Digo pra mim mesma
         Já estava cansada de ficar apenas fitando o teto todos os dias…, Então descido voltar a escrever, antes de eu conhecer os sete monstrinhos(Bts) eu escrevia letras pra músicas mas nunca consegui achar um tom pra elas, então eram apenas palavras profundas que mais pareciam poemas. Então resolvo pegar o caderninho em que escrevia, minha mãe sempre me fala, que sempre que eu escrevo naquele caderno eu virava outra pessoa depois, mais tranquila, mais suave, mais positiva, eu acreditava no que ela dizia, pois realmente depois que eu escrevia as letras na quele caderninho rosa, eu me sentia mais leve, mais feliz, sei lá, acho que o fato de expressar meus sentimentos através das minha letras faz com que eu me sinta aliviada, como se tirasse um peso das costas.
         Vi as letras que eu escrevia antes de parar, e eram todas palavras alegres, sem tristeza  alguma, eu realmente mudei depois que descobri aqueles  garotos…, ria de todas as letras que havia feito na quele caderninho, quando termino de ler todas, resolvo criar uma nova, mas essa nova vai ser a primeira, a primeira música sobre tristeza, sobre meus sentimentos de agora… 
   


Notas Finais


Desculpa qualquer erro...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...