História Passado nunca esquecido - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~natyy150

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 15
Palavras 980
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora, estava fazendo de tudo para que o capítulo ficasse bom.

Capítulo 11 - Primeira vez (pt1)


     Sn(pov)

 Jimin- Você se machucou???– falou me colocando na banheira. 
 Sn- Acho que eu machuquei minha coxa.- falei com uma expressão de dor ao tocar na mesma. 
 Jimin – E..você consegue banhar sozinha, ou quer ajuda? 
 Sn- Não, eu acho que eu consigo banhar sozinha. 
 Jimin- Ta bom, vou estar no quarto qualquer coisa me chama.- falou se retirando.
      Depois de ter tomado banho, tento me levantar, mas não consigo pois minha perna estava doendo muito. 
 
 Sn- JIMIINNN– grito o seu nome. O mesmo entra correndo e com a expressão assustada.
  Jimin- O QUE ACONTECEU??? 
 Sn- Nada, é só que eu não tô conseguindo levantar. 
 Jimin- Sua doida, quase morri de susto agora, pensei que tinha acontecido uma coisa mais grave.- falou pegando a toalha e indo me ajudar a levantar. 

Quando levantei ele ficou me encarando e mordeu os lábios discretamente.

 Sn- PARA JIMIN?!!!! 
 Jimin- É...desculpa.- falou envergonhado. 

 
 Peguei a toalha de sua mão e enrolei em meu corpo. Ele então me pegou no colo estilo noiva e saiu do banheiro. Chegando na cama se sentou comigo em seu colo. Olhei para ele confusa. 
 
 Jimin- Deixa eu ver o machucado em sua coxa.- fala levantando minha toalha. 
 
 Jimin- foi só uma batida de leve, vou pegar a sua roupa e logo depois passo uma pomada.- fala me colocando na cama e depois indo em direção ao meu guarda roupa.
  Jimin- Na onde fica suas roupas íntimas??     Sn- Na segunda gaveta.
  Jimin- Que tal essa??- falou rindo e mostrando um conjunto preto rendado.
  Sn- Para de gracinha JIMIN!!- falo me levando com um pouco de dificuldade indo em direção ao guarda roupa. 
  Jimin- Ououou volta já pra cama, você não pode fazer esforço. 
  Sn- Aiii.- falo tentando alcançar a cama para não cair, quando sinto Jimin segurando em minha cintura e eu caindo em cima dele. 

  Jimin- Eu queria fazer isso a muito tempo e não consigo mais me segurar. Desculpa! 
  Sn- Pelo o..- antes que terminasse de falar, ele me beija. 

 Sua boca tinha um sabor doce, ele pede passagem para a língua e eu sedo, o beijo começou lento, mais depois se tornou em um beijo selvagem e com desejos. 
Paramos o beijo porfiara de ar, eu queria muito aquilo, mas tinha medo de estragar a nossa amizade. Então tento me levantar, mas ele me impede me puxando para mais perto dele 
  Sn- Nós não podemos -falo a centímetros de sua boca- 
  Jimin- e o que nos impede? Ele não me deixa responder e me beija novamente, então se levanta ainda comigo em seu colo nos levando em direção a cama, me colocando delicadamente sobre a mesma deitando sobre mim apertando minha coxa.   Sn- ahh, Jimin, minha coxa esta machucada -falo involuntariamente arranhando seu pescoço.
 Jimin- Ahh -geme arrastado por conta do arranhado em seu pescoço-desculpa, vou ter mais cuidado. 
Ele volta sua atenção para meu pescoço distribuindo algumas mordidas me fazendo arrepiar. Minhas mão passeiam pelo seu corpo indo em direção a barra de sua camisa, aonde ele me ajuda a tirá-la jogando em qualquer canto do quarto, então ele se levanta tirando sua calça ficando só de bóxer branca com seu membro ja ereto. Acabo encarando o volume e ele me dá um sorriso pervertido. 
 Jimin- Como é a sua primeira vez, eu vou tentar ir com calma. 
 Sn- Tá tão visível assim?!- falo engolindo em seco. Eu estava com medo, ele era muito grande. Então ele caminha em minha direção, e acaricia meu rosto e logo depois me beijando intensamente. Quando paramos, coloca a mão na toalha e me olha, como se pedisse perdição para tirá-la, olho para ele e falo para ele continuar, quase implorando pelo seu toque.
 Ele passava suas mãos por toda a extensão do meu corpo, suas mãos eram leves ao ponto de me fazer arrepiar a cada toque mas também deixava várias marcas pelo meu corpo. 
Suas mãos foram para os meus seios, os apertando de leve me fazendo arfar. Sua boca foi de encontro a minha, me beijando. Logo sua boca estava descendo para o meu pescoço deixando mordidas, então ele desce fazendo uma trilha de beijos ate chegar em minha intimidade, a onde deixou um beijo demorado.

 Jimin- Calma amor. Você está muito tensa, relaxa.. Então voltou a espalhar seus beijos ao interior da minha coxa indo até meus pés e fazendo o mesmo na minha outra coxa indo com os beijos até meu joelho. 

Chegando em minha intimidade passou a língua pela mesma e voltando a beijar minha barriga, indo em direção ao meu seio direito, onde começou a lamber enquanto massageava o outro.
  Sn- aah Jimin- gemi puxando seus cabelo e o puxando para cima para mais um beijo, sua mão foi até minha intimidade me estimulando, eu soltava alguns gemidos que eram abafados pelo beijo. 
  Jimin– Agora baby, vou fazer uma coisa que você nunca vai esquecer, e vai implorar por mais.– quando ele terminou de falar, foi indo em direção a minha intimidade, e sinto sua língua entrando em contado com a mesma, me fazendo soltar um grito. Sua língua passeava por toda a minha extensão e fazia pressão em meu clitorix me deixando cada vez mais louca. Por impulso minhas mãos foram para o seus cabelo, os puxando. Eu estava contendo os meus gemidos. Até que sinto algo entrando dentro de mim. Me trazendo uma nova sensação.       
  Sn– aahh... j-jiminn?! 
  Jimin- Isso baby.... geme pra mim vai!!! 
  Sn– aahhhh... p-poorr favoor maiiiss rápido.– falei entre gemidos. Então Jimin começou a ir mais rápido e logo depois senti mais um dedo sendo introduzido em mim, me deixou um pouco desconfortável mais depois de alguns segundo me acostumei e estava pedindo por mais, sinto que estou preste a ter um orgasmo, mas Jimin para com os movimentos. 
  
  Sn– Por q-quee parou??– falo manhosa.         Jimin– Porque o melhor está por vir agora.– falou com um sorriso malicioso-


Notas Finais


Espero que tenham gotado, a continuação não vai demorar para ser postada. Obrigada por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...