História Passados distantes e futuros grandiosos - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju
Tags Naruto
Exibições 65
Palavras 3.475
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yoo minna! Olha só quem voltou dos mortos, brincadeirinha.
Bem gente, sinceras desculpas pela demora, mas pela primeira vez tive que modificar quase o capitulo inteiro quando estava quase concluindo, pois não tinha ficado da maneira que tinha que ser. Embora eu vá reaproveitar a parte que eu tirei para o próximo capítulo. Bem teve outros motivos, tipo desde julho minha vida esta um caos, um resumo rápido: briguei com minha melhor amiga de infância, paramos de nos falar, ela fez eu ser repreendida no colégio por algo que eu não fiz, me fez discutir com ela dentro da sala de aula e ser humilhada pela coordenadora que se meteu na história escutando só o lado (vitimismo) dela, inclusive me fez ir pra direção (reclamou de mim pra diretora e queimou o próprio filme, pois eu sempre fui uma aluna exemplar), nossa amizade acabou, nesse meio tempo minha prima quase irmã gravida ficou internada, meu tio com cancêr ficou também, a criança nasceu, meu tio morreu, eu perdi meu rumo pela primeira vez na vida, não estou conseguindo estudar nem com vontade de ir no colégio, além de que pra piorar tudo nossas famílias são amigas e insistem que nossa amizade vai voltar, fora que estou devendo entregar uma carta pra garota explicando e dizendo tudo que tenho pra dizer sobre isso que estou enrolando pra terminar, está dificil. (pegando folego) Ou seja minha vida está uma completa bagunça em pleno ano de vestibular, coisa que nem sei mais se vou conseguir completar na minha melhor forma. Nesse instante eu só estou querendo organizar minha vida, priorizando minhas fics porque eu as amo muito e escrever me ajuda a relaxar. Espero que gostem desse capitulo, boa leitura gente.

Capítulo 32 - A missão


Fanfic / Fanfiction Passados distantes e futuros grandiosos - Capítulo 32 - A missão

Flash back:on

Depois de contar sobre o que havia acontecido mais cedo, ambos se despediram e foram preparar as coisas para o dia seguinte e aproveitar as poucas horas de sono que ainda lhes restava. O que eles não sabiam é que todos da equipe 7 haviam recebido a mensagem ao mesmo tempo e que o dia seguinte só lhes traria surpresas.

Flash back:off

Ainda não havia amanhecido quando os membros da equipe 7 começaram a se encontrar nas ruas de Konoha enquanto iam na direção do portão da vila, todos sonolentos e revoltados pelas poucas horas de sono. Pouco tempo depois os jovens ninjas já haviam chegado no ponto de encontro, em frente a cabine de vigia do portão da vila, onde só se via duas figuras em pé, os aguardando.

-Yo! –cumprimenta-os Menma bocejando, claramente tão cansado quanto eles.

-Ohayo! –fala Hikari acenando pra eles enquanto eles se aproximavam.

-Bom dia! –cumprimenta-os Tenten e Ino pelo resto do grupo.

-Bom dia nada gente! O sol ainda nem surgiu! Devia ser um crime fazer alguém acordar nesse horário, principalmente quando se avisa em cima da hora! Que problemático! –reclama Shikamaru, que obviamente irritado por ter tido que dormir tão pouco. 

-Para de ser preguiçoso! –repreende-o Temari dando um cascudo no Nara, causando risadas dos outros.

-Isso aê! Vamos mostrar ao mundo nossa chama da juvent... –grita Lee aos quatro ventos mas logo sua boca é tampada por Tenten.

-Não grita, Lee! Assim você vai acordar o resto da vila! –fala a garota.

-Então, onde está o nosso "líder"? -falou Sasuke, cheio de ironia quando falou a última palavra. -Não vai dizer que aquele maldito fez todos acordarem cedo pra ele se atrasar?!

-O Nii-sama? -fala Menma e depois indica com a cabeça. -Ele está bem ali. -fazendo com que todos acompanhem com o olhar. Lá estava o Uzumaki loiro, deitado em um galho  na árvore ali perto, aparentemente concentrado e murmurando algo.

-Aquele maldito...! Ele fez todos acordamos cedo pra ficar descansando assim?! -resmunga Sasuke.

-E você ainda não aprendeu a lição. -o Uchiha escuta alguém falar do seu lado. 

-N-Naruto...! "Ah... Droga...! Agora estou ferrado." -pensa o Uchiha.

-Bu. -responde o loiro entediado, agora com ele perto repararam que ele não estava vestido com as roupas laranjas de sempre. Ele estava todo de preto, uma jaqueta preta aberta com o símbolo do redemoinho no alto das duas mangas feito de algo dourado e o tal rubi Uzumaki, que reparando também os outros dois também tinham em suas roupas, uma blusa simples de malha ninja, uma luva sem dedos na mão direita e calças e calçados ninjas comuns, mas antes de comentarem algo sobre essa mudança... -Contém até cinco. -fala repentinamente.

-Pera... O que? -pergunta Sakura confusa. 

Exatos cinco segundos depois há um clarão amarelo bem perto da árvore onde o loiro se encontrava a pouco. Lá estava Minato Namikaze indo de encontro com a mesma e batendo de cara antes mesmo de notar que algo no seu teletransporte dera errado. Os ninjas olharam a cena incrédulos, aquilo havia mesmo acontecido? O quarto Hokage havia mesmo batido de cara numa árvore tão facilmente? Olharam pro loiro mais novo em busca de respostas mas encontraram um sorriso que não esperavam, um sorriso maldoso.

-Naruto... -fala o Namikaze com a mão na cabeça olhando na direção do filho. -O que você fez? -mas o jovem o ignorou propositalmente. -Como você tirou o selo do Hirashinji que eu havia posto em você e o passou pra árvore?!

-Qual é a lógica de me perguntar algo que você mesmo respondeu depois? Oras, "Otou-san", eu precisava testar se era possível retirar um selo colocado por terceiros... -fala Naruto secamente.

-Retirar selos? O que você está pensando?! -fala o mais velho irritado começando a compreender. -Faz ideia de como uma habilidade assim pode ser perigosa em mãos erradas?! 

-Cale-se. Quem você pensa que sou? -fala o Uzumaki friamente. -Além disso essa habilidade não é nem um pouco usual. Demoraria dias até alguém com conhecimento avançado em selamentos e selos ser capaz de avaliar o selo e compreendê-lo pra então com mais trabalho ainda retirá-lo. Relaxe. Não sou estupido ao ponto de deixar qualquer um colocar as mãos nesse poder.

-... -Minato ficou quieto, o clima entre os dois ao contrário de como era nos dias anteriores estava pesado. -Pra você estar agindo assim imagino que o tempo acabou.

-Até que enfim falou algo inteligente. -o mais novo revirou os olhos, mas depois ficou sério. -Eu cumpri minha parte do acordo, agora devolva o que me pertence.

-Naruto, filho... Eu... -Minato começou.

-Chega! Chega de fingimento e pare de me enrolar. Ou por acaso vai inventar outra desculpa para que eu mantenha essa farsa estupida? -rosnou o mais novo claramente descontente e os outros não entendendo nada. E por algum motivo os moradores de Konoha começaram a sair de suas casas, estes o olhavam com O olhar, e ir em direção ao portão, junto com a Hokage e outros ninjas. Ao perceber Naruto perdeu totalmente a cor. -Você não fez isso…!

-Eu… Achei que uma despedida com todos da vila seria apropriada então... -Minato estendeu a mão na direção do filho mas este a rebateu.

-Me devolva o que me pertence... -repetiu Naruto dessa vez mais friamente ocultando seus olhos. -Para eu poder, enfim, ir embora. -completou. Por mais que ele estivesse falando baixo e por isso os que estavam se aproximando não sabiam o que estava acontecendo de fato, mas isso não os impediu de tirar suas próprias conclusões e tomarem uma atitude, afinal o "monstro" estava tratando mal o seu “herói”.

-Filho eu… -o mais velho não sabia mais o que dizer.

-Agora! -gritou o mais novo parecendo ansioso pra isso tudo acabar então o quarto Hokage pegou um pergaminho da onde ele tirou uma katana negra e estendeu para o filho. Mas ao mesmo tempo algo veio voando e atingiu Naruto. Era um tomate.

-Vá embora, sua raposa-monstro! -gritaram alguns habitantes da vila tacando mais coisas na direção do jovem que saia do estado de choque que havia ficado quando foi atingido e habilmente desviou de tudo, mas por algum motivo sua respiração estava entrecortada.

-Ei! Parem! O que estão fazendo?! -Tsunade enfim interveio em choque pela situação.

-Estamos defendendo nossa lenda daquele maldito garoto-raposa! -responderam enfurecidos.

-Sua lenda, é…? -começou Naruto pela primeira vez com os olhos, a voz e um sorriso totalmente frios. 

-Naruto… -Minato estava apreensivo e preocupado, essa não era a melhor hora para algo do tipo acontecer…

-Minato. -o jovem olhou pra ele pela primeira vez o chamando pelo nome em Konoha. -Fique em Konoha.

-O que? Mas eu e a sua mãe… Nossa vida é em Uzushio agora! -retrucou o Namikaze.

-Não minta pra si mesmo. A vida de vocês sempre vai ser nessa vila, talvez Kushina menos, mas é aqui que a lealdade de vocês se encontra. -fala Naruto e vendo que o mais velho ia continuar a rebater e insistir ele continuou. -Não teste ainda mais minha paciência, Minato. É tal a lealdade ao ponto de terem abrido mão do seu primogênito para uma causa que sabia que teria riscos… -o jovem respirou fundo e balançou a cabeça. -É melhor ficar e não insistir senão não poderei me responsabilizar. -falou o final somente pro pai e enfim pegou a espada e começou a ir na direção a saída. -E fiquem tranquilos… Eu não teria voltado se não fosse uma missão. Afinal ambos sabemos que Konoha não é meu lugar. –terminou os olhando com desprezo e então partiu, a equipe 7 e os outros dois Uzumakis não podiam fizer nada além de segui-lo.

Eles correrem por vários quilômetros em silencio pensando sobre o acontecido. Alguns realmente chegando a conclusão de que nada relacionado a Uzumakis, principalmente Uzumaki Naruto, era normal. Fugia a qualquer lógica antes conhecida por eles. Aqueles mais próximos do jovem estavam preocupados. Já haviam se distanciado muito de Konoha quando Naruto começou a desacelerar até todos pararem numa pequena clareira.

-Ei porque paramos?! –pergunta um Sasuke irritados.

-Para acampar. –o loiro respondeu simplesmente gerando mais raiva ainda.

-Mas ainda esta de tarde! Nem anoiteceu! –gritou o moreno.

-Se vocês querem prosseguir sem sequer saber sobre o que se trata a missão por mim tudo bem. –falou o jovem e se virou como quem ia voltar a correr mas o Uchiha se aproximou furioso e o segurou. Lá ficaram se encarando, quase se podia ver faíscas. Se prestassem bastante atenção poderiam ver o corpo de Naruto ficando tenso. -Já chega! Desde antes de sair de Konoha seu comportamento está mais bizarro que o normal! O que foi aquilo lá atrás, seu maldito hipócrita?! –gritou o Uchiha. 

-Cale-se. –o loiro simplesmente sussurrou e tentou se soltar.

-Cale-se você e vê se escuta os outros, maldito! Tratar seu pai daquele jeito não é algo que um filho deva fazer! –o moreno continuou gritando e o segurou mais forte. Mas dessa vez ouve uma alteração da parte do outro.

-Pare de agir como se soube-se do que está falando! –segurando o pulso da mão que o segurava e rosnou encarando o Uchiha, seus olhos estavam começando a apresentar um preocupante leve contorno vermelho brilhante e a exalar mais chakra do que o normal, um chakra demoníaco. Sasuke gelou. E então algumas shurikens vieram na direção do loiro vindas da floresta, que de imediato o obrigou a se defender formando uma kunai com seu chakra e se afastar do Uchiha. As shurikens continuaram vindo até que o uzumaki fosse obrigado a ir pra cima do galho de uma arvore a alguns metros de distancia da onde estava inicialmente, então surgiu quem as estava jogando. 

-Kakashi-sensei?! -exclama Sasuke surpreso, pelo seu professor ter aparecido e se colocado entre ele e o Uzumaki, ganhando um leve sorriso por trás da mascara do mesmo.

-Hatake. -fala Naruto como reconhecimento.

-O que você está fazendo aqui, sensei? -pergunta Sakura, chegando perto dos parceiros de time.

-Vim falar com ele. -indicou o Hatake com a cabeça. -Pensei que fora da vila poderíamos parar de fingir que não nos conheciamos. -falou olhando para o loiro.

-E do que você quer falar, Hatake? -pergunta Naruto se sentando sobre o galho e olhando pro de cabelo branco.

-Quero que me conte aquelas informações que lhe perguntei a anos atrás! -cobrou o jounin de Konoha o respondendo.

-É...? E está tudo bem que esses ninjas saibam sobre essas informações restritas e outras que seriam reveladas junto com essas, Ha-ta-ke-taichou? -perguntou debochadamente o Uzumaki estreitando os olhos de leve com um ligeiro sorriso de lado, parecendo se divertir com a situação.

-“Taichou”? -pergunta Sakura, confusa olhando de um para o outro. -Mas...

-Então agora resolveu mostrar sua verdadeira personalidade, hein? Está bem vou jogar seu jogo. -fala Kakashi suspirando. -Vamos nos sentar, a conversa vai ser longa. -pouco tempo depois todos já tinham arrumado o acampamento e estavam reunidos em volta da fogueira esperando o desenrolar dos eventos.

-“Taichou”, acho que estão aguardando você começar a explicar. Anda. Vamos lá. -fala Naruto, que após arrumar suas coisas voltou pro galho que estava antes, ele realmente estava se divertindo com a cara do ninja mais velho.

-Bem, antes de virar o jounin responsável pelo time 3 eu era um anbu… -começou o Hatake.

-Mas como vocês se conheceriam se não foram anbus na mesma época? -pergunta Tenten.

-Porque logo depois do Sandaime saber que haviam recuperado o Naruto e o transformado em um anbu da Ne ele pediu para mim voltar a ser um anbu e observar-lo. -respondeu o Hatake.

-Por que o Sandaime-sama pediu isso? -pergunta Ino.

-Qual foi o intervalo de tempo entre os acontecimentos? -acrescenta Shikamaru começando a captar.

-Demoraram em torno de 3 semanas para localizassem e o trouxessem de volta. E mais uma para o tornarem um anbu. -falou.

-"Isso… Uma semana? Mas… Como transformaram uma criança em um anbu em apenas uma semana?!" -pergunta-se Hinata mentalmente, relembrando do que seu pai havia dito.

-Em casos normais um ninja só vira um anbu por vontade própria e após anos de experiências como shinobi. Mas a Ne não funciona dessa forma, eles selecionam crianças bem jovens e as treinam pra isso desde jovens mas elas só viram anbus mesmo quando tem idade pelo menos pra serem genins. Ou seja em nenhum dos casos é algo rápido. Contudo no caso do Naruto foi. O Sandaime questionou essa decisão e a resposta foi que o garoto era apto a isso. Duvidando disso eles aplicaram uma missão para testa-lo, na qual ele cumpriu com uma perfeição apavorantes como o próprio Sandaime disse. -conta o mais velho.

-Que tipo de missão? -pergunta Sakura, temendo a resposta.

-Uma missão padrão anbu. Exterminação de um grupo de nukenins de rank médio. responde o sensei.

-Isso seria impossível pra um genin a pouco formado! -protesta Kiba, incrédulo.

-Genin? Mas o Naruto chegou a se formar? Então por que ele não estava em nenhum time? -pergunta Ino.

-Sim, Ino. Eu lembro que todos nos formamos e ganhamos nossas bandanas. Embora não saiba o porque dele não ter ficado em nenhum time. -respondeu Neji.

-Não só isso, ele nunca havia recebido treinamento fora os ensinamentos básicos da academia, dos quais ele nunca teve grande desempenho. E pelo que relataram ele aparentemente não teve contato com nenhum outro ninja quando estava fora, ninguém o treinou nesse período. -continuou Kakashi. -Bem, resumindo, no tempo que ele foi um anbu eu cheguei a fazer algumas missões com ele e o observei. É assim que a gente se conhece. Agora indo ao assunto: quais são as intenções de Shimura Danzo e o que você sabe sobre o ataque que ocorreu a oito anos? -pergunta chegando ao ponto e não se aprofundando sobre o assunto anterior.

-Como ele saberia dessas coisas?! Primeiro, como ele saberia das intenções do Danzo e segundo ele não estava lá nessa época! Ou estava? -indaga Sasuke.

-O que quer que a Ne estivesse planejando ele com certeza saberia. Naruto não foi um simples anbu, era o preferido de Danzo e de força classificada rank S. Ele foi um dos melhores anbus de todos os tempos. -explicou o Hatake rapidamente. -Embora ele tenha sumido 2 meses antes do acontecimento e fugido da vila uma segunda vez um mês antes.

-Pera, como ele pode ter sumido e fugido em espaços de tempo diferentes? -pergunta Tenten.

-O Danzo falou que ele estava em missão e no dia que deveria retornar ele simplesmente abandonou os parceiros e desapareceu. Só o Naruto conseguiu fugir de anbus de rank alto e despista-los duas vezes. -fala balançando a cabeça como se ainda não conseguisse acreditar. -Não adianta negar, sei que possui essas informações. Pode contar, principalmente agora que não possui ligação a eles nem o selo que obriga o silêncio. -exige o acizentado. Embora todos os outros não acreditassem que era possível o loiro saber alguma coisa.

-Contar informações sigilosas do Danzo e seus planos? Hahaha! -zomba o Uzumaki olhando pros outros. -Não vejo problema algum nisso. Na verdade nem preciso falar nada. -falou aparentemente se contradizendo.

-O que quer dizer com isso? -pergunta Sai.

-Que você, Hatake, vai obter o que deseja. Na verdade essa missão está relacionada a isso. Você pode vir conosco se quiser. -fala o Uzumaki.

-Aceito sua proposta mas você não explicou praticamente nada. -cobra Kakashi.

-As respostas pros seus questionamentos são todas sim. Como você suspeita eu sei de tudo e tudo será revelado no decorrer dessa missão. Embora não saiba como foi esse ataque de fato. -responde o Uzumaki.

-Aguardarei ansiosamente por isso. Só espero que não esteja me enganando, garoto. -suspira o mais velho. -O ataque ocorreu na época do exame chunnin, Orochimaru tentou tomar a vila junto com a Vila do som e a da Areia, utilizando o jinchuuriki dessa. 

-Que foi frustrado e por isso vocês têm alguns ninjas da Areia. -deduz o Uzumaki.

-Exato. Nós impedimos, mas durante o processo o Sandaime perdeu sua vida lutando contra seu ex-aluno, Orochimaru. -fala o Hatake.

-E a Godaime Hokage assumiu logo em seguida? -questiona Naruto obtendo um aceno como resposta. -Entendo, isso explica muita coisa. -concluiu como se pra si mesmo porque ninguém mais entendeu nada.

-Explica o que? -pergunta Sasuke.

-Não importa. -responde o outro deixando os outros com gotas na cabeça. Mas deixando claro que não falaria disso no momento.

-Bem já que não vai explicar mais nada mesmo será que pode explicar a missão? -pede Shikamaru suspirando cansado.

-Danzo me pra caçar uma pessoa. Para cortar as pontas soltas. -explica Naruto, novamente não sendo muito claro.

-Se ele pediu pra você então o que fazemos aqui? -perguntam-se mentalmente os membros da equipe 7 com uma gota na cabeça.

-Então… Quem é essa pessoa? -pergunta Temari.

-O dito culpado pelo ataque a Konoha de anos atrás oras! -respondeu como se fosse obvio. -Por que mais eu teria dito que essa missão esta relacionada com o que o Hatake aqui quer saber se não fosse ele?

-Danzo pediu pra você caçar Orochimaru?! Para captura-lo ou… Para elimina-lo? -exclama Kakashi surpreso.

-Por que diabos ele pediria pra captura-lo? -questiona o Uzumaki inclinando a cabeça pra direita parecendo confuso e deixando obvio que era a segunda opção.

-Isso é loucura! Não importa o quão forte você seja Naruto isso não é uma missão feita pra ser solo! -retruca o mais velho.

-Err… Hatake, eu por acaso vim pra essa missão sozinho? -respondeu Naruto entediado.

-Verdade. Contudo você veio com um número de pessoas grande demais pra uma missão desse tipo. Além de poucos estarem de fato classificados pra uma missão desse porte. -continua o outro.

-Céus, Hatake, você é mais chato e tagarela do que me lembrava! Eu não trouxe eles… -indicou os ninjas da equipe 7. -…para essa missão, eu trouxe meu time pra isso. -deu uma pausa. -E antes que me perguntem porque trouxe vocês é para continuar com o treinamento de vocês. E não, não estava treinando vocês só por causa da invasão. Que nem foram lá muito úteis pra falar verdade.

-Por que tenho a impressão de que não vai falar o verdadeiro motivo de nos treinar? -comenta Neji, observando e escutando tudo o que estava se passando atentamente.

-Nah! Pra falar verdade não tenho problemas em falar. -contraria Naruto. -Primeiro, é meio inacreditável e frustrante ver os herdeiros e mais talentosos ninjas da mais bem historicamente sucedida vila do mundo shinobi serem tão absurdamente previsíveis e, sendo sincero, fracos. Segundo, os ninjas responsáveis pela invasão ocorrida, que não foi um evento isolado, não a bolaram sozinho, a organização da qual eles vieram ainda está por aí e seus objetivos não são nada pacíficos. Terceiro, Konoha é um dos maiores focos de ódio da maior parte dos integrantes.

-E qual o nome dessa organização mesmo? Não me recorde de terem comentado sobre tudo isso conosco antes. -fala Shikamaru analisando todas as informações que tinha.

-Akatsuki. A organização a qual Uzumaki Nagato e seus amigos que fundaram. A qual era bem diferente da atual. Principalmente seus objetivos. -exclarece Naruto, antes de começarem a falar sobre o fato de quem a fundou era um Uzumaki e tudo mais.

-E como você sabe tudo isso? São informações consideradas rank S ou mais! Somente pessoas do alto escalão das grandes vilas sabem sobre isso!  -exclama o Hatake.

-Eu já fui um anbu de uma dessas nações lembra? O que me classifica como alguém com capacidade para obtê-las. -diz o Uzumaki revirando os olhos. -Além de que eu tenho meus contatos.

-Contatos…? -fala Kakashi no final arregalando os olhos. -Não me diga que você mantém contato com ele?!

-Você está cheio de perguntas, hein Hatake? -zomba Naruto. -Provavelmente a resposta pra essa pergunta também é um sim. Afinal, nós com os mesmos conhecimentos e origens tendemos a cooperar uns com os outros, mesmo que seja não ficando no caminho do outro. -deu os ombros como se não fosse nada importante.

-Então você vai nos treinar… Pelo bem de Konoha e o nosso? -pergunta Ino, chocada e curiosa.

-Eu… -Naruto nem teve chance de responder.

-Isso quer dizer que… Você não odeia mais a vila? -questiona o Hatake seguindo a linha de pensamento que a outra levantou.

-Você fala como se fosse possível. -responde Naruto. -É claro que… -deixou um suspense no ar. -Eu odeio aquele lugar com toda a minha força. Se dependesse de mim eu nunca mais teria colocado meus pés lá, mas como bem sabemos a vida shinobi não nos permite priorizar e seguir nossas próprias vontades. -fala acido, com os olhos brilhando de rancor. -Acabamos por aqui. Se preparem pois logo devem ir dormir. amanhã sairemos ao amanhecer. -avisa se levantando e se afastando dos outros indo mais pra dentro da floresta. Só então todos repararam que já havia anoitecido.

 

Continua…

Proximo capitulo: Jinchuurikis e caminhos.


Notas Finais


O que acharam? O que imaginam que vá ocorrer a partir de agora? Opiniões e ideias são sempre bem vindos.
Bem gente, pelos motivos que citei lá em cima eu não sei se postarei antes de 6 de novembro, posso tentar mais não prometo nada. Obrigada pela atenção de vocês.
Com carinho, Arianny-chan.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...