História Passionate Hero The Villain - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Guerra, Heróis, Luta, Matar, Nada Mais, Salvar, Vila
Exibições 8
Palavras 1.958
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Provas acabaram amores,boa leitura!

Capítulo 17 - Good Times With You


Fanfic / Fanfiction Passionate Hero The Villain - Capítulo 17 - Good Times With You

Que raiva...tava escrevendo e perdi tudo AAAAAAA QUE RAIVA VEIO!MAS TUDO BEM,VOU ESCREVER NOVAMENTE!!!!

Camufled On

Eita,acordei... PERA!COMO ASSIM EU ACORDEI?Bem,eu acordei no colo do Acidick num campo

-Hahahah você acordou!-Acidick

-Eu não lembro de nada do que aconteceu -Digo

-Na verdade você adormeceu, parecia cansada -Acidick riu

-Ah,bem isso...tive um sonho estranho que eu tava tendo ilusões e você disse pra eu lutar com Violeta e começou a falar frases belas -Digo mechendo minha cabeça

-Eita!Num aconteceu isso naum,fica tranquila! Hahahah -Ele deu uma risada

Era incrível? Era incrível de que?Era incrível... ver o sorriso dele mesmo nos momentos difíceis... eu estava com cara de boba

-Vai adormecer novamente?Faz isso não, são 21:00 e 00:00 vai ter a chuva de meteoros,vamos ver?-Acidick me balança

-Sim,okay...não precisa me balançar, eu estava pensando...-Digo

-...Iiiiiiih,escapuliu...seu falar nada,mas OKAAAAAAAY...-Ele segura minha mão e olha pro céu

-Que?-Camufled

-Vamos para um templo?-Acidick

-Hahahahahhahahahhahahahahahhahahahah,que...melhor conto de fadas hahahahah -Cai no chão de tanto rir

-Eiii,não me zoa...dizem que tem um templo mais pra frente quem entrou lá nunca voltou -Acidick

Faço cara de preocupada

-Ahh,não fica assim...somos a dupla indestrutível!-Ele tenta me animar

-Okay,a gente vai!-Digo

Autora On

Eles começam a andar para a direção Norte e depois vira ao Oeste e acha um deserto

-Ei,eu não sabia que desertos a noite são tão frios a noite ;--; -Camufled

-Eu também, masss,vamos continuar andando,vai que achamos alguma coisa?-Acidick

-Okay...se acharmos o pan...templo vamos fazer o que?-Camufled

-Entrar,com as pernas?-Acidick

-Hahahah,para de ser bobo -Camufled empurra ele

Só que ele desequilibra e cai do penhasco e sai rolando até bater a cabeça numa estátua

-O que significa isso?-Acidick olha pra estátua

-São de pedras...parecem pessoas -Camufled

-Achamos o templo...vem Camufled,vamos explorar juntos -Acidick entra

-Vish,me espera!-Camufled corre até dele

-Ta muito escuro,não consigo enxergar nada!-Acidick

-Eu tenho uma tocha -Camufled

-Quem trás tocha pra um encontro?-Disse Acidick mexendo na bolsa da Camufled

-Nunca se sabe...-Camufled

-O que você mais trouxe ai?-Acidick

-Espada,flechas,arcos...panela...-Camufled

-Panela?Vai cozinhar batata?-Acidick riu

-Pra dar panelada na cara,Oxê...acha que eu não Manjo no reino?(Referência,poucos vão entender)-Camufled

-Haha,gostei,gostei -Acidick pega uma espada

-Eu sou boa no arco!-Camufled

-Vamos continuar a andar agora -Acidick

Eles começaram a andar até que chegou uma porta e veio uma pedra atrás dele

-CORREEEEEEEEEE!-Camufled

Eles correram até chegaram em outra passagem

-Ah...esse templo é louco?-Acidick

-Olha...tem um papel aqui -Camufled

-Deixa eu ler!-Acidick-Eita,ta árabe "hadhih alttamathil min alnnas qalilanaan wallati tahawwalat alhijara ... wahadha almaebad kan manzil muhafiz almisri alssighar alladhin alan la naerif 'ayn hu 1978/03/25"

-Você acha que eu,simplesmente,falo árabe?-Camufled

-"Essas estatuas são de pequenas pessoas que viraram pedras...Este templo era a casa de um pequeno governador egípcio que agora não sabemos onde ele está 25/03/1978"

-Eita,os maluco viraram pedra -Camufled

-Temos que tomar cuidado...esse templo foi criado 1978,que antigo!-Acidick

-Siim!-Camufled

Eles começam a andar até que Camufled recebe uma flechada no braço

-Aiiii -Camufled olha pro lado e vê um ogro bem forte

-Vamos atacar!-Acidick

Só que eles olham pra trás e vêem mais 3 ogros

-4 ogros?-Acidick

-Vai ser moleza -Camufled

Desculpas...mas imaginem ai uma cena bem bacana deles lutando juntos por causa que eu não sei escrever ;---; Poxa...'-' Mas imaginem ai tipo:Um correndo e indo atrás do ogro e fura o buchinho dele,sei lá, mas imaginem ai o tempo que for preciso

Voltando...

-Ah,acabamos com todos,foi meio fácil -Acidick

-Meu braço, doiiiiiiii -Camufled olha pra grande flecha que estava nele

Acidick tirou com cuidado e ela gritou

-QUE DOOOOOOOR!-Camufled

-Mas pelo menos não vai ficar infectado com veneno -Acidick

Eles começam a andar até que uma força espiritual lança Acidick pra parede que atravessa o templo e cai desmaiado

-QUEM ESTÁ AI?-Camufled grita

-Eu não sair deste templo até o antigo governador voltar... eu que escrevi a carta!-Uma mulher

-Se luga,ele não vai voltar...-Camufled

-Não ousa a falar assim do meu tio -A mulher

Vamos chamar a mulher de Egípcia... a Egípcia socou a Camufled. Camufled deu um pulo que quando caiu no chão estremeceu tido templo; Egípcia da um chute na Camufled que ela cai numa pedra afiada e corta a perna...ela se levanta mas cai

"Você gosta do chão?"

-Não, não gosto do chão -Ela sussurra bem baixo

Ela tenta se levantar e não consegue,ela sai mancando...mas ela cai no chão; Egípcia pega uma pequena espada e vai atacar ela com toda a força... mas Camufled rola e tenta se levantar novamente mas é jogada pra parede

-E-E-Eu não gos-gosto do chão -Camufled estava perdendo as falas..

-Onde é que eu estou?-Acidick acorda e vê aquela cena da Camufled quase morrendo e vai atacar a Egípcia

Ele pega uma lança e enfia na perna da Egípcia

-AAAAAAAAAIIIIIIII!-Egípcia

-VOCÊ... MACHUCOU ELA??????POR QUEEEEEEE?-Acidick balança a egípcia cada vez mais forte e joga ela no chão... Acidick pega uma espada e da um fim nela..ela virou uma simples pedra

Acidick foi correndo até a Camufled...ele pegou ela e ela estava frágil

-E-Eu disse...q-que não i..ia ser uma boa ideia -Disse Camufled rindo

-Pois é, eu errei ._. -Acidick

Camufled continuava a rir

- '-' Que aconteceu?-Acidick

-Eu fiquei olhando você dormindo e eu pensei "Pqp,vou morrer aqui e ele não me ajuda" -Camufled

-Hahahah...Eu tava querendo dormir -Acidick

-Como que uma pessoa vai batalhar e quer dormir?-Camufled

-Sei lá..-Acidick pegou o celular e era 23:57 -MEU DEUS,TEMOS QUE CORRER A CHUVA DE METEOROS!

Acidick começa a correr deixando Camufled para trás

-EU NÃO CONSIGO CORRER!-Camufled gritou sentada no chão

Acidick voltou,pegou ela no colo e saiu correndo...quando eles chegaram faltavam 3 segundos para a chuva começar...eles se sentaram e ficaram vendo

-Woooow,que legal!Nunca vi una coisa como essas <3 -Camufled

-Pois é -Acidick

Acidick estava prevendo uma coisa então pegou Camufled e saiu correndo...olhou pra trás e viu o templo desmoronando

-Ah,que dor ;----; -Camufled

-Vamos embora,passei muito tempo com você nesse dia -Acidick

-Como assim?A gente só se aventurou ;--; -Camufled

-E não está bom não?-Acidick

-Vamos acampar aqui?-Camufled

- Que?Mas...okay,vou lá na minha base e já volto!-Acidick -Você fica aqui?

-Sim -Camufled

-Certeza?-Acidick

-Siim,pode ir...-Camufled

Acidick começou a correr bem rápido, claro que ele não tem esse tipo de poderes ...mas queria muito correr,ele chegou na base e abriu a porta

-Acidick,onde você estava?-Véu

-Eu vou dormir na casa dos meus pais -Acidick

-Por que esta tão machucado?-Véu

-Eu tive um obstaculo no caminho -Acidick

Acidick estava procurando remédios e band-aids,cobertos e travesseiros..

-Seus pais já tem isso neh?-Véu

-Mas eu quero levar -Acidick

-Você esta muito estranho esses dias -Eloy

-Desculpas,mas tenho que ir,tchau -Acidick

-¿???¿-Eloy

Acidick começou a correr...com a bolsa nas costas e uma sacola com 2 cobertos e travesseiros

-Chegou?-Camufled

-Pensei que você ia fugir -Acidick

-Quer dizer que não confia em mim?-Camufled

-Tudo o que acontece na minha vida acontece depois...então você seria sequestrada ou sei lá -Acidick

-Não sei se isso é verdade -Camufled

Acidick colocou os cobertos no chão e os travesseiros,já que a noite estava quente eles usaram só cobertos como forro para se deitarem...

Camufled foi a primeira a se deitar

-Aiiii,que raiva daquela Egípcia... ela me machucou todinha... não consigo nem andar -Camufled

-Eu vou fazer alguns curativos em você -Acidick

Acidick pegou os band-ainds e enrolou um pano na perna de Camufled e no braço (Que havia quebrado)

-AIIIIIIIIIIII -Camufled gritou

-Calma...meu deus!Vai espantar os animais -Acidick

-QUE ESPANTE -Camufled

- Poxa '-' calminha -Acidick

Ele fez curativos no rosto e no corpo inteiro

-Que raiva dela,ainda bem que ela virou pedra -Camufled

-Eitaaa -Acidick

Então ele acabou com os curativos e fez uma fogueira e preparou miojo

-Como assim você trouxe miojo?-Camufled

-Ei tinha certeza que você esta com fome,pois eu também estou...eu trouxe 2 pra comermos juntos -Acidick

-Ownt que fofo -Camufled

Ele preparou e ele deu pra ela comer...depois ele preparou o dele e comeu e se deitou

-E agora,vamos dormir?-Camufled

-Não, vou te contar uma historia -Acidick

-De terror?Vai,diz que sim,por favor !-Camufled

-"Sim,sim,ta" -Acidick

"Era um vez...um espantalho,que não tinha amigos;Trabalhava em um campo de trigo. Não era um trabalho difícil,mas,muito solitário. Sem ninguém com quem conversar,seus dias e suas noites eram eternas

Tudo que podia fazer era...olhas os pássaros; Cada vez que passava,ele os cumprimentava. Mas eles nunca respondiam,era como se estivessem com medo

Um dia,o espantalho fez algo que era proibido. Ele ofereceu algumas sementes,mas mesmo assim... eles não queriam saber dele;O espantalho se perguntava Por que ninguém queria ser seu amigo

Assim passou o tempo...Até que em uma noite fria...Caiu aos seus pés um corvo,cego;O corvo estava tremendo e faminto:O espantalho decidiu cuidar dele

Depois de vários dias,o coevo cego melhorou...entes de se despedir,o espantalho perguntou -Por que os pássaros nunca quiseram ser amigos dos espantalhos- E o corvo explicou -Que o trabalho dos espantalhos era assustar os pobres pássaros que só queriam comer,eram seres malvados e desprezíveis! UNS MONTROS!- Ofendido,o espantalho lhe explicou que -Ele não era mau apesar de ser um espantalho!- Mas o corvo foi embora,mais uma vez,o espantalho ficou sem amigos!

Nessa mesma noite ele decidiu mudar sua vida: Acordou o seu dono e lhe disse -Que queria outro trabalho,que já não queria mais assustar os pássaros- Aterrorizado seu dono,acordou com um grito,todos os vizinhos e lhes contou que seu espantalho tinha ganhado vida e que isso só podia ser obra do Diabo!

O pobre espantalho ficou no campo olhando a lua...Quando viu atrás dele,os vizinhos com armas,tochas e outros utensílios de caça

O espantalho saiu correndo pra um moinho perto dali e ficou trançado lá dentro,um moinho simples feito de madeira;Os vizinhos colocaram fogo,com suas tochas,no moinho

Perto do moinho...Estava o corvo cego,seus companheiros lhe explicaram -Que os vizinhos da aldeia estava queimando um moinho onde um espantalho tentava se esconder com um lenço muito longo- O corvo cedo,então lhes explicou que -Este era um espantalho bom,que ele havia salvado sua vida!- Emocionados com a história, os corvos quiseram salvar o espantalho

Mas era tarde demais...e já não podiam fazer nada!

O espantalho morreu queimado,os corvos esperaram até amanhecer e quando não havia chamas... eles se aproximaram dos restos do moinho,colheram as cinzas do espantalho e voaram alto,muito alto!E do ponto mais alto espalharam as cinzas pelo ar! O vento levou as cinzas por toda a região

As cinzas voaram junto com todos os pássaros... e desta maneira,o espantalho nunca ficou sozinho novamente,porque suas cinzas,agora...voavam com seus novos amigos!

E em memoria da trágica morte do espantalho;O corvo cego,e todos o seus companheiros decidiram vestir-se em luto!E por isso,desde então... Em memoria do espantalho,todos os corvos são:

Negros"

-Essa historia é triste,Poxa...por isso que os corvos são negros?-Camufled

-Eu acho que sim -Acidick -Dizem por ai

-Quando eu vê um corvo agora eu vou pensar nisso.. que o queridinho espantalho salvou a vida do espantalho cego -Camufled

-Ele esta voando aqui,em nossas cabeças -Acidick -Olha lá, um corvo!

-Eita '-'-Camufled

Eles dormiram,uma boa noite de sono e acordaram 10:26

-Vamos,vou preparar Toddy e vamos no hospital -Acidick

-Okay -Camufled

Acidick preparou e deu pra ela beber...e depois fez o dele e bebeu...depois ele pegou ela no colo e foi direto pro hospital,com cuidado para não cair

Chegando lá

-Ela vai ficar 4 semanas na UTI okay?-Medico

-Mas foi tão grave?-Acidick

-Ela recebeu uma flecha com envenenamento, claro que foi neh?-Medico

-Okay,mas que horas são as horas da visita?-Acidick

-Todo dia as 16:00 -Medico

-Posso falar com ela?-Acidick

-Pode -Medico

-Camu...eu vou te visitar Segunda,Quarta e Sexta...o resto da semana diga pra Tigresa e Elizabeth lhe visitar -Acidick deu um selinho nela

-Okay,tchau -Camufled

Ele voltou pra base

-Como foi na casa dos seus pais?-Véu

-Bem legal -Acidick

-Se divertiu muito?-Eloy

-Sim,foi bem divertido -Acidick

-Pois bem,temos que colocar as coisas em ordem...amanha é sábado e vamos ter que bolar algum plano -Eloy

-Nahkinahxi -Zoe

-Aiiiii que fofa- Acidick pegou ela e começou a brincar

 -Outra dia de fulia hahah -Eloy


Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...