História Past (Jikook) - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Sr_bunnyjjk

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, Jikook, Jimin, Jungkook, Jungkook!uke, Namjin, Taegi, Yoongi, Yoonkook
Visualizações 324
Palavras 5.165
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Três


 -Appa oque foi ?- minah nos olhou e fez uma carinha triste - eu fiz algo de errado ?

-Não filha - passei a mão em seus cabelos pretos e lisos na intenção de faze-la relaxar- é sobre o Jimin -olhei para Jimin que instataneamente olhou pra mim e Yoongi enquanto minah se encontrava confusa.

-V-vocês vão contar?- Jimin perguntou.

-Sim- respondi e voltei a olhar para Minah- resolvemos que não tem mais o porque esconder isso dela -o olhei novamente e ele parecia assustado, mais continuei mesmo assim- Então filha, lembra do vovô Junghee?

-Sim, o vovô nunca mais veio me visita- fez biquinho novamente - O vovô e pai do Jimin, e infelizmente filha ele faleceu a alguns dias- falei e os olhos dela se encheram de lágrimas.

Fiquei com muita pena , até pensei em não contar mais nada a ela ,minah era muito pequena ainda mais já era muito esperta , não sei como seria sua reação ao descobrir que o cara que ela achou ser seu pai , na verdade não era seu pai de sangue, não que eu ache que minah irá ter uma reação ruim ,ela é muito doce e carinhosa , mais não sabemos como ela irá agir , se irá aceitar bem ou se não irá querer aceitar, tenho medo de fazer minha pequena sofrer.

Yoongi e Jimin me olhavam confusos por eu ter ficado muito tempo em silêncio e percebi que minah já estava ficando inquieta, então resolvi soltar logo a bomba.

- Meu anjo - peguei as mãozinhas pequenas de minah e disse- Você tem três Appas- vi ela ainda muito confusa com oque eu acabo de dizer e continuo a dizer- eu o Yoongi e o tio Jimin- ela me olhou com os olhos arregalados e logo olhando para meu marido em uma pergunta muda de que se aquilo era realmente verdade - eu e Jimin somos seus Appas de sangue minah, e Yoongi é o seu Appa que te criou.

-Então eu tenho três Appas?-assenti- então o Yooniie não é nada meu?-os olhos de Yoongi se encheram de lágrimas, era nítido que ele estava com medo dela o abandonar.

-Sim - Jimin disse e eu o odiei ali mesmo.

-Não, não é assim... Minah, quem foi que te ensinou a andar? Quem te ensinou a escrever? Quem é que sempre faz as suas vontades?- olhei para o Jimin e depois para minah que ja se encontrava com lagrimas escorrendo - foi ele que fez tudo por nós então ele é seu Appa sim! - passei a mão seu rostinho e falei- Filha, não seja egoísta, se lembra que o Appa te contou como você nasceu?- a vi assentindo com a cabecinha baixa , e Jimin bufou

-Nos perdoe por nunca ter te contado , mas…- fui interrompido por minah levantando do sofá e correndo pra fora da sala .

A primeira reação que eu tive foi olhar pro Yoongi que correu atrás dela e eu fui logo em seguida. Minah estava sentada em uma poltrona na recepção, que fica em frente à minha sala , iria me aproximar para falar com ela mais o Yoongi me impediu.

- Amor , deixa que eu converso com ela - me olhou e eu neguei com a cabeça - Jungkook por favor, me deixe conversar com ela sozinho, vai conversar com o Jimin acho que ele deve estar mal pela reação que minah teve - ele falou disse, era fácil notar sua tristeza em sua voz , mais ele e minah sempre se entendiam, acho que isso irá fazer bem a minah e ao Yoongi.

- tudo bem amor , eu vou - deixei um selinho em seus lábios e voltei para minha sala .

Entrei na sala e vi Jimin encarando um ponto fixo na sala e reparei que estava com lagrimas escorrendo em seus olhos , fui andando até ele e me sentei ao seu lado.

Eu queria muito o abraçar e dizer que tudo ficaria bem, acariciar seus cabelos -agora castanhos claros- e consola-lo, mais eu não posso fazer isso, seria muito perigoso para meu alto-controle.

Meus pensamentos foram cortados quando ele me olhou e falou .

- Ela não gostou da notícia, Ela deve me odiar agora.- olhei e vi seu choro recomeçar novamente.

-minnie …- parei ao notar que o chamei pelo apelido, ele me olhou meio surpreso e logo me corrigi- Quer dizer, Jimin , ela é uma criança, dê um tempo a ela-falei o olhando e ele desviou o olhar novamente olhando para um ponto qualquer da sala .

- Eu estraguei tudo não foi Guk - o olhei confuso e ele voltou a me olhar- Quando eu fui embora , quando me envolvi com a jisoo…- o interrompi

-Jimin por favor , para - levantei indo arrumar a bagunça que deixamos na mesinha de centro da minha sala- não vamos tocar nesse assunto, não faça isso comigo…-voltei a olha-lo- não faça isso com você Jimin.

Ele me olhava triste e decepcionado, tentei não me abalar com suas palavras, Mais eu estava confuso, Se Jimin realmente me ama como me disse no dia em que nos reencontramos porque ele me abandonou ? Porque ele me traiu com jisoo e depois sumiu , não me deu nem ao menos explicações , ele simplesmente me abandonou, e agora que estava tudo se resolvendo em minha vida, ele aparece e junto com ele o sentimento que eu tentei fingir que já não existia mais.

-Por que o Yoongi? Por que justo ele? - Ele me pergunta derrepente , parecendo ter esquecido oque eu havia lhe pedido á minutos atrás. O olhei respirando fundo para não me descontrole e dizer oque não devia .

-Porque ele sempre esteve do meu lado, Jimin. Era o Yoongi que tentava me animar, era ele que me ajudou na gravidez... se ele não tivesse entrado na minha sala, no dia em que ganhei a Minah, eu e ela estaríamos mortos agora- ele abaixou a cabeça E eu voltei a falar - ele que cuidou de mim desde que você assumiu o namoro com a Jisoo. - Eu eu estava querendo chorar, mais me segurei, não podia o deixar me ver chorar por ele , não podia deixar ele saber que ainda sinto sua falta , que esse assunto ainda me abala muito.

-Então é gratidão, você não gosta dele, você não o ama como me ama...Guk vamos esquecer tu...- o cortei

-Não tem como eu esquecer oque me machucou durante muito tempo Jimin, aliás ainda machuca -ele me olhou surpreso pela revelação e pela minha atitude de me aproximar dele falando um pouco mais alto que antes- não tem como esquecer oque quase me fez acabar com a minha vida e com de um bebê inocente, - Jimin já estava com os olhos arregalados ,respirei fundo tentando me acalmar para voltar a falar com o tom mais baixo- o Yoongi me resgatou do fundo do poço e me mostrou como é ser amado de verdade, sem mentiras e traições, um amor puro que ele guardou durante anos- sorri sem graça , vi que ele ia abrir a boca para dizer algo mais o interrompi - e não, não venha me dizer que é gratidão,eu não amo Yoongi como amo você, mas a cada dia ele me conquista mais e mais -Sorri pequeno ao lembrar de um certo momento em que eu e o Yoongi tivemos- eu estou disposto a o amar... Como também estou disposto a te esquecer, ele é merecedor do meu amor, Yoongi é uma pessoa muito especial, as vezes até penso que eu não sou merecedor do amor que ele me dá, eu me odeio do fundo do coração por não o amar, mas eu gosto dele, eu amo o fazer sorrir e amo o sorriso dele, amo dormir ao lado dele e acordar do lado dele- sorri tímido.

-Guk...- o cortei

-Agora vamos arrumar isso daqui, tenho que ver como a Minah está e leva-la pra casa, estou muito cansado e aposto que você também, e sem contar que o Yoongi teve várias reuniões hoje, então ele deve estar exausto.- falei pegando as caixas de pizza ,copos e as garrafas de refrigerante e saindo da sala, quando sai não vi bem Yoongi e nem minah estranhei, talvez ele tenha a levado pra casa , fui até a área de limpeza e joguei tudo no lixo e o fechei, voltei pra sala e vi o yoongi e a minah e Jimin.

Notei que minah estava no colo do Jimin toda envergonhada, e Jimin sorria , aquele sorriso dele era de tirar o fôlego, fiquei observando a cena até que que Yoongi se aproximou de mim e passou os braços em minha cintura, fiquei o encarando sorrindo .

- Parece que a conversa deu certo - voltei a observar os dois os vendo conversando animados- Oque você disse pra ela ?- ele beijou minha bochecha sorrindo .

-Nada demais amor - disse e eu o olhei desconfiado, iria insistir para que ele me falasse mais fui interrompido pelo Jimin.

-Me da a chave do seu carro, vou colocar as coisas dela que está em meu carro lá - pediu

-Vou te dar a do Yoongi, vamos no carro dele-peguei a chave no bolso da calça do yoongi - aqui, é o único carro preto do estacionamento, na verdade só deve ter três já que somos os únicos aqui.

-Ok...- falou e saiu da sala junto de minah.

Olhei para o branquelo que estava com um sorriso maior no rosto.

-Oque foi amor?- falei o encarando meio confuso.

-Eu quero um beijo- fez um bico e eu ri, cheguei mais perto e o beijei.

Era um simples selar, mas ele aprofundou o beijo, enfiou seus dedos no meu cabelo e o puxou pra trás me fazendo arfar, desceu o beijo até meu maxilar e depois foi até meu pescoço.

-Yooniie - gemi baixo quando ele chupou a pele do meu pescoço.

-Então você ama me fazer sorrir?- arregalei os olhos "ele estava ouvindo?"

- Y-Yoongi, o que você escutou?

- Tudo...- sorriu- eu sei que você não me ama do jeito que o ama, mas já parou pra pensar que estamos chegando lá?- o encarei confuso- você disse que ama me fazer sorrir e me ver sorrindo, ama dormir ao meu lado e acordar comigo...- seu sorriso aumentou se é que isso era possivel- você disse "amo" e não "gosto", e você nem percebeu que tinha falado, você sempre diz "gosto".- sorrimos

-Então acho que estou no caminho certo para a felicidade- o beijei novamente , pensando se realmente era a hora de conversarmos sobre isso- amor eu queria te falar uma coisa, eu estava pensando e eu quero um filho com...- fui cortado quando Jimin me chamou.

-Jungkook, já coloquei as coisas no carro, pode ir que eu termino de arrumar as coisas- falou

- Não, tudo bem, Yooniie, você pode ir ficar de olho na Minah, eu já vou descer.

-Claro, em casa você me fala o que era, se for o que eu estou pensando será mais do que um "sim" - sorriu e me beijou- tchau Jimin- andou até a porta e saiu.

-O que é isso no seu pescoço?- Jimin perguntou

-o que ?- fui olhar no espelho e vi que o chupão do yoongi tinha ficado muito roxo- não é nada - respondi passando um pano na mesa, não queria dar satisfação a ele .

-É um chupão? - ele ficou me encarando e supirei .

-Sim é - respondi grosso e curto , não queria continuar essa conversa, eu estava ficando desconfortável.

-Mas esse chupão não estava aí mais cedo. -Ele continuava me encarando.

-Ele fez agora.. -respondi por fim .

- Guk... eu escutei... escutei ele falando que você deve estar começando a me esquecer- me olhou triste- por favor Guk, não me esqueça... vamos recomeçar, eu sei que errei , mais ainda te amo muito, faço de tudo pra te ter de volta.

Eu novamente estava confuso será que é verdade? Não não era , ele me abandonou, nunca mais voltou pra mim , então ele não me amava como dizia.

- Jimin, eu já recomecei. Recomecei a anos ao lado do Yoongi, e eu não tenho como esquecer aquilo, sabe o quanto eu me senti insuficiente? Eu achei que você me amava, mas você simplesmente me traiu e me abandonou, assumiu o namoro sem ao menos ter terminado comigo antes, noivou com uma mulher que conheceu a alguns meses e me deixou, deixou uma pessoa que estava junto a anos e que se conheciam dês de crianças. Você me machucou, Jimin. Você matou um pedaço de mim e nem ligou para as consequências, você me fez acreditar que me amava e simplesmente me jogou no lixo depois que conheceu alguém melhor... quem me salvou do penhasco é quem merece meu amor e não quem me jogou sem olhar pra trás.- deixei meu rosto ser banhado pelas minhas lágrimas, e seu rosto não estava diferente do meu- sobre amanhã, -falei Em um pedido mudo para mudarmos de assunto- eu vou para o shopping as 10:40, passa lá em casa para deixar a bicicleta da Minah e ir de carro conosco, de tarde Jin vai fazer um churrasco para comemorar o aniversário da Minah e a chegada do filho que ele e o Namjoon adotaram, eles estão com saudades de você, afinal, depois que você foi embora nunca mais ligou pra nenhum de nós, e leva o Tae.. estamos com saudades do magrelo- ri e fui até a porta- tenha uma boa noite Jimin, se sua noiva quiser ir, pode levar, eu não sou de jugar o livro pela capa, mesmo ela parecendo uma puta.

-Não fale assim dela.- falou rude

-Então não fale de meu marido, pois ele é melhor do que você... enfim, boa noite- sai pela porta indo até o elevador e entrando no mesmo.

Cheguei no estacionamento e parei na frente do carro de Yoongi, ele estava no lado do passageiro.

-Vai me deixar dirigir o seu precioso carro?- perguntei debochado

-Eu estou com sono e não estou afim de dirigir, e confio em você- entrei no carro e o beijei.

- Eu quero muito e vou te amar, como nunca amei ninguém na minha vida- ele sorriu e me beijou, era um beijo com sentimentos e que só me fez gostar mais do sabor de sua boca, nos separamos e sorrimos, liguei o carro, olhei pra frente e Jimin estava lá, na frente de seu carro olhando para mim com um olhar de ódio e ao mesmo tempo triste, passei na sua frente sem nem olhar na sua cara, eu estava feliz por ter alguém que me ame, e medo de não conseguir esquecer o Jimin.

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

Agora são exatamente 9:00, e Yoongi e nem Minah quer levantar da maldita cama... já que Yoongi não vai levantar por bem, vai levantar por mau.

-Yoongi, socorro, tem alguém na cozinha.- é apelar demais? Claro que é, mas ele não quer levantar, então vamos apelar- Yoongi!

Em menos de 10 segundos lá estava ele, com um taco de beisebol na cozinha com a cara toda ameaçadora.

-Cadê esse filho da puta, vou matar de tanta porrada- Não aguentei e comecei a rir.

- Não tem ninguém- ele me olhou incrédulo- você não levantava por bem

- Não acredito...- ele estava incrédulo- você...eu não estou crendo que você mentiu.

- Menti sim, vai tomar um banho e se arrumar, vou tentar acordar a Minah que parece que seus costumes passou para ela, ela é igual a você..

- Já viu o lado bom?-perguntou eu murmurei um" não" - ela é bonita igual a mim.

- Chega, vai tomar banho convencido- falei rindo.

- Ah não- fez biquinho -To com sono .

-Se você for tomar banho e se arrumar, de noite podemos brincar, já que a Minah vai ficar na casa do Jin- falei beijando seu maxilar e ele sorriu malicioso.

-Espero que esteja preparado para hoje a noite.

Me beijou e saiu correndo para o banheiro, suspirei e fui para o quarto de Minah, ela não estava dormindo, ela estava se arrumando.

-Eu ouvi você e o Appa, então tomei banho e estou me arrumando- olhei pra ela é olhei pro banheiro, já imaginando a bagunça, fui até ele e ele estava arrumado.

-Não bagunçou o banheiro... você está ficando uma mocinha- sorri e a beijei- então consegue se arrumar sozinha? Ou quer que o Appa ajuda?

-Eu consigo sozinha Appa... o Appa Jiminiie já chegou?- perguntou sorrindo, me surpreendi a vendo chamar o Jimin de appa, olhei para o relógio e vejo que já são 9:58

- Ele já já chega- agora o Appa vai se arrumar- dei um beijo na testa dela e saio do quarto.

Vou para o meu banheiro e vejo Yoongi saindo do mesmo, ele me da um beijo e eu vou para o banheiro... depois de me banhar, começo a me arrumar, quando terminei vou até a sala encontrando Jimin abraçado a Minah.

-Oi Jungkook- Ele me olha, parece um pouco triste- a bicicleta tá na garagem, e a Jisoo vai nos encontrar na casa do Jin- falou sorrindo forçado colocando Minah no chão.

-Ah...ok, filha você vai dormir na casa do tio Jin hoje- ela me olha triste

-Eu não quero! Eu quero brincar com você e com o Appa Yooniie- arregalo os olhos

- Como assim Minah?- Jimin pergunta confuso.

-Eu acordei com o Appa Kookiie gritando, aí quando eu vim ver o que era, era o Appa Kookiie e o Appa Yooniie falando de brincar de noite.- fez bico e eu arregalei mais ainda os olhos- o Appa Kookiie falou assim " de noite podemos brincar, já que a Minah vai ficar na casa do Jin"- Eu estava vermelho de vergonha, derrepente eu escuto a risada do Yoongi, o olho e ele começa a rir mais.

-Aí, minha barriga! -dou um tapa nele e olho para Minah e sem querer acabo olhando para Jimin, e bom... não foi uma boa escolha, ele me olhava vermelho de raiva, e ate um pouco de tristeza, engoli em seco e mudei de assunto

-B-bom Minah, o tio Jin adotou um filho da sua idade, ele queria que você o ajudasse a se acustuma com a casa nova, ele é muito fofinho e vocês podem ser amigos- ela fez um bico maior- mas amanhã de noite podemos assistir um filme eu, você e o Appa Yooniie, que tal?- ela sorriu.

-Tá bom, vou colocar uma roupa na mochila.- ela subiu correndo para o quarto, eu olho para Yoongi que ainda estava rindo.

- Do que você está rindo ?- perguntei

-Quando ela perguntou você arregalou os olhos... pensei que iriam cair- parou de rir- me desculpa, vem cá- me puxou e me beijou- vou arrumar as coisas para levar todos ao shopping- me deu um selar e saiu para a garagem, me deixando sozinho com o capeta em pessoa.

-Voces vao transar?- perguntou, sua voz não tinha um tom nada agradável.

-Vamos, nós somos casados nao vejo problema nisso - lembrei que a última vez foi quando o Jimin apareceu.- e não te dês respeito o que eu faço ou não faço, vai me dizer que não transa com a sua mulher?- ele abaixa a cabeça- foi o que eu pensei...Minah! Vamos logo o seu Appa já arrumou tudo!

-Guk...-foi cortado

-Não o chame assim, não é só porque é pai da filha dele que vai ter o direito de chama-lo assim- era o Yoongi

-Você é marido e não dono, eu o chamo como quiser- falou Jimin no mesmo tom.

-Verdade, não sou dono dele... mas sou marido, então pare de chama-lo assim, que eu saiba ele não te deu nenhuma intimidade para chama-lo assim, não mais .

-E se eu não quiser?- Yoongi ficou vermelho de raiva

-Então vou quebrar os seus dentes, aí não vai ter como chama-lo assim.

-Tenta !- vi Yoongi indo para cima e eu entrei no meio

-Nada disso! - entrei no meio dos dois e disse com voz firme- Vocês parecem duas crianças- olhei pro Jimin- O Yoongi está certo, não me chame mais assim, não é porque temos uma filha juntos que vou deixar você me chamar do jeito que você quiser- olhei pro Yoongi- e você, não de ouvidos para provocações desse idiota, ok? Não quero mais saber de brigas entre vocês dois! Estão me ouvindo ? - os dois murmuraram um "sim" - Ótimo!

-Ok, vou ir buscar a Minah- disse Yoongi, me deu um beijo e subiu.

-Você- apontei pro iminente- Vamos pro carro .

Peguei o meu casaco que estava no sofá e sai da casa indo para a garagem seguido de Jimin, entramos no carro e não demorou e Yoongi estava chegando com Minah no colo, o caminho foi silencioso, Minah ja estava dormindo .

Ao chegar no local acordamos Minah e entramos no shopping, Minah e Yoongi correram para comprar sorvete e eu e Jimin fomos até a loja de brinquedos que era bem na frente da onde eles estavam.

-Não vai esperar a Minah para comprar os brinquedos dela?-Jimin me perguntou.

-Ah, quando ela e o Yoongi chegar ela escolhe os brinquedos, o que eu vou comprar agora é para o filho do Jin...

-Por que o Jin adotou e não engravidou?- perguntou

-O Namjoon não pode ter filhos, ele é estéril.- respondi simples

-Ah....-ele olhou para a prateleira que eu estava olhando- o que você vai comprar?

-Eu não sei, eu estou acostumado a comprar coisas para menina, não faço ideia do que comprar para um menino.- respondi rindo .

O clima entre agente estava bom , nem parecia que havíamos tido uma pequena discussão em minha casa a uns minutos atrás.

-Bom, lembra do Kai?- murmúrio um" lembro"- eu comprava pra ele bonecos, carrinhos, roupas ou doces.

-Roupas fora de cogitação, o Jin e o Nam compraram um closet cheio de roupas que o menino nem vai usar direito, doces nem vou comprar pois o Jin tem uma dispensa só para doces...- o olhei e ele riu- Você sabe como o Jin é- ri Junto- acho que vou comprar um carrinho e um boneco...- eu ia pegar o carrinho quando o Jimin tirou o boneco da minha mão- o que foi?- perguntei

-Olha ali. -ele apontou para um canto da loja, e segui o seu dedo e vi um Xbox One- ele é um garoto, e garotos gostam desses tipos de coisas.

-Verdade, vou comprar ele e alguns jogos- peguei a caixa do vídeo game

-Deixa que os jogos eu compro- o olhei- aí dividimos o presente, eu também não sei o que comprar, poxa- fez bico e eu quis morder... pera oque eu disse ? não Jungkook, para de pensar essas porras.

- E-e pode ser … cadê o Yoongi?- perguntei olhando em volta tentando disfarçar minha vergonha.

-Aqui- vi dois bracinhos brancos em volta de um urso enorme de pelúcia e do lado uma menina pequenininha com 4 caixas de brinquedos.

-Vocês querem me falir?- perguntei- se quiserem estão no caminho certo- Jimin riu.

- Mas eu quero Appa! - Minah falou com um bico

-Sério?- ela assentiu e Yoongi colocou a cabeça no pescoço do urso

-Deixa ela Kookiie, ontem foi aniversário dela.-Yoongi falou

-Ok- Jimin estava rindo igual a uma hiena- Jimin, não sei porque você está rindo, o urso vai no banco de trás e os brinquedos não vai caber no porta-mala, isso significa que ou você vai na roda ou no porta-mala.... pelo seu tamanho iria caber certinho no porta mala e ainda iria sobrar espaço.- a risada de Jimin parou e a do Yoongi começou junto com a Minah.

-Sem graça- bufou e foi pegar os jogos.

-Vamos logo pagar isso, o Jin já está nos esperando.

Fomos até o caixa pagar tudo, o Jimin pagou os jogos e o urso grande de minah, saímos da loja, andamos um pouco até o estacionamento e entramos no carro, demorou mais ou menos uma hora até chegar na casa do Jin, a casa era fofa, não exagerada igual a do Jimin, era quase igual a minha só que a do Jin era rosa bebe com detalhes azuis, tinha um jardim lindo cheio de flores. Saímos do carro e fomos até a porta, tocamos a campainha e a porta foi aberta por Jin, que ao ver a Minah a pegou no colo a enchendo de beijos.

-Pequena, que saudades- deu um beijo na testa e a menina riu- seu presente está no meu quarto- disse quando colocou minah no chão, Minah ameaçou a subir e Jin a parou- mas só vai ver depois que o Nam chegar com o Chang.

-tabom, Tio Jiniie, sabia que eu tenho outro Appa?- Jin me olhou surpreso

-Você contou?- o mesmo me perguntou e eu assenti

-Todos sabiam?- Jimin me perguntou

Parece que Jin notou a presença dele só quando ele se pronunciou, e arregalou os olhos.

-Sim- respondi dando de ombros- você só não soube porque estava ocupado demais me traindo- o clima ficou tenso, ele abaixou a cabeça, a campainha tocou e Jin me pediu para abrir, quando abri vi uma moça bonita e logo reconheci, era Kim Jisoo

-JIMIN! -Gritei e ele respondeu com um" Fala Guk" - NÃO ME CHAMA ASSIM PORRA! SUA NOIVA CHEGOU- ele não me respondeu mais- entra -dei espaço para que ela entrasse- eu sou...- ela me cortou

-Eu sei quem você é Jeon! - falou

-É "Min" caramba!- controlei a minha voz para não ser rude mas não adiantou- eu sou casado e não uso mais o sobrenome Jeon, eu uso o do meu marido Min Yoongi- dessa vez não controlei a minha voz- e eu estou querendo ser educado, eu iria me apresentar direito, mas a sua arrogância não deixou- bufei- estou apenas querendo evitar brigas, ja que apartir de agora teremos que nos suportamos. - escuto Yoongi gritando e derrepente jisoo brigando com minah.

-Pirralha! - eu a olhei com ódio- olha o que você fez! - Minah tinha esbarrou na Jisoo com uma potinho de sorvete e acabou que sujou o vestido dela- esse vestido é novo! Pirralha desgra...- a cortei

-Termina de falar e irá engolir seus dentes- ela arregalou os olhos- olha como você fala com a minha filha, ela é só uma criança e estava brincando, ela não te viu.

-D-desculpa moça.- Minah pediu baixinho

-Então essa é a bastarda?- riu

-Bastarda aqui é você... demônio.- falei

-Não a chame assim Jeon! - escutei Jimin atrás de mim.

-É "Min" porra! - quase gritei- você ouviu do que sua noiva chamou minha filha?- perguntei e ele negou.- ela a chamou de pirralha desgraçada e bastarda.

- Mentira Jiminiie, e nunca chamaria ninguém assim, eu adoro crianças você sabe- fez cara de inocente e eu fiquei com vontade quebrar ela.

- Eu sei amor- deu um beijo nela e a mesma olhou pra mim e riu.

-Ah, acredite no que quiser, mas a minha filha não pisa na sua casa ou fica sozinha com essa cobra, eu não sei do que ela é capaz com a minha pequena.- falei pegando a Minah no colo e indo para o quintal.

-Claro que ela vai lá em casa, ela é minha filha também! - Jimin falou e eu o olhei e ri.

-Minah, você quer ir na casa do Appa Jimin e da jisoo ? -perguntei e vi seus olhos se encherem de lágrimas.

-N-não, eu quero o Appa Yooniie- falou chorando e me abraçou, vi Jimin ollha-la triste.

-Se ela não quer você não vai a obrigar, o Yoongi é melhor do que você em vários aspectos- ri e vi seu rosto ficar vermelho de raiva- vamos la com o Appa Yooniie, ele falou que quer um abraço da princesa dele- coloquei a menina no chão e ela correu até o Min- Não corre Minah! - gritei e a escutei rir junto a Yoongi.

-Jungkook...- escutei Jimin me chamar mas virei as costas e sai da sala Indo para o quintal.

Depois de meia hora Namjoon chegou com um menino do tamanho da Minah de cabelos pretos e curtos.

-Eu queria apresentar o meu filho, o nome dele é Kim Chang, e ele tem 4 anos- Jin falou sorrindo igual ao Namjoon- Chang, essa daqui é Min Jeon Minah, ela é filha daquele ali com cara de bebe o nome dele é Min Jeon Jungkook- apontou para mim e Yoongi riu e eu bufei- e daquele branquelo ali, o nome dele é Min Jeon Yoongi, eles são casados... são o casal mais fofo depois de mim e seu Appa- riu e eu escutei alguém bufar, virei e vi Jimin bufando

-Eu também tenho outro Appa, eu conheci ontem, e aquele ali- Minah falou e apontou para Jimin que sorriu- o nome dele e Park Jiminiie

-E quem é aquela moça que está com ele?- Chang perguntou

-Não conheço- falou - mas não gosto dela-Comecei a rir baixo... bom eu tentei, mais ela causou tudo isso.

-V-vamos comer que eu estou com fome-falei me recompondo da crise de riso

Ficamos até umas 19:40 conversando e bebendo, vendo as crianças brincando no pula pula que Jin comprou, escutamos a campainha toca e Jin foi atender, não demorou muito e Jin chegou abraçado a Taehyung, o mesmo olhou todos sorrindo e parou em mim e a Yoongi e o sorriso se desfez e senti Yoongi estremecer ao meu lado, eu sabia que eles namoravam no colégio Tae foi embora sem falar nada, um dia Yoongi chegou triste na empresa e me contou que foi até a casa de Tae e falaram que ele tinha se mudado para o Canadá.

-Ei amor, calma-falei segurando suas mãos- quer ir pra casa? -perguntei e vi ele sorrir malicioso.

-Se for para brincar- apertou minha cintura e eu arfei em seu ouvido- eu quero

- Então vamos- disse rindo e me levantei sendo acompanhado por yoongi que estava segurando minha mão - Jin, eu e o Yoongi já vamos, temos umas coisas para fazer - senti os olhares sobre nós mais não me importei - eu deixei o presente do Chang no quarto dele.

-Mas já?- Minah perguntou com uma carinha triste.

-Sim filha - deu um beijo em sua testa - amanhã de tarde o Appa vem te buscar, ok?- Yoongi falou e eu também sei deu um beijo em sua testa.

-Por que a pressa?-Namjoon perguntou

-Eles vão brincar- Minah o respondeu e eu arregalei os olhos, olhar de penetrante de Jimin e de tae novamente estava sobre nós.

- B-bem, já vamos, foi um prazer te rever tae, e um desprazer te conhecer Kim Jisoo- escutei a bufar- Chang, espero que algum dia vá nos visitar também, a Minah tem um pula pula igualzinho, e também tem uma piscina, e um escorregador nela- o vi sorrir e assenti freneticamente, sorri com a empolgação do garoto e deixei um beijo em sua testa .

- Ok, então até amanhã- Jin falou e eu me despedi todos eles e segui para casa junto a Yoongi.

-Amor, nós estamos sozinhos … sem ninguém pra nos atrapalhar- sorri enquanto ele chegava mais perto- que tal aproveitarmos ? - Yoongi pediu manhoso .

Ele começou a beijar meu pescoço subindo pro maxilar, e depois atacou minha boca , não era um beijo calmo, mais continha sentimentos, era um beijo desesperado por mais toques mais ao mesmo tempo delicado.

-Então vamos aproveitar - passei os braços em seu pescoço e voltei a beija-lo




Essa noite promete...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...