História Past Ghosts - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão
Personagens Astrid, Banguela, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Melequento, Perna-de-Peixe, Personagens Originais, Soluço, Stoico
Tags Hiccstrid, Httyd, Magia, Romance, Vampiro, Violencia
Exibições 64
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi pessoal!!
Cap lindo aí pra vcs ✌✌
Espero q gostem!!
Boa leitura ✌

Capítulo 3 - Um caçador vivo?


Pov Astrid

Não sei o que deu em mim pra beijar o Soluço, tá ele é meu ex namorado e mesmo que eu quisesse negar, o que nunca iria acontecer, ele ainda é o amor da minha vida, mas eu tô com o Jason e isso não é certo. Mas confesso que meu coração vampírico se aqueceu por saber que ele ainda me ama, tenho que ir pra casa, foi muita coisa para um dia só.

(...)

Eu divido meu apartamento com duas sobrenaturais. Cabeça Quente uma vampira e Heather uma bruxa.

- Vadias, cheguei!

- Vou até chamar os jornais - disse Quente esparramada no sofá com o celular na mão.

- Engraçadinha, cadê a Heather?

- Oi gente - falando na demonia - conheci um aluno novo hoje muito legal e bonito.

- Quem é? - Quente.

- O nome dele é Richard Haddock - arregalei os olhos.

- As, tá tudo bem? Pra uma vampira você tá pálida.

- Tá... Tô bem "He". É que... Ele é meu ex.

- Mentira! Tu tem um ex e nem falou nada? - Quente falou se levantando do sofá. Caso perguntem, não, elas não sabem da minha história.

- Caramba As, desculpa.

- Tudo bem He. Eu não vejo o a 3 anos - acrescenta mais dois zeros.

- Que pena.

(...)(1 semana depois)

Tá ficando cada vez mais difícil ficar perto dele, principalmente pelo fato de que metade das garotas da universidade babam por ele. Será que é tão difícil entender que ele é meu? Pode até ser egoísta da minha parte porque eu ainda tô com o Jason, mas é a verdade, o Soluço é meu e de mais ninguém. Agora estou lendo o livro chamado "O Sol é para Todos", de repente sinto uma mão cobrindo meus olhos me fazendo sentir um arrepio familiar. É ele.

- Será que eu poderia fazer companhia a dama? - ele se sentou e eu ri, foi com essa mesma frase que nós nos conhecemos.

- Você sabe que ninguém mais fala assim não é?

- Sei, mas velhos hábitos não morrem - ele sorriu mostrando aquele sorriso que eu amo tanto.

- Como você consegue? Depois de 3 séculos ser... Assim? E porque me procurou?

- Porque eu amo você, sempre amei e sempre vou amar. E por você eu procuraria até no inferno.

- Hic eu... Não posso - falei abaixando a cabeça.

- Eu entendo Asty. Mas não vou desistir, eu vou te conquistar de novo.

- Soluço não...

- Por favor Asty, me dê essa chance. Só preciso de uma chance pra te conquistar e ter o seu amor outra vez, como antes.

- Você sabe que eu amo você também não é? - ele assentiu - tudo bem.

Ele sorriu e me abracou forte.

- Obrigado Asty, você não vai se arrepender - ele me deu um beijo na bochecha e saiu.

- Oi amor.

- Hum? Ah oi Jason - falei me despertando da minha bolha.

- O que aquele esquisito queria?

- Ele não é esquisito, é meu melhor amigo - falei tentando manter a calma.

- Amor confia em mim, eu não vou com a cara dele, parece uma aberração...

- NÃO CHAMA ELE ASSIM!! Ele é um garoto incrível. Agora com licença, eu vou para minha sala - saí de lá pisando fundo, podemos não estar mais namorando, mas ninguém fala mal do Soluço na minha frente.

Pov Soluço

Depois de conversar com a Asty fui até o meu armário com um sorriso de orelha a orelha. Ela me deu uma chance!

- Soluço! Ainda bem, tava te procurando.

- Calma Melequento, pra que esse desespero?

- Tem um caçador na cidade - meu sorriso morreu.

- Um caçador? Impossível eu matei todos a 300 anos.

- Parece que não, ao que parece um conseguiu escapar, e agora um descendente dele tá na cidade.

- E como você sabe?

- Uma amiga minha viu um corpo de um vampiro morto em um beco e ele tinha uma assinatura, a mesma assinatura do Hanter Black.

- Inferno, se esse caçador descobre sobre mim e que eu estou aqui, tô fudido.

- E agora?

- Vou resolver esse assunto, mas a Astrid não pode saber disso, ela vai querer se envolver e eu não vou botar ela em risco de novo.

- Você que sabe. Só toma cuidado.


Notas Finais


Humm tenso!!
Ela deu uma chance pra ele!! Ehhh!!✌
Mas esse caçador tinha que acabar com o clima!!😡
Espero q tenham gostado!!
Até o próximo cap ✌✌
Bjs 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...