História Past Ruins. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles
Tags Harry Styles, One Direction, Past Ruins
Exibições 6
Palavras 635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Aquele era o fim do meu casamento,




         Pont Of View Caroline Mathers' s
   Dirigindo-me para a janela e apoiando a testa na vidraça, manti  o olhar fixo nas luzes da cidade que brilhavam ao longe. Relembrei cada fato que acontecerá em meu casamento com Louis Tomlinson, o filho do sócio de meu pai: seu comportamento cordial, às vezes quase terno, a falta de atritos, o sexo disciplinado, o tédio... mas a ambição o levará a uma vida estressante... e a morte prematura aos trinta anos.
    O som da campanhia do telefone me despertou das divagações:
             - Alô? 
             - Caroline? 
             - Gemma, é você? 
             - Como está Harry? -A ansiedade em sua voz era evidente. 
             - Conversei com médico que está cuidando dele e dentro de três dias teremos uma posição mais clara a respeito. -Digo enrolando o fio do telefone no dedo. -E seu pai?
             - Está se recuperando. Pergunta a todo momento por Harry, e já não sabemos mais o que fazer para explicar a ausência dele. Está tudo tão complicado..
     Conversamos por mais alguns minutos, e Gemma só se tranquilizou quando prometi ligar para ela no dia seguinte. Desliguei o telefone, então me peguei pensando nas diferenças entre Gemma e Harry.
     Gemma sempre fora uma menina de bom senso, prática e lúcida. Enquanto Harry era o sonhador, aventureiro, o audacioso. Mas tinham um ponto em comum: o amor às pessoas, a sensibilidade, é a beleza física. 
       °°°
  O dia amanheceu. Tomei um banho, descia até o restaurante para tomar um café e logo estava de volta ao lado de Harry. A luz que entrava pelas persianas proporcionava ao quarto uma penumbra fresca e reconfortante. Me aproximei da cama, puxei uma cadeira e sentei-me, fitando ele longamente, como se quisesse desperta-lo, trazê-lo novamente à vida. Acariciei os cachos, a face, toquei lhe a boca, desanhando-lhe o contorno dos lábios, parando no queixo. 
    Os olhos verdes de Harry se abriram de vagar se fixando em meu rosto. 
           - Harry. -Minha voz estava trêmula de emoção. -Como está se sentindo? 
            - É você, Caroline, é você minha pequena ? 
Sem poder se controlar, me desfiz em lágrimas. Era exatamente desse modo que ele costumava me tratar. Então ele me conhecia, apesar de haver se passado tanto tempo. 
             - Sim, Hazza, sou eu. Agora durma, e reponha suas energias. Ficarei aqui ao seu lado. 
     Como prometi. Passei o dia ao seu lado. Os pensamentos e emoções tomando conta da minha mente. A noite chegou e o sono, junto com um tênue sentimento de solidão, embalando-me.
        °°°
Quando despertei a manhã já se adiantara. Levantei-me, após recuperar a consciência de que estava em hospital, tomei um banho na forte ducha que junto a água levará os últimos vestígios do sono que me embalara.
   As recordações da viagem que fiz dos Estados Unidos à Europa, depois a Saint-Moritz e a... Louis. 
 
          - Mëu Deus, ele deve estar furioso! -Exclamei em voz alta. 
   Troquei me rapidamente e me dirigi à mesinha do telefone. Como pude se esquecer de Louis? 
      Quando ele atendeu, percebi que não estava nem um pouco feliz com o bilhete que deixei à dois dias atrás. 
            - Onde você está, que emergência é essa que você se referiu no bilhete que me deixou? Você voltou para Dallas?
             - Estou em Genebra. Um amigo sofreu um acidente de carro e a irmã, que mora nos Estados Unidos, pediu para que eu viesse para cá.
    Louis respirou fundo. Ele sabia. 
          - Qual a sua verdadeira ligação com esse tal Harry, Caroline? 
    Foi minha vez de suspirar. 
          - Não sei dizer, Louis. 
Eu sabia que aquela resposta ponharia um fim a qualquer tipo de relacionamento que quisesse ter com Louis. Mas, naquele momento, isso não importava, só conseguia pensar em Harry...

      Aquele era o fim do meu casamento,
E eu só conseguia pensar em Harry Styles
Continua. 
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...