História Past the future Vkook Taekook - ABO - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Namjin, Taekook, Vkook, Yoonmin, Yoonseok, Yoonseokmin
Visualizações 124
Palavras 1.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Hentai, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpe a demora, eu quebrei a perna e fiquei uns dias sem poder fazer nada, mais não fosse isso eu ja estaria de volta ^^

Capítulo 4 - Lição ou pesadelo?


Fanfic / Fanfiction Past the future Vkook Taekook - ABO - Capítulo 4 - Lição ou pesadelo?

(Jungkook)
- Você quer morrer idiota – Yoongi avança pra cima de mim


Me preparei para uma bela briga se não fosse o diretor maldito que segurou o pulso do mesmo


"Maldito diretor"

- Vocês dois venha comigo a minha sala agora - Aquele ranzinza esbraveja...


- Senhor esse desgraçado que começou


- Yoongi, eu ja falei pra você ignorar, mais não, você não me escuta
Mas espera onde estão o Jimin e o Taehyung?
- Mas...
- Sem "Mas" Jeon Jungkook, vamos

(Jimin)

Eu fiquei estatico com oque o Yoongi disse, então quer dizer que ele tem um omega?
Não pode ser... eu jurava que não... eu poderia jurar que ele me amava também! Talvez essa palavra... esse sentimento chamado amor seja uma farça, isso não existe para ser reciploco, eu fui pego em uma mentira

"- E quem você pensa que é?

- O alfa dele"

~Pego em uma mentira, Liberte-me desse inferno, Eu não consigo escapar desse sofrimento, Por favor, salve o eu que está sendo punido~

Mais oque o Jungkook disse realmente não tem perdão, como ele pode falar desse modo com a pessoa que ama?

Talvez esse mundo seja realmente injusto

E o Taehyung? Sera que pensa igual a mim? Sera que ele acha esse mundo injusto?

Olho para o mesmo, levando um susto ao ver a cena em minha frente, realmente deprimente, seu rosto estava enchardado, seus olhos totalmente fechados, seus labios maltratados pelos seus dentes, e sua mão...

- Kim? – Olho diretamente para o vermelhidão em sua mão, oh liquido estava forte – Oh meu deus... sua mão esta sangrando muito

Ele olhou diretamente para a sua mão, eu sentir o quanto ele estava assustado, seus olhos transmitiam isso me fazendo se aproximar cada vez mais

Somente o rosnado de raiva dele fez minha garrafinha explodir

Como assim ela explodiu? COMO ASSIM KARALHO?

- Tae como você... - Cadê ele? olho para frente o vendo correr muito rapido, mais ele esta tão longe - ESPERA KIM

Aquela mão vai dar uma bela infecção se alguem não trata-la

(Taehyung)

No primeiro dia do ano eu não imaginava que iria acontecer nem a
metade do que ja aconteceu ate
agora

Depois de correr bastante para dispistar o Jimin, fiquei horas s horas caminhando um pouco até chegar em uma ruazinha mais isolada, poucas casas ainda tinham suas luzes acessas naquela manha, por isso me sentei no chão e me permitir pensar na minha vida

~ A gente não pode ter tudo!
Qual seria a graça do mundo se fosse assim?~

Ouvir passos pela entrada da ruazinha

- Jimin... - Pensei um pouco alto

Não é uma pessoa, são 4 pessoas, e isso era estranho, quase ninguém passava ali

Me levantei rapidamente, e ate esqueci da minha mão ferida soltando um grito bem alto

- Ele esta por ali

"MERDA, QUE VOZ É ESSA"

Sair correndo dali, quem sera que eles fossem não parecem querer só conversar, que droga, estão atras de mim

- Onde você pensa que vai gatinho

Sentir meus braços serem puxados para tras

- Me deixem em paz, por favor - Implorei

- Mais eu quero brincar com você, sera que é perdir demais? - quase gritou comigo, mas parecia não querer chamar atenção.

Eu tentei me soltar, mas foi em vão e ainda tinha dois caras impedindo que eu passasse.

- Hora Hora, se não é Kim Taehyung - Uma voz feminina bem conhecida por toda escola, estava agora em meus ouvidos

- Hyuna... - Sussurei

Ela se aproximou e me empurrou
 
- Sempre suspeitei que você fosse
viado mesmo, mas agora eu tenho certeza, poderia muito bem ficar com uma garota alfa, mais escolheu ser um viadinho de merda, principe Taehyung - Ela riu desencadiando uma risada em
cadeia, e eu estava cada vez mais
confuso, como assim ela "tinha certeza?"

-OQUE?

- Silencio ou vai ser pior pra você - ela é ameaçadora ela

- Do... que vo-você esta... falando? Que principe? Certeza de que?
 

Sim, eu sou o principe... mais eu pedi pra ninguem saber e ainda por cima ela falou viadinho, se eu estou assustado com essa afirmação? Claro que estou assustado, eu não havia
feito nada desse tipo, ah não ser por hoje... que o Yoongi disse.... e talz
mas não tinha ninguém vendo

 

- Jungkook me contou tudo... e disse que você ia pagar por toda humilação que ele passou, e como eu sou a namorada dele, eu pedir para fazer isso eu mesma, e é claro, ele aprovou a ideia, eu não permitirei que você seja o unico inocente daquela historia, porque só ele ganhou suspensão e advertencia? Ele quase foi expulso... por sua causa... Kim Taehyung!

Sentir um frio pecorrer todo o meu corpo, observei a rodinha se fechar
em torno de mim

- Mais eu não fiz nada Hyuna, me deixa ir embora... eu juro que sumo da suas vida

Hyuna estralar seus dedos, e
logo em seguida, sinto um chute em meus joelhos por trás, me fazendo cair.

- Vai sumir sim, mais vai ter motivo para isso

Ouvir risadas e um chute em minhas costelas, o que me fez soltar um grunhido alto de dor

Fui puxado pela camiseta por um garoto... eu o reconhecia, mais não lembrava quem poderia ser, ele me levantou do chão pela gola da mesma

- Me perdoa por isso pequeno - logo sentir um soco no lado direito de meu rosto e fui novamente de encontro ao chão, esse cara ficou por cima de mim desferindo vários socos seguidos em meu rosto, meu nariz já sangrava, meu lábio também, ele passou para outro rapaz que sentou na minha barriga

- Por favor... eu não aguento...

A situação estava começando a piorar, e muito. Ele parou apenas para dizer

- Eu não posso... não diga nada, eu sei que não mereço o seu perdão

- Parou porque? - Hyuna exbraveja, sua voz parece esta meio distante de mim, ou sou eu perdendo os sentidos

Ele me socou, ele não precisava me manda ficar quieto, não conseguia nem mais falar, mesmo se
quisesse. Ele saiu de cima de mim deixando que os outros me espancassem da forma como quisessem, foram
chutes socos, chegaram até a bater minha cabeça no chão, nada muito forte, talvez não queriam ser acusados de homicidio e essas coisas. Ao fim, quando perceberam que eu não aguentava mais, Hyuna puxou seu braço e pisou no mesmo, o impedindo de me mexer, tirou um tipo de estilete, levantou minhas mangas e tudo ficou mudo

- Parece que eu não preciso de corta
Ele tacou alcool no meu braço, eu queria gritar de dor, mas minha voz não saía, meus olhos se encheram de lagrimas... não sabia que ainda tinha lagrimas
- SAIAM DE PERTO DELE AGORA SEUS IMUNDOS
- Ji....
"Mais profunda, mais profunda, a ferida só fica mais profunda"


Notas Finais


Espero que tenham gostado... eu fiz meio rapido por causa da demora bjs de chocolate


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...