História Patience - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Visualizações 64
Palavras 991
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente me perdoa, eu não tô conseguindo postar pelo celular mais, mas tô aquiiiii!!!
Espero que gostem.

NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!




NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!






NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!






NOTAS FINAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Capítulo 6 - So Sick


Fanfic / Fanfiction Patience - Capítulo 6 - So Sick


Eu encarava todos aqueles três homens na minha sala e se juntasse os três, não dariam um. Ninguém se preocupava se eu estava chorando, sofrendo ou passando por um momento difícil, eles apenas falavam sem parar sobre agendas de shows pelos E.U.A que eu acompanharia Justin, sobre como eles começariam a falar sobre a minha marca e sobre todas as premiações possíveis que participaríamos. Tudo, claro, para encher os seus bolsos e mostrarmos sermos alguém que estamos longe de ser. 
- Barbara, vocês iram ao Grammy segunda, Justin está concorrendo e a sua equipe de cabelo e maquiagem estará na casa de LA depois do almoço, algumas marcas enviaram vestidos, estarei lá para ajudá-la a escolher o melhor junto com seu stylist - eu apenas pisquei aviliando ele. 
Eu devo parecer uma maluca, por estar apenas olhando as pessoas em choque sem conseguir assimilar essa baixaria. 
- Por vocês serem pessoas famosas eu consegui que o juiz autorizasse que as consultas com a psicóloga fossem aqui na casa de vocês, então se comportem ao recebê-la - Scooter informou é Justin assentiu concordando com toda aquela palhaçada. 
- Você pode falar alguma coisa? - perguntou Justin em sua voz rouca irritada, porém controlada. 
- Vai adiantar eu dizer que sou contra? Que acho um absurdo? Que não é isso que eu quero para nós dois? - perguntei. 
- Se não era isso que queria porque simplesmente não me disse que não queria casar comigo, porra? Precisava me fazer de otário? - gritou me assustando e um nó se formou em minha garganta.
- Não fale com ela assim! - Scooter interveio e eu respirei fundo.
- Não se meta, Scooter, ela precisa ouvir umas verdades. - falou cheio de ódio e eu ri com ironia.
- Eu preciso ouvir as verdades ou você precisa ser verdadeiro consigo mesmo? Você simplesmente me tirou toda a segurança de estar com o homem certo depois de contar para aquela puta venenosa de tudo, a convidar para o nosso casamento, ela destruiu tudo e você ainda passa a mão na cabeça dela. Você não quer estar casada com a simples modelo, é pouco demais para você não é Justin Bieber?! Você quer a modelo, cantora, atriz, mas sabe a realidade, ela não quer você, ela quer a sua fama. Eu sempre quis o seu amor, te tratei bem demais, você só se casou comigo por isso, não por me amar - cuspi tudo que estava entalado em mim, não sabendo nem de onde tudo havia saído e ele me olhou por longos segundos em seguida rindo.
- Eu muito pelo contrário do que você pensa, amo você, a considero a mulher da minha vida, mas você me fodeu tanto com as suas atitudes mesquinhas, que a quero fora da minha vida o quanto antes - falou simples, como se contasse que havia comprado um par de tênis.
- Você é realmente muito prático! Espero que seja feliz com toda a sua praticidade - me afastei indo para as grandes janelas de vidro olhando o central park.
Depois de acertarmos mais um milhão de coisas, porque eu resolvi participar ativamente daquela palhaçada, afinal era a minha vida também.
Jasper entrou em contato com a minha assistente pessoal para que ela marcasse à primeira sessão com a nossa psicóloga para amanhã, sábado, depois do almoço. Teríamos sessões três vezes por semana, terça, quinta e sábado, não tendo tolerância para faltas ou descumprimento de regras.
Precisamos estar presentes em todas as sessões.
Morarmos na mesma casa.
Seguir as indicações Dela.
E tentar fazer o nosso casamento dar certo de verdade, ela relataria tudo ao juiz e uma falha nossa, perderíamos tudo para o nosso queridíssimo país.
[...]
Acordei assustada com as notas musicais do piano de Justin.
Ele tem muito problema para dormir, suas insônias são intermináveis, principalmente quando sua cabeça está cheia, nos ajudávamos nisso, mas agora não existe mais um nós.
Eu conhecia a música de trás para frente e de frente para trás, já acordei tantas vezes dessa maneira, mas sempre acabava diferente.
Meu estômago roncou violentamente por não ter comido nada o dia todo. Só fiz chorar e dormir trancada no quarto.
P.O.V Justin Bieber
Sentado do meu piano, que Barbie colocou estrategicamente perto das imensas janelas com vista para o central park eu tocava a minha melodia mais triste.
Eu me sinto exausto, mas minha mente não para um segundo de pensar nela e em como ela me fazia dormir bem.
Ouvi seus passos na escada, mas me coloquei no papel de durão.
- Venha! - ela sussurrou e eu a olhei perdido.
- Vamos encher a barriga e depois lhe farei descansar um pouco. - estendeu a mão e a peguei.
Barbie cozinhava bem, sem frescuras, como eu gosto, e mesmo sendo Vegana, tudo o que ela fazia ficava delicioso, mesmo uma panqueca sem leite ou ovos.
- Estava gostoso? - perguntou depois de colocar nossos pratos na pia.
- Estava sim, obrigado - assentiu me puxando pela mão e subindo as escadas comigo.
Entrou no quarto que eu estou ficando se deitando ao meu lado, minha cabeça instintivamente foi para o seu peito, minha perna para cima dela e meu braço ao seu redor. Eu me envolvia nela como uma videira todas as noites, eu sou muito frio e ela é quente, macia, fora que tem o melhor cafuné depois da minha mãe.
Sua mão alisava meu couro cabeludo de forma gostosa me fazendo relaxar, mas mesmo assim minha cabeça está cheia demais dela para dormir, junto com o corpo dela, o cheiro dela, me atordoando, enlouquecendo.
- Saia daqui, agora! - gritei assustando a mesma que me olhou triste.
- Eu não te quero perto de mim, saia do meu quarto agora, vá! - gritei novamente a fazendo chorar e sumir pela porta.
Eu não sei até quando ela aguentará, só espero não perder a mulher da minha vida.
Continua...
 


Notas Finais


Comentem a opinião de vocês!
Eu tenho mais três fics aqui no site:

Faith Sinopse (TERMINADA):
Tenho um corpo cheio de vodka e cocaína
Tenho o demônio em meus olhos e uma faca em mãos
Tenho cílios de gatinha e ao mesmo tempo a capa do Drácula
Tenho uma obsessão deliciosa pela morte, mas não gosto de aparentar ser tão má quanto sou
Sou o lobo na pele de cordeiro
Sou o apagão no fim do túnel e a sua perda de esperança
Sou tão sombria quanto corvos cruéis, mas tenho a pele brilhante como o Sol
Sou o seu desejo e medo mais profundo
Sou o lado negativo de toda a situação
Mas você vai me seguir aonde eu for, porque eu vou me tornar a sua necessidade, a sua respiração
Demônio e anjo em um corpo só
Concebida pelo bem e o mal na busca de trazer equilíbrio ao mundo
Perfeitamente imperfeita
O amor nunca fez sentido até o ter dentro de mim e sentir seus doces lábios em contato com o puro veneno dos meus
Ele é o único imune a mim
Faith ironia ou não
Será que a minha fé pode habitar as profundezas do inferno?

Link Faith: https://spiritfanfics.com/historia/faith-2943982




A Belieber Sinopse:

O momento mais confuso da vida de uma mulher é no começo de sua vida adulta, aos 18 anos. Ela não sabe qual faculdade quer fazer, quais sonhos seguir, quais riscos correr, é simplesmente um afogamento de planejamentos sem execução. Mas eu sempre fui diferente, minhas ideias sempre foram bem projetadas, eu nunca deixei um sonho meu correr para longe. Alguns chamam de determinação, eu chamo de foco. Porém, sempre existe algo que nos tira a concentração, para mim sempre foi a música. O dia passava e eu estava ali, com um novo CD o devorando. Eu sempre tive lojas de CD favoritas, quando morava em Paris e depois quando fui aos 15 anos para Los Angeles. Até que em 17 de novembro de 2009, eu o encontrei ali, exposto, com garotas enlouquecidas o querendo, mas eu só via uma coisa, como a mídia ia destruir o garoto mais dócil do mundo. 7 anos depois, e muitas mudanças mais, eu ainda continuou sua fiel escudeira, mas com uma diferença... Hoje, eu sou a vencedora do maior desejo de todas as adolescentes pelo mundo. Viajar com Justin Bieber por toda a sua turnê mundial.

Link A Belieber:
https://spiritfanfics.com/historia/a-belieber-reescrita-9797305


Writer Sinopse:
Nos tempos atuais, o amor é o sentimento mais rejeitado que existe. Principalmente quando você se apaixona pelo seu melhor amigo.
Sua maior insegurança é que essa amizade seja destruída por uma bobagem que vocês sabem que não dará certo, afinal, quando o amor é gentil com alguém? Além dos contos de fadas é claro.
A vida real destrói tudo, mas não a culpe pelos seus erros, as decisões são tomas por você.
História de amor que tenta fugir ao máximo do clichê, mas o que seria da vida se o bendito clichê não existisse? Nada!
Porque o amor e a dor são grandes clichês.
Deixe-se envolver pelo amor e pela dor de um casal.
Ela, fugitiva de seus próprios sentimentos.
Ele, cafajeste por apenas respirar.
Eles, melhores amigos.
Ela, não quer sua amante, quer ser o seu amor.
Ele, quer conseguir ficar apenas com ela.
Eles, tem problemas demais.
O que o futuro reserva a eles?

Link Writer (PRIMEIRA TEMPORADA FINALIZADA):
https://spiritfanfics.com/historia/writer-5003298

Todas as minhas fanfics já foram postadas aqui anteriormente, mas por problemas de rekalk elas foram denunciadas e excluídas.
Faith já está terminada, a primeira temporada de Writer também com um segunda temporada ANIMAL vindo e AB está em reconstrução.
Eu posto no Spirit a MUUUUUUITOS anos, comecei novinha e hoje sou uma mulher, minha cabeça está diferente demais e acredito que por onde mais vocês vão perceber isso é lendo Writer e depois a segunda temporada dela.
Espero que gostem da minha mente maluca e tudo que eu produzo incansavelmente.
Boa noite!
Feliz dia dos pais para os papis de vocês.
Comentem as opiniões de vocês! <3


Redes sociais:
Instagram: fernandesmariana_
Grupo no wpp (ele ainda existe para quem já conhece): 11#99522-9194#


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...