História Patricinhas VS Cowboys - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Luna Lovegood, Pansy Parkinson, Theodore Nott
Tags Dramione
Exibições 201
Palavras 1.447
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Patricinha


Hermione acordou com algum bicho fazendo um barulho insuportável, a castanha bufou irritada, se  levantando ela marchou até a porta e abriu com força, dando de cara com uma Astória sorridente.

-Asty, que porra de barulho é esse? –A castanha perguntou raivosa

-É um galo...

-Por favor, coloque ele numa panela –Gina pediu abrindo a porta do seu quarto com mais força do que Hermione

-Ou o faça parar –Pansy pediu tampando os ouvidos e escorando na porta do próprio quarto.

-Meninas, é pra isso que serve um galo –Luna abriu a porta do quarto e sorriu para as amigas –Acordar...

-Mate esse bicho –Gina ordenou e fechou a porta com violência.

-Espero vocês lá embaixo para tomarmos café –Astória sorriu e desceu as escadas

-Ah, não –Pansy murmurou –Hoje começa o sacrifício.

-Seja o que Deus quiser –Hermione resmungou e voltou para dentro do quarto

Cada menina se arrumou no seu quarto só indo ao banheiro para fazer suas higienes. Quando desceram para tomar café, todos já estavam a espera delas, se sentando, Tony fez a oração e todos começaram a comer.

-Bem meninas, hoje começa o trabalho de vocês –Rosa começou

-E achamos melhor separarmos vocês em duplas com os meninos para vocês aprenderem o que tem que fazer –Tony continuou

-Não gostei –Gina sussurrou para Hermione que concordou

-E como ficaram as duplas? –Pansy perguntou dando voz a pergunta que todos se faziam

Tony e Rosa olharam para vó Kathy que sorriu docentemente.

-Luna e Blás, Pansy e Harry, Gina e Theo, Hermione e Draco –A senhora respondeu

-O QUE? –Luna gritou e Blás engasgou com o café

-Sem chances –Gina resmungou negando fervorosamente

-Ah não, o que foi que eu fiz pra merecer isso? –Pansy choramingou

-Eu não vou fazer dupla com essa pirada –Harry negou

-E nem eu com esse quatro olhos –Pansy resmungou azeda

-Só que me faltava –Hermione olhou feio para Draco –Ter esse bruto como dupla!

-Também não estou contente com isso, patricinha –Draco rebateu

-Eu me nego –As meninas falaram juntas

-Vocês não tem opções –Tony respondeu –Eles serão suas duplas e deu.

-Eles vão se matar –Astória comentou, observando as meninas reclamarem e os olhares nada amigáveis dos peões.

Quando terminaram de comer cada dupla foi trabalhar, Draco levou Hermione ate os estábulos mesmo que a castanha choramingasse dizendo que odiava cavalos.

-Vamos limpar as baias –Draco estendeu para Hermione uma pá

-O que você quer que eu faça com isso? –Hermione perguntou olhando para a pá

-Primeiramente: que a pegue –Draco falou impaciente

Hermione pegou a pá hesitante e depois seguiu Draco até a entrada de uma das baias.

-Vou levar Crystal pra fora e você vai limpar a baia.

-Limpar? –Hermione observou o local em que a égua estava e torceu o nariz em nojo –Eu não vou entrar ai!

-Vai sim, e se reclamar vou te jogar ali –Draco ameaçou

-Você não teria coragem –Hermione respondeu olhando braba para Draco

-Quer apostar, patricinha?

-Eu te odeio, bruto –Hermione rosnou e Draco riu

-Isso é recíproco!

Draco tirou a égua e deixou Hermione sozinha no estábulo, Hermione olhou para a baia e torceu o nariz novamente.

-Meu pai me paga –Hermione rosnou e adentrou na baia –Ai, meu coração! Aquele bruto também vai me pagar...

Hermione quase chorou ao olhar para o seu precioso salto que já estava sujo, engolindo o choro e a raiva, ela se pôs a trabalhar –claro que amaldiçoando até a última geração de Draco.

x

Harry levou Pansy até a horta, assim que a morena entendeu o porquê de estar ali quase gritou.

-Não! Nem pensa –Pansy negou cruzando os braços –Eu fiz as unhas e...

-Unhas –Harry desdenhou –Eu fiz as unhas..

-Escute aqui seu quatro olhos..

-Escute aqui você pirada –Harry a cortou –Você ira sim colher esses legumes e verduras e não vai reclamar, pois se reclamar vou te jogar no chiqueiro!

Pansy encarou o moreno perplexa, Harry sorriu torto devido a falta de resposta, ele se afastou e Pansy chutou o ar.

-Eu mato esse cara! Potter você me paga –Pansy se ajoelhou choramingando quando seus joelhos tocaram a terra –Ah se vai, sim,  me paga!

x

Luna olhou furiosa para Blás, o moreno ria discretamente dela, Luna quis muito ir lá e bater nele .A tarefa da loira era tirar leite das vacas, a loira quase desmaiou quando pegou nas tetas da vaca.

-Me desculpe, menininha –Luna murmurou pela milésima vez para a vaca

-Você esta fazendo errado –Blás resmungou e se aproximou de Luna –Precisa puxar..

-Vai machuca-la –Luna respondeu sem olhar o moreno

-Ela não se importa..

-Como você sabe?  -Luna se levantou e fitou o moreno revoltada

-Sabendo já que eu estou a mais tempo aqui do que você..

-Mais eu sei que ela se importa!

-Ela é uma vaca..

-É um ser vivo assim como você e eu..

-É só uma vaca –Blás rebateu revirando os olhos

-E você é só um animal –Luna resmungou

 -Olha como fala, boneca –Blás olhou feio para a mesma

-Ou o que? Francamente...  –Luna riu irônica

-Está brincando com o perigo –Blás se aproximou e Luna recuou

Eles ficaram nessa de –ele se aproxima e ela recua- ate que Luna bateu com as costas na parede,a loira arregalou os olhos totalmente nervosa.

-Você não me intimida –Luna ergueu o queixo totalmente teimosa.

-Não? –Blás colocou as mãos na parede prendendo Luna no meio –Nem um pouquinho?

-E eu lá tenho cara de te medo de garotinho? –Luna rebateu

Blás bufou irritado e sem falar nada pegou Luna pela cintura, a prensando fortemente contra a parede, Luna gritou totalmente surpresa fazendo Blás sorrir torto.

-Não tem medo boneca? –Blás perguntou sarcástico

Luna foi impedida de responder por gritos histéricos. Imediatamente os dois olharam para onde a vaca deveria estar, Blás soltou Luna e correu para fora com Luna atrás de si, no momento de distração deles a vaca tinha fugido;

-TIRA ESSA COISA DE PERTO –Gina gritava completamente desesperada

A ruiva estava usando o corpo de Theo como escudo enquanto o moreno ria acariciando a vaca a sua frente.

-FAÇA ALGO! TIRA ESSE BICHO DAQUI –Gina pediu agarrando com mais força o corpo de Theo

A ruiva viu Blás e Luna correndo em sua direção e suspirou aliviada, Blás pegou a vaca e a levou de volta para o celeiro enquanto Luna foi ate a amiga.

-Esta tudo bem, Ginny?

-Sim –Gina suspirou novamente

-Acho que já pode largar o Nott –Luna comentou, vendo que Gina não parecia querer se afastar do mesmo.

-Não precisa se não quiser –Theo sorriu torto e Gina bufou se afastando dele

-Credo –A ruiva resmungou –Como um bicho daquele anda solto por ai?

-Não anda, era pra ela estar presa no celeiro –Theo respondeu e focou sua atenção em Luna –Que hoje estava sob a responsabilidade de Blás..

Luna corou e Gina arqueou as sobrancelhas, conhecia perfeitamente bem a loira e sabia que aquela reação tinha algo.

-Luna, como você deixa aquele bicho andar por aí?  -Gina perguntou e Luna encolheu os ombros

-Ela fugiu..

-Gente que gritaria foi essa? –Hermione se aproximou das amigas

-Credo, Mi –Gina exclamou vendo o estado da amiga –Parece que você estava transando na terra!

Hermione estava completamente suada, o short estava sujo, a camisa estava amarrada em cima do umbigo, o cabelo estava todo bagunçado e armado.

-Sim, e esta fedendo –Luna torceu o nariz

-Isso com toda certeza não é cheiro de sexo –Pansy se aproximou das amigas com a situação parecida com a de Hermione

-Como se vocês soubessem qual é o cheiro de sexo –Draco comentou irônico e Hermione bufou quando ele parou ao seu lado

-Ta na cara que não sabem –Blás e Harry se juntaram ao grupinho

-Claro, continuem pensando assim –Gina concordou sorrindo torto

-É –Pansy esfregou as mãos tentando tirar a terra da mesma –Hannah veio por uma cegonha!

-Deixe esses iludidos pensarem que somos ignorantes no quesito sexo –Hermione comentou

-E não é? Os cabras da cidade não são homens de verdade –Draco provocou

-Vou ver qual é a diferença entre os homens da cidade e os peões daqui –Hermione umedeceu os lábios – Quando ligar pro Santiago..

Draco fechou a cara e Hermione sorriu vitoriosa.

-Volte ao trabalho, patricinha –Draco resmungou

-Claro, bruto -Hermione sorriu para as amigas –Nos vemos depois!

Ela se afastou com Draco na sua cola, logo o restante das duplas também voltaram ao trabalho. Gina bufou quanto teve que novamente entrar no galinheiro alimentar as “adoráveis” galinhas.

Na hora do almoço as meninas já não aguentavam mais trabalhar, porém, não tinha como desistir já que a punição tinha acabado de começar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...