História Patricinhas VS Cowboys - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Luna Lovegood, Pansy Parkinson, Theodore Nott
Tags Dramione
Exibições 251
Palavras 1.252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Cowboy


Depois do almoço –A louça ficou por conta de Rosa e Daphne – as meninas se sentaram no imenso jardim embaixo de uma das árvores e os peões foram cada um para um canto. Draco foi para o quarto e desabou na cama, fechou os olhos e suspirou, seu momento de paz foi interrompido por o som do seu celular tocando.

-Sim? –Draco perguntou quando atendeu

 -Draco –Era Minerva, uma senhora que vivia numa casinha perto da fazenda –Será que você podia vim aqui da uma olhadinha no meu carro? Ele não quer pegar...

-Já estou a caminho –Draco assegurou

Isso era bom, um bom motivo pra sair da fazenda, ficar longe de certa patricinha iria lhe fazer bem, seu sangue fervia relembrando que a mesma tinha insinuado que queria ter algo a mais com Santiago.

O loiro pegou seu chapéu e desceu rapidamente as escadas, entrando na sala onde a família estava reunida.

-Vou ter que ir à casa de Minerva, o carro dela deu problemas –Draco avisou

-Tudo bem –Rosa concordou

-Os Ranger estavam vindo para cá –Tony avisou

Draco ficou tenso já que Ranger era o sobrenome de Santiago.

-Vou levar a patricinha comigo –Draco respondeu

-Qual delas? –Astória perguntou curiosa

-Hermione.

-Por quê? –A curiosidade passou para desconfiança, Draco sabia bem que a mente de Asty era rápida, e não demoraria para ela juntar o por que dele levar Hermione com ele

-Vai ser bom pra ela –Kathy concordou –Vá querido, mande lembranças a Minerva.

-Sim senhora, com licença –Draco saiu da casa e caminhou até o jardim, fazendo as garotas focarem os olhos nele desconfiadas –Patricinha, bora.

-Já tenho que voltar a escravidão? –Hermione perguntou fazendo um biquinho

-Temos que sair..

-Sair? –Hermione repetiu e se levantou –Ótimo!

Os dois caminharam ate a caminhonete de Draco e dessa vez Hermione foi na frente, ao seu lado, assim que o loiro se afastou da fazenda Hermione o interrogou.

-Aonde vamos?

-Numa das visinhas.

-Fazer o quê?

-Ela precisa da minha ajuda.

-Por que eu tenho que vim junto?

-Você é minha dupla –Draco respondeu desconfortável

-Hum.. –Hermione o fitou desconfiada –Por que eu não acredito em você?

-To pouco me lixando se liga ou não patricinha –Draco resmungou azedo

-Credo bruto, não dá pra manter uma conversa civilizada com você –Hermione bufou e cruzou os braços irritada

O resto da viajem, que não foi muito longa, foi em silencio. Assim que Draco parou sua caminhonete em frente a casa de Minerva ambos desceram, Minerva estava parada na varanda sorrindo;

-Olá Draco, essa menina sua acompanhante? 

-Minerva essa é Hermione Granger, Hermione essa é Minerva McGonnagall –Draco as apresentou

-Muito prazer –Hermione cumprimentou a senhora

-Prazer querida, Draco você sabe aonde esta o carro pode ir lá, Hermione não quer toma chá comigo?

-Claro –Hermione acompanhou Minerva para dentro da casa enquanto Draco seguiu para trás aonde o velho Ford de Minerva estava.

Ele ficou uns bons vinte minutos mexendo no motor atrás do problema, assim que o encontrou, o arrumou e sorriu quando o carro ligou, desligou e adentrou na cada de Minerva por trás, indo ate a sala aonde estavam as duas mulheres.

-Draco –Hermione sorriu e Draco a encarou desconfiado

-Sim? –Ele sabia que ela não estava sorrindo a toa

-Mine estava me falando sobre os filhotinhos da gata dela –Hermione começou aumentando o sorriso –Ai ela perguntou se eu não queria um..

-Não! –Draco nem a deixou terminar, pois já tinha sacado aonde ela queria chegar –Você não vai levar gato nenhum para a fazenda..

-Mas.. –Hermione fez um biquinho e Draco ficou tentado a aceitar mas se obrigou a não vacilar

-Sem chances, Minerva concertei o Ford –Draco voltou sua atenção a senhora

-Obrigada querido –Minerva sorriu e se levantou –Hermione, venha vamos pegar aquelas coisas que te falei..

As duas saíram da sala mais rapidamente voltaram com Hermione trazendo uma caixa,Draco olhou para caixa e depois para Hermione.

-O que tem ai?

-Não te interessa bruto –Hermione rebateu braba –Bem ate mais, Mine.

-Ate mais, venha me ver sempre que quiser –Minerva abraçou Hermione e depois Draco

-Ah Minerva, vó Kathy lhe mandou lembranças –disse Draco

-Mande outras a ela por mim –Minerva acenou para os dois e esperou eles saírem antes de voltar para dentro da casa

-Não ta braba comigo, está? –Draco perguntou devido ao silencio de Hermione

-Por que deveria estar? –Hermione resmungou

-Escute um gato... ah, pra que ele iria servir? –Draco começou e viu Hermione sorrir, ele ficou desconfiado pois ela mexia a perna e sorria –Granger..

-Sim? –Hermione perguntou tentando não sorrir

Draco olhou para baixo,para a caixa que Minerva deu a Hermione, ela estava meia aberta e entre as pernas de Hermione, Draco pode ver rapidamente uma cauda abanando.Ele pisou no freio com força e se não fosse os cintos de segurança ambos teriam voados contra o para-brisa.

-O que houve? –Hermione perguntou assustada

-Eu disse que não era pra pegar nenhum gato –Draco rosnou

Hermione abriu a boca pra contestar mais um miado baixinho a fez fechar a boca e tirar da caixa uma bolinha de pelos laranja.

-Eu não consegui abrir mão dele –Hermione observou o gato com um sorriso –Me apaixonei por ele!

-Essa coisa não vai comigo no meu carro –Draco negou

-Por que não? Qual é! É só um gatinho –Hermione acariciou as orelhas do gato que miou em aceitação.

-Nem morto que esse bicho vai ir pra fazenda comigo –Draco se negou

-Ótimo, então eu e Bichento voltamos sozinhos –Hermione tirou o cinto e desceu da caminhonete

-Oi? Você vai voltar a pé pra fazenda? –Draco perguntou incrédulo

-Você não quer levar Bichento, então sim, eu vou voltar a pé!  

-Pare de drama patricinha, entre na caminhonete vamos levar essa coisa de volta para Minerva e depois vamos pra casa!

-Não vou devolver Bichento, ele é meu!

-Ultima chance, ou vamos devolver essa coisa ou você vai mesmo a pé!

Vendo que Hermione não ia desistir, Draco resmungou maldiçoes.

-Faça como quiser –Ele disse e acelerou a caminhonete deixando Hermione para trás num mar de poeira –Patricinha mais teimosa!

Resmungou todos os xingamentos que conhecia,quando estava quase chegando na fazenda parou bruscamente.

-Mas que porra!

Dando meia volta ele refez todo o caminho novamente, parou a caminhonete em frente a Hermione que tinha andado apenas um quilometro desde o local que ele a deixara.

-O que quer agora bruto? –Hermione resmungou agarrando o gatinho contra si

-Entre no carro, patricinha –Draco ordenou mais Hermione não se mexeu –Vamos logo.

-Já disse que não vou devolver Bichento!

-Faça o que quiser, só entra nessa porcaria de carro –Draco pediu brabo saltando do veículo

-Bichento vai comigo –Hermione avisou e deu um passo em direção a caminhonete mais gemendo logo em seguida

-O que foi? –Draco perguntou vendo a careta de dor dela

-Já tentou andar um quilometro numa estrada de chão usando salto quinze? –Hermione respondeu com outra pergunta

-Não..

-Nem tente –A castanha resmungou –Eu ganhei bolhas!

Quase que Draco riu, quase, ele caminhou em direção a castanha e a pegou no colo sem esforço nenhum,levou ela ate a caminhonete colocando ela sentada no banco do carona e ignorando tanto ela com seu olhar surpreso e o gato. Se sentou no banco do motorista e foi o mais rápido o possível em direção a fazenda, tentando a todo custo ignorar a castanha, o gato e o fato de que quando ela estava nos seus braços a melhor das sensações o invadiu.


Notas Finais


Como será que a Mi vai reagir quando descobrir o por que de Draco a ter levado junto?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...