História Paulicia - O Amor Floresce - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Tags Ciriquina, Paulicia
Exibições 257
Palavras 436
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 10 - O inimigo da Gusman!


Pov-Alicia

Acredita que a Majô me chamou por nada! Que coisa chata! Bem, na hora que eu tava falando com o coisinha lá(Paulo).Mas enfim, depois do recreio teve mais aulas, não aguento mais isso! Ainda bem que hj é sexta feira! 

Dois dias depois...(segunda feira)

O final de semana que eu queria que passasse devagar, passou mais rápido que um trem! Enfim, hoje eu sentei no mesmo lugar que sexta feira. Cirilo já havia chegado porém, Majô não. Pouco tempo depois ela chegou. 

- Oi ursinho! - ela disse pro Cirilo mas, que diabos é "ursinho" ?

- Ursinho???- eu e Cirilo.

- É o apelido que eu dei pra você, Cirilo! - Ela diz. 

Não sei como esses dois não se assumiram ainda. A aula começou, eu estava lendo a matéria até que escuto meu nome vindo do fundo da sala. 

- Por que meu nome está envolvido nessa conversa?- eu perguntei. 

- Não é nada demais! Só estava contando da minha irmã de uma outra mãe! - disse o Jorge. 

- Dá sua o que? - eu pergunto. 

- Já que nascemos no mesmo dia! Bom...mas...eu acho que eu não poderia ser irmão de alguém como você. Sabe, não tenho nada contra você...só acho que alguém de classe e bem colocada na sociedade como eu, não poderia ter o mesmo sangue que alguém de segunda classe como você. Vamos comparar meu uniforme e materiais estão em perfeitas condições e os seus parecem que vieram do lixo. - ele diz com ar de superioridade. 

- Se você continuar falando , eu jogo isso em você. - eu disse mostrando um livro super grosso e pesado. 

- Vai em frente! Joga! - ele disse fazendo deboche. 

Eu mirei bem o livro , joguei e acertei em cheio na cara dele. Ele colocou a mão no rosto, pegou o livro do chão levantou e deu um sorrisinho.Ele foi até o professor. 

- Professor ,eu estava sentado fazendo meu dever e de repente acertaram isso na minha cara. - ele disse ,aquele desgraçado. 

- Quem foi? - o professor perguntou.

- Eu não sei! - ele disse.

- A quem pertence esse livro? - o prof perguntou  e eu levantei .

- Senhorita Gusman? Foi você que jogou isso no senhor Cavalieri? - ele perguntou. 

- Sim, mas, ele provocou. - eu expliquei e em seguida Cirilo levantou.

- É verdade ,professor ! Eu tô de prova! - Cirilo diz.

- Chega! Os três senten-se e não quero mais saber de confusão! - ele mandou e em seguida eu sentei. 

- Acho que acabei de ganhar um inimigo! 


Notas Finais


Hoje eu achei o Jorge muito parecido com o Draco Malfoy ( de Harry Potter) enfim...até logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...