História Paulicia - O Amor Floresce - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Tags Ciriquina, Paulicia
Exibições 343
Palavras 479
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Volteii! Boa leitura.

Capítulo 16 - "Ela é uma boa pessoa"


Pov-Alicia

Hoje acordei cedo e bem disposta, já havia me recuperado daquela situação toda.Tomei meu café da manhã e fui arrumar meu quarto, que estava uma bagunça. 

Pov-Paulo

Bom, eu acordei cedo como sempre. Tomei meu café da manhã com minha mãe, minha tia e minha prima de 6 anos, a Clara, que por sinal é bem chatinha. Depois de tomar café fui fazer meu dever de casa, ele estava bem fácil então acabei bem rápido. Depois fiquei pensando um pouco, meu pensamentos se resumiam em apenas uma palavra:Alicia! Essa menina me ajudou então vou ajudar ela no que for preciso. 

Pov-narrador

Passado algum tempo, chegou a hora de ir à escola. Paulo já havia chegado, sentou na última cadeira da primeira fileira do lado direito da sala, poucas pessoas haviam chegado além de Paulo, apenas Laura,Carmem e Daniel. Pouco tempo depois Alicia chegou atraindo olhares de Carmem e Daniel (provavelmente pelo acontecimento do dia anterior) ,Paulo sorriu e seus olhos brilharam de alegria. 

- Alicia! - ele disse quando a garota se aproximou e colocou a mochila na cadeira à sua frente. - Como vai? 

- Eu vou bem. - ela disse com um sorriso no rosto. 

- Olha, como hoje é o dia de entregar aquela tradução de espanhol que o professor pediu e a gente ainda não tinha terminado...- ele disse abrindo a mochila. - Eu fiz o meu e o seu tbm, achei que não tivesse lembrado disso por causa do que aconteceu ontem...enfim, toma! 

Alicia deu um sorriso enorme

- Eu não acredito que você fez isso! - ela disse bagunçando o cabelo dele com a mão (ele jogou o cabelo pro lado e ele voltou ao normal).- Mas me sinto meio mal por ganhar ponto sendo que você quer teve todo o trabalho. 

- Não liga pra isso ,nem deu tanto trabalho assim. - ele disse tímido. - Ah e ...obrigada por ontem. 

- Imagina, eu não podia deixar o Jorge te tratar daquele jeito. Ele é um sujo. 

Paulo concordou com a cabeça. 

- Obrigado...mesmo. - ele disse colocando uma mecha do cabelo dela atrás da orelha. 

Uma menina que estava perto dos dois deixou cair seu estojo e todos os seus lápis e canetas se espalharam pelo chão. Paulo viu e começou a pega-los, Alicia ajudou. Ele colocou tudo de volta no estojo e o fechou. 

- Toma Laurinha! - ele disse entregando de volta à menina. 

- Obrigada Paulo, você é muito sentimental! - ela diz e sai. 

- Aquela ali é a Laura. - ele disse. 

- Vocês são amigos? - Alicia pergunta. 

- Mais ou menos. Nossas mães são amigas e a gente se fala tbm. Não é nenhuma amizade extrema. - ele explica. - Ela era a única que falava comigo antes. Ela é uma boa pessoa. 

Alicia sorri para ele e pouco tempo depois Cirilo chega.


Notas Finais


E aí o que acharam? Quero ver vcs aí nos comentários. Bjs até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...