História Pecado - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bebidas, Drogas, Festas, Problemas Familiares, Sexo
Exibições 32
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi gente...
Tudo bem?
A garota da capa é a Kyria...

Boa Leitura...

Capítulo 2 - Prazer


Fanfic / Fanfiction Pecado - Capítulo 2 - Prazer

Chegamos ao motel e ela fez a reserva já que eu estava um pouco alterado e então logo estávamos no elevador subindo para a suíte principal afinal quem estudava direito em uma faculdade tem muito dinheiro para tal fato, as portas do elevador se abriu e ela me puxou para o quarto abriu a porta e me puxou me empurrando até a cama e me fazendo sentar voltou ate a porta e a fechou me olhou de cima a baixo e sorriu safada, acho que ela estava realmente com vontade de alguém a levar para a cama.

- você esta bem para poder fazer isso? – perguntou Kyria eu pelo menos sabia o que aconteci por ali então por que não?

- claro que estou só bebi bastante mais logo estarei melhor, agora vem aqui vem. – pedi a vendo rebolar para mim ela era tão linda.

- como desejar. – disse vindo e parando a milímetros de mim.

- faz um Strip para mim vai me deixa excitado com a sua dança e seu corpinho delicioso. – disse sorriso malicioso.

- tudo o que desejar. – disse Kyria, sorri e a vi colocar uma musica e passou a rebolar para mim dando as costas.

Ela tinha curvas de dar inveja e aos poucos foi retirando a blusinha curta e coladinha dela deixando a mostra seus seios fartos cobertos pelo sutiã vermelho bem atraente eu já sentia meu membro ganhar vida e ficar duro feito pedra eu estava querendo muito ela, ela colocou o dedo na boca e depois foi descendo a sainha empinando a bunda em minha direção mostrando sua calcinha fio dental e aquela bunda durinha, quase babei a vi se levantar e fazer diversos movimentos sensuais e eu estava adorando.

- esta gostando? – perguntou.

- até que você leva jeito para isso, continue. – disse sorrindo e colocando minhas mãos para trás me apoiando nelas enquanto via ela voltar a dançar e abrir o fecho do sutiã e foi o tirando de forma Sexy o jogou em minha direção e cobriu os seios com os braços me olhando safada.

- você quer ver? – perguntou com a voz sedutora, sorri e assenti, ela ficou de costas novamente e retirou à calcinha me deixando ver sua parte intima a mostra em seguida se ergueu e virou para mim me deixando ver todo o seu corpo nu, quase babei, fiz um sinal com o dedo a chamando até mim. – gostou do que esta vendo? – perguntou estando em frente a mim.

- tire a minha roupa. – disse em seu ouvido, ela assentiu e passou a tirar meu casaco, em seguida minha camisa, me empurrou e abriu meu sinto arrancando minha calça juntamente da calça travando em meus sapatos que os arrancou, tirou as meias e todo o resto de roupa que ainda estava em meu corpo. – safada e apressada. – disse sorrindo, ela subiu na cama e colocou uma perna em cada lado da minha cintura me beijando a seguir, correspondi o beijo e intensifiquei ainda mais penetrando minha língua e disputando lugar com a dela.

- esperei muito por esse dia. – respondeu ela sorri e a joguei para o lado ficando por cima e a beijando, desci meus beijos por seu rosto, pescoço e cheguei a seus seios, apertei o direito e abocanhei o esquerdo o mordendo e arrancando gemidos dela, sorri satisfeito. – ahhh... hmm... – gemia ela com cada aperto e cada sugada que dava em seu seio estava fora de mim e estava gostando de estar assim, troquei de seio e fiz o mesmo com o outro mordiscando e lambendo o bico enrijecido.

Parei o que fazia e desci meus lábios por seu corpo abri bem suas pernas e cai de boca em sua intimidade, coloquei o dedão sobre seu clitóris e o estimulei a vendo arquear o corpo sobre a cama, desci minha língua para a sua entradinha e penetrei minha língua ali a vendo se contorcer e gemer meu nome nunca pensei que isso iria me deixar tão excitado, passei a lambuzar sua intimidade com minha língua e em poucos minutos ela se desmanchava em minha boca me deixando satisfeito por ter dado prazer a ela me afastei e ela tentava recuperar o fôlego que avia perdido dando um sorriso safado.

- me deixei retribuir. – pediu assenti e me sentei na beirada da cama ela veio engatinhando ate mim e colocou a mão em meu membro fazendo um vai e vem devagar mais que estava me deixando louco, mas assim que ela colocou sua boca quente nele foi que atingi meu auge, nenhuma mulher avia me chupado antes e agora estava ocorrendo, sua língua circulava por meu membro e chupava de uma forma que qualquer homem iria estar indo a loucura agora.

Ela começou o vai e vem com a boca e com a mão para me dar mais prazer, senti uma de suas mãos em minhas bolas fazendo outra massagem e eu apenas gemia baixinho tentando me controlar e evitar o gozo algo que parecia impossível, ela aumentou o ritmo e não demorou em que eu me derramasse em sua boca, sedento como estava a joguei na cama e subi sobre seu corpo, ela colocou uma camisinha em mim que eu nem sei de onde tirou e sem nenhum controle a penetrei de uma vez.

- KAYOOO... HMMMM.... – gemeu ela ao me ter dentro dela, comecei a estocar enquanto ela arranhava minhas costas gemendo meu nome como uma louca, mais eu não queria brinca de mamãe e papai, sai de dentro dela e ela me olhou confusa.

- fica de quatro para mim vai. – pedi manhoso, ela o fez sem cerimônia, assim que ficou a penetrei novamente me deliciando com seus gemidos e sua forma alucinante de vir contra mim, naquele quarto só ouvia nossas respirações e nossos corpos se chocando um contra o outro em um ritmo frenético, estava bom de mais, a puxei para fora da cama e a fiz ficar empinada para mim enquanto eu metia sem piedade, ela gozou com um grito estridente relaxando o corpo e após algumas investidas a mais eu também gozei me retirei de dentro dela e nos deitamos na cama, adormecemos rapidamente.

Acordei ainda era de madrugada e a Kyria ainda dormia a meu lado, me levantei e me vesti, sai do quarto e segui para fora do motel, chamei um táxi e fui para casa essa noite avia sido a melhor de todas, estava aproveitando minha vida da melhor forma possível.

Cheguei em casa e segui direto para o meu quarto caindo na cama e dormindo novamente, pois sabia que ali não teria de lidar com nenhum tipo de compromisso, aquela garota queria sexo e foi o que ela obteve não vou bancar o certinho com ela e com nenhuma outra garota tão cedo..


Notas Finais


Espero que tenham gostado...
Beijos...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...