História Pecado - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Nathaniel
Tags Castiel, Nathaniel
Visualizações 36
Palavras 349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Quinze


Abria meus olhos enquanto sentia uma dor imensa por todo meu corpo, principalmente em minha entrada.

Sentia leves beijos em minha nuca que me fizeram estremecer e relembrar o que aconteceu ontem.

- Bom dia - sua voz era rouca e baixa.

-Bbom dia. - falei com uma enorme vergonha.

- Vou tomar um banho, quer vir comigo? - ouvi Castiel falar enquanto saía da cama.

Arregalei meus olhos e virei ficando de frente a ele, que se encontrava ao lado da cama procurando seus chinelos.

-Está com medo? - Castiel falou subindo novamente na cama indo para cima de mim.- ou está com vergonha? 

Não conseguia olhar em seus olhos, virei meu rosto olhando para a parede branca.

- Nnão ssei. - falei tentando olhar seus olhos. - ontem eu tinha a maior certeza de que era tudo que eu queria para o resto da minha vida,- olhei para seus olhos, finalmente. - hoje a incerteza tomou conta de mim.

- Não tem certeza se me quer? - ele me olhava profundamente.

-Nnão, não tenho certeza se isso pode dar certo, já que tudo conspira a nosso favor. - levei meus dedos para seu rosto o acariciando.

- Tu sabe que não ligo para o que os outros pensam não é!? - ele pegou minha mão eu estava em seu rosto entrelaçando nossos dedos.

- Eu sei. - suspirei frustrado.

Castiel sempre faz o que vem em sua cabeça, e eu sempre o que vai parecer melhor para os outros. Somos realmente muito diferentes.

- Enfrentamos o seu pai, oque será enfrentar o mundo? - ele falou acariciando meus cabelos logo dando um beijo em meu pescoço que me arrepiou.

Levei minha mão para as suas costas nuas e  cravei minhas curtas minha em suas costas ouvindo um gemido rouco de Castiel.

Revirei os olhos ao sentir a lingua de castiel em meu pescoço, logo dando um chupão que me fez gemer baixinho apenas para que ele ouvisse.

- Me leve para tomar banho. - falei entrelaçando minhas pernas em sua cintura.

- Oh Nathaniel... tão safado. - ele falou apertando minha bunda, logo seguido de um tapa. - Baby.. hoje eu sou seu Daddy.





Notas Finais


Oi sumida rsrs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...