História Pecado familiar. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Família, Incesto, Sexo
Visualizações 168
Palavras 312
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


...

Capítulo 12 - Me ajuda.


Fanfic / Fanfiction Pecado familiar. - Capítulo 12 - Me ajuda.

(Pov Eloá )

-Luan, não tô bem.

Eu digo pra ele com a língua enrolada. Meu rosto arde pelo impacto com o chão. 

Passo a mão no lábio e sinto arder, tem um pequeno corte.

Luan não fala nada. 

-Onde estamos indo?

-Vamos passear Eloá. 

Sinto medo mas estou tão bebada que não reajo. 

Chegamos ao auditório da faculdade, está escuro, mal consigo enxergar, minhas pernas doem, meu lábio arde.

-Quero ir no banheiro.

-Cala a boca caralho.

Luan me força pra uma parte mais escura onde não podemos ser vistos.

-Humpff...Humpff. 

Tento falar em vão. 

Luan puxa o meu cabelo e me prende na parede, com a outra mão cobre minha boca.

Mordo a mão dele mo instinto.

Ele solta minha boca e grita de dor.

-Adrian, socorro, Adrian me ajuda.

Eu grito, mas Luan novamente cobre minha boca e bate minha cabeça na parede. Fico tonta.

Luan levanta meu cropped e toca nos meus peitos, eu choro baixinho. Ele é agressivo e crava as unhas na minha pele. Eu choro sem parar.

Ele meche no zíper dele, percebo o que vai acontecer choro e tento gritar enquanto me debato, Luan abre meu short. Ele está com cheiro de cachaça. Seu bafo de catuaba me enoja.

Fecho os olhos por um segundo e sinto a pressão de Luan sair de cima de mim.

De olhos fechados sinto um abraço quente. 

-Adrian. 

-Eloá. 

Adrian havia derrubado Luan, que estava desmaiado no chão. 

-Esse bêbado tentou me agarrar.

Eu falo chorando. 

-Vamos pra casa.

Adrian fala com calma e arruma minha blusa, fecha meu short com calma e arruma minha franja .

Antes de sair dou um chute na cabeça de Luan que está desmaiado.

-Filho da puta. 

Grito pra ele.

-Amanha vou dar uma surra nele.

Adrian fala vermelho de raiva.

Pegamos minhas coisas e chamamos um uber, Adrian colocou Manu e Paulo no carro, deixou os dois na casa de Paulo. Aproveitando que a República estava vazia esse fim de semana. 

Chegamos em casa.


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...