História Pecado familiar. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Família, Incesto, Sexo
Visualizações 192
Palavras 370
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


...

Capítulo 9 - Então sarra a bunda no chão


Fanfic / Fanfiction Pecado familiar. - Capítulo 9 - Então sarra a bunda no chão

( POV ADRIAN )

Paulo entra no carro, eu deixo Manu ir na frente e vou ao lado de Eloá.

Ele coloca Racionais Mcs a todos volumes, o carro estremece com o som.

"Aqui estou mais um dia,  sobre o olhar sanguinário do vigia" 

Todo mundo canta junto.

Eloá canta e incorpora a letra, parecia o Marlon das branquelas tentando entrar no ritmo mas mesmo assim não deixava de ser bonita.

O perfume dela exala, ela abre um pouquinho o vidro e o vento nos seus cabelos em conjunto com o seu cheiro vem em minha direção, meu coração acelera.

Paulo abre meu vidro inteiro e acelera, fazendo de propósito meu cabelo esvoaçar e bagunçar, o que me tira do transe em que me encontrava.

-Filho da puta eu não passei gel vei.

Ele ri e fecha os vidros.

Chegamos no campus. 

Paulo e Manu descem do carro, Eloá abre a porta e põe o corpo pra frente, quando faz isso seu short sobe, e uma parte do seu bumbum aparece.

-Que bunda linda.

 Eu penso, olho mas fico com medo de perceberem e desvio a visão. 

 A festa está cheia, mesmo tendo começado a pouco mais de uma hora já vejo pessoas bêbadas.

Paulo ja vai pro bar, pega drinks pra gente. 

Ele vira 6 doses de tequila na mesa e chupa um limão. 

-Sua vez viado.

Ele fala baixo como um alto falante. 

Corre no bar e empilha 6 copinhos com tequila e me obriga a beber. Viro fazendo cara feia.

Manu e Eloá Também fazem esse ritual.

-Pega leve irmã, você é fraca.

Digo carinhosamente pra Eloá.

-Não vou te criticar ta de Parabéns.

Grita Manu que ficava bebada  apenas com uma gota. As duas caem na gargalhada.

Pegamos cervejas e fazemos vira vira.

O som é extremamente alto.

Essa festa vai ser foda.

"Na hora que me escutar, vai ver que isso não é drama" 

Ao ouvir isso Eloá pula e puxa Manu. As duas cantam e rebolam. 

Encontramos um grupo de amigos e ficamos ali com eles bebendo catuaba e cerveja. 

-Cerveja é xixi com gáaaaas.

Grita Manu pra todo o campus ouvir, claramente já está bebada. 

Todo mundo ri enquanto bebe.

Começa a tocar Daddy yanke e Fonsi

O som anima a festa.

Despacitoooo.

Todos cantam e dançam. 

Menos eu, estou enjoado dessa música, vou é beber mais.

-Pega a catuaba.




Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...