História Peculiar ( Fanfic Jungkook - BTS) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Visualizações 55
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei!

>< Nico Nico niih


Capítulo novo para vocês!
Boa leitura é desculpe os erros.

Capítulo 6 - Imortais...


Fanfic / Fanfiction Peculiar ( Fanfic Jungkook - BTS) - Capítulo 6 - Imortais...



Eu estava sentada em uma espécie de sofá, ele dava de frente para uma grande janela, era lindo a vista que se tinha dali.

Eu observava a noite fria, e a lua cheia, ainda tentando engolir tudo aquilo, vampiros?

Sério?

Como eu não soube disso antes?

Eu me considero uma garota bem aventurada sim, mas...Isso é encrivel!

E eu nem sei por que estou aqui, talvez seja o destino?

Talvez...

Senti a presença de alguém, me movimentei, logo pude ver, era o Jeon...

—É muito bom a sua presença...Como posso te chamar pequena? — Ele perguntou sentando ao meu lado, observei ele novamente. Olhava fundo em seus olhos.

— Não olhe assim, se olhar muito para meus olhos, você vai acabar ipinotizada e desmaiara...— Ele disse e eu saí de meu transe.

— Como assim?— Perguntei.

— Primeiro a minha pergunta.— Ele disse.

— Yun.— Respondi.

— Yun, minha pequena...— Ele disse e eu o olhei, sua? Bom...Ele é sexy, gostoso, meio louco, e um vampiro, qual minhas chances com ele? Nem eu sei.— Não, não sou sua, mas pode me chamar como quiser.— Eu disse.

— Você é diferente.— Ele disse.

— Todos dizem isso, agora é sua vez de responder minha pergunta.— Eu disse e ele pareceu surpreendido.

— Uau! — Ele disse.

— Oque é?— Perguntei.

— Você não me obedece, não está disposta igual todas as outras, não parece ter medo agora, mas antes estava sim.— Ele disse.

— De serto não tenho medo de você, estou curiosa também, e sim, não estou disposta seja lá para oque você quiser, agora quanto a obedecer, tenha serteza, isso eu não vou fazer.— Eu disse e ele arqueou uma sobrancelha.

— Agora eu quero você, quero te domar. Você vai me obedecer. Sim! Eu gosto de ter o controle.— Ele disse se aproximando.

— Pois saiba que o meu controle é algo muito difissil, e eu não estou desposta a te obedecer Jeon.— Eu disse.

— Isso soa como um desafio.— Ele disse.

— Que seja.— Eu disse saindo dali, ele me seguia eu sentia seus passos.

Me divertindo da situação, comecei a rir, e correr, ele me seguia rápido, ele era rápido!

— Gosta de brincar comigo?— Ele perguntou.

— SIM!— Eu disse.

— É? pois no final você será o brinquedo.— Ele disse.

— Talvez.— Eu disse pulando em cima de uma cama que havia achado.

Estávamos dentro de um quarto que eu acabara de entrar com ele, o Jeon me seguia pelas sombras. Era tão rápido que eu nem o via se movimentar.

— Onde você está? Aparece vampirinho.— Eu disse sem medo.

Logo ele me prende na cama, ficando por cima.

Confesso que gostei, suas mãos fortes prendiam meus braços, e ele estava com as pernas em volta do meu quadril.

— Está louca? Sabe o quanto sou perigoso para me provocar assim? — Ele disse e eu ri mais.

— Eu estou gostando de provocar o perigo.— Eu disse.

Ele mordeu o lábio.

— Folgada.— Ele disse deitando do meu lado e colocando a mão sobre minha cintura.

— Se quiser que eu seja o brinquedo, vou ter que aproveitar de tudo antes.— Eu disse retirando sua mão.

Tentei sair mas ele me segurou firme.       Choquei-me com seu peito atrás... 

— Você fica.— Ele disse.

— Eu não te obedeço, lembresse.— Eu disse.

— Vou te afundar nessa cama é morder seus lábios, vou explorar todo seu interior com minha língua, e vamos ter vários orgasmos juntos.— Ele disse em um sussurro em meu ouvido.

— Eu adoraria ... Mas eu não te conheço vampiro! — Eu disse e dessa vez sai firme dali.

— Então vai me conhecer.— Ele disse.

— Então, vamos, contime sobre você.— Eu disse.

— Doque quer  saber? — Ele perguntou.

— Tudo. — Eu disse.

— Okay, longa história.— Ele disse.

— Eu estou aqui para ouvir— Eu disse.

— Eu  sou irmão do outro homem que você viu, o Kim, como posso dizer. Fomos amaldiçoados, antes mesmo de nascer, já eramos vampiros no ventre de nossa mãe, a bruxa que fez isso, ela odiava nossa família, então acabou com tudo! Resultado, nossos pais morreram e eu é meu irmão estamos presos nesta floresta desde de sempre. E não podemos sair.— Ele disse.

— Uau, intereçante. Conte mais.— Eu disse curiosa.

— As garotas são nossas servas, o palácio é nosso. A floresta é nossa...Somos animais, somos feitos para matar, mas resolvemos apenas aproveitar doque ainda resta, e não me pergunte a quanto tempo estou vivo, nem eu sei, não envelhecemos, sempre vamos ficar assim. Jovens homens e imortais —Ele disse.

Fiquei em silêncio.

—Fale algo por favor.— Ele disse.

— É difissil, preciso entender tudo.— Eu disse.

— Eu entendo.— Ele disse.

—...Mas...Oque eu estou fazendo aqui?— Fiz a pergunta que tanto rondava por minha cabeça.


...


Notas Finais


Foi issuhh

Até o próximo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...