História Pediatrician - namjin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtanboys, Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 114
Palavras 509
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Pansexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ovelhinhas ♡

Capítulo 1 - Do not forget


Pov Namjoon

- KIM CHAEYOUNG VEM AQUI AGORA. - Gritei, e vi a garotinha correndo até mim com os olhinhos arregalados.

- Que foi papai ? .- Ela perguntou e eu olhei para o seu quarto que fica no final do corredor, só pelo meu olhar ela já entendeu. - Ah papai, amanhã a Hyoyeon arruma, eu quero terminar de assistir Miraculos.

- Não Chae, vai lá e guarda tudo porque a Hyoyeon não é obrigada a ficar arrumando seus brinquedos todo santo dia, você já tem dez anos, eu já te ensinei a guardar suas coisas depois que você termina de brincar, agora vai lá guardar seus carrinhos, ou eu não vou te levar na Nayeon amanhã. - Falei decidido, eu não vou pegar mais leve com ela.

- Aish, tá bom. - Ela falou e foi em direção ao quarto dela.

As vezes eu acho que eu não sou o suficiente pra ela. Acho que ela deveria ter uma imagem materna. Mas eu não posso fazer nada se a desgraçada da mãe dela simplesmente não aguentou a pressão de ter um bebê, e nos abandonou quando a Chaeyoung ainda tinha um ano de idade, desde então eu não me casei com ninguém. Fiquei com a responsabilidade toda pra mim, e não me arrependo, eu amo a Chae mais que tudo. Na época que a Chae nasceu eu tinha 18 anos, mais já tinha um amor imenso por ela.

Ouvi o telefone tocar, e fui atender, já que recusar uma chamada do Jimin é a mesma coisa que suicídio.

Antes coloquei uma carne qualquer para fritar.

Chamada On

- Namjoon pelo amor de Deus me diz que não esqueceu da consulta da Chae amanhã. - Ouvi Jimin falar exaltado.

- Calma, não, não esqueci. Pra que tudo isso? É só uma consulta com a Yoona, ela já é acostumada com os meus atrasos. - Falei, e fui para a cozinha fazer alguma coisa para eu e minha pestinha jantarmos.

- Sim, a Yoona estava acostumada com seus atrasos, porém não é mais ela agora, ela se aposentou, falou que não queria passar os restos dos seus dias trabalhando feito uma condenada, o que era o que ela fazia. - disse Jimin, ele sabe de tudo já que ele é enfermeiro do hospital que eu tenho convênio.

- Nossa, quem é agora ? Não me diga que é a Mina pelo amor de Deus. - Falei, porque a Mina não se dava bem com nenhuma criança, na verdade eu nem sei porque ela está nesse ramo, todas as vezes que eu fui lá, ouvia ela gritando com as crianças coisas como "ou você toma a merda dessa injeção ou eu vou enfiar essa agulha no seu olho ".

- Não, não é a Mina, eu também não sei quem é, sei que veio de Busan e que é muito famoso por lá, bom, eu vou desligar Nam, só queria te lembrar mesmo porque você é um cabeça de minhoca.

- Uau, muito obrigado pelo elogio. - Falei e ele resmungou um até amanhã.

Chamada Off .

- Papai que cheiro de queimado é esse?!


Notas Finais


postei tomara que n flope


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...