História Pedra sobre pedra - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Revelaçoes
Visualizações 5
Palavras 188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 25 - Capítulo 25


 Ana chega, Cunhada leva um susto...

Ana: Cunhada!

Cunha: ai que susto, sê quase que me mata de susto...

Ana: eu fui para o enterro...

Cunhada: e foi triste?

Ana: você ainda pergunta, claro que foi

Cunhada: a infeliz tava lá?

Ana: a Isabella?

Cunhada: claro que sim, quem mais seria?

Ana: sim... 

Cunhada: que pena!...

Ana: olha Cunhada, eu não vou dizer para a polícia que você é a assassina, más eu quero respeito! Você não pode viver falando mal da Isabella

Cunhada: nossa! Autoritária você!, eu não posso falar uma coisa que eu não vou cumprir

Ana: eu saio dessa casa e deixo você sozinha Cunhada, por que você não pensa no que você fez?

Cunhada: a vida é minha Ana, eu fasso dela o que eu quiser

Ana: fique a vontade. Ana vai para o quarto. Cunhada dá a língua... Isabella vai para casa...

Isabella: eu estou com muito medo do que possa acontecer pela frente, primeiro foi o Hélio, depois a mensagem no nosso espelho, e agora essa de Anastácia... 

João Otávio: nós infelizmente não podemos fazer nada...

Isabella: se eu descobrisse quem foi eu seria capaz de matar essa pessoa

João Otávio: e jogar sua vida no lixo?

Isabella: legítima defesa...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...