História Pego Em Uma Mentira 2 (Jimin - BTS) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Faculdade, Fraternidade, Jikook, Namjin, Saga, Universidade
Exibições 41
Palavras 729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Saga, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei galerão!

Pt.2 no ar •

Leiam as notas finais, PLEASE!

(OBS: Sem foto por falta de criatividade pra escolher uma 💔)

Capítulo 11 - Pais, pt.2


Seokjin:

O garoto de cabelos rosa estava a um bom tempo conversando com seus pais, eles realmente eram legais. Conversaram sobre muitas coisas e comeram muitas coisas.


- Então Jin, tô vendo esse anel aí, ainda está com Namjoon não é? - perguntou seu pai olhando para o anel em seu dedo.


- Sim appa, se depender de nós, ficaremos juntos por muito tempo ainda - respondeu Seokjin com um belo sorriso.


- Amo esse garoto e a forma que ele cuida de você meu bem! - comentou sua mãe dando-lhe um abraço.


- Realmente, disso eu não posso reclamar meu filho. Mas me diga, e esse cabelo novo? - disse seu pai observando bem suas madeixas.


- Rosa é a cor preferida dele e caiu muito bem, eu amei! - exclamou a mãe do garoto de cabelos rosados.


- Sim, eu também amei muito omma - comentou Seokjin animado.


- Quero conhecer mais desse lugar, podemos? - perguntou o pai de Seokjin.


- Claro, venham! - respondeu Seokjin levantando rapidamente e puxando os pais para mais um passeio.


Taehyung:

- Você sempre arrasa corações hein Tae - disse a irmã do loiro aos risos.


- Não é pra rir, isso é uma mini tragédia, sua peste - disse Taehyung cruzando os braços.


- Desculpe, é que triângulos amorosos sempre me fazem rir - disse a garota aos risos - Eu gosto dos dois, então não sei qual shippar, I am sorry my brother...


- Okay, Okay, já deu né. Mas e nossos pais, como estão?


- Estão mais ocupados que nunca, mas estão bem. Novamente estou morando com a tia, eles viajaram para o Japão faz alguns dias - disse a garota após se recuperar da sua crise de risos.


- Entendo, bom, quer conhecer minha casa? - perguntou Tae se levantando do banco.


- Claro! - disse a garota se levantando rapidamente.


- É uma casa muito máscula, só vivem garotos e...


- E a maioria é gay, tipo: você, Jimin, Mae, Hoseok, Namjoon, Jungkook, Seokjin, apenas Yoongi se salva dessa! - disse a garota rindo.


- Cala a boca e é melhor correr sua peste! - disse Taehyung fazendo uma cara intimidadora para a irmã.


A garota saiu correndo e logo Taehyung foi atrás, eles correram muito pelo campus. Precisavam matar a saudade da bagunça que só eles sabiam fazer, eram muito unidos inclusive nisso. Tae cuidava muito da irmã já que seus pais eram ausentes, ele era o melhor oppa do mundo.


Hoseok e Chin-Mae:

Os dois tentavam disfarçar, mas sua família sabia muito bem reconhecer quando mentiam para eles... Quero dizer, dependendo da situação.


Os dois estavam travando uma guerra pelo coração de Taehyung. Enquanto Mae saía na frente, Hoseok sentia ciúmes e raiva mortal em relação ao seu primo. Mas o que Hobi não negava era: ele merecia ser punido pelo o que fez no passado.


- Tudo bem, já podem contar qual a treta da vez, senhores - disse Cammy apoiando seus cotovelos na mesa enquanto esperava respostas.


- Aposto que tem algo relacionado ao Taehyung, certo? - perguntou a mãe de Hoseok.


Os dois se encararam lançando um olhar de raiva, pareciam duas crianças brincando por um carrinho, mas na verdade era algo mais sério, brigavam por um amor e por um coração doce.


- Meninos, não viemos aqui para olhar as desavenças de vocês. Seja lá o que for, podem ir melhorando essas caras - disse o Sr.Jung perdendo a paciência.


- Tá, hoje eu posso fingir ser seu amigo e  melhor primo do mundo - disse Mae revirando os olhos.


- Pi, pi, pi, olha a ironia passando por aqui! - Cammy cantarolou recebendo um olhar feroz de sua tia.


- Por isso eu te amo priminha - disse Mae aos risos.


- Tá, apenas hoje será a trégua. Mas saiba que, não vou desistir dele tão fácil assim! - disse Hoseok encarando o primo.


- Taehyung! - disseram os pais e a prima de Hoseok em coro.


- Mas ele gosta de mim e você sabe - disse Mae em tom baixo, causando mais raiva no primo.


- Vamos sair logo daqui, está um dia lindo, venham! - disse Cammy cortando o clima - Quem sabe não encontro o Jungkook e...


- Quem deles é mais trouxa meu amor? - disse a Sra.Jung interrompendo Cammy - Desculpem crianças.


Todos caíram no riso com o comentário da mais velha. Logo se levantaram e saíram para curtir pelo campus, aproveitaram a trégua dos garotos. Tudo ocorreu bem, mesmo com oa olhares mortais de Jung Hoseok e Chin-Mae.




Notas Finais


Bom, primeiramente perdoem os erros porque eu acho que deve ter por aí. E outras coisas:

• A frequência dos capítulos está me incomodando, era pra estar bem mais avançado, mas eu estava tão ocupada que não há tempo. Agora que as férias tão batendo na porta, deve ir!

• Preparem os lencinhos e não me matem a partir de agora.

• Terão alguns especiais, narrados pelos personagens da história. Treta de quem vocês querem ver logo? (Obs: Terá de TODOS os personagens)

Bom, obrigadinha e até mais <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...