História Pela Metade! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Tags Drama Refira Família
Exibições 48
Palavras 790
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Mistério
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Apaixonadas?!


Regina: Preciso ir ao banheiro gente já volto

Rosangela: Tá

Rosangela : Bom aproveitando que a Regina saiu você sabe alguma coisa daquele coisa ruim do Malaver Sabiá?

Sabiá: Não, não ele só fica preso naquela casa escura e fria, igualzinha a ele

Laura: Quem é esse?

Rosangela: É um homem que vivia atrás da Regina,ele é obsecado por ela e foi um dos nossos motivos pra querermos mudar daquele lugar

Rosangela: Só porque ele salvou ela de um incêndio ele acha que é dono dela e da vida dela

Safira: Incêndio? –pergunta assustada

Safira: Me desculpe dona Rosângela mas é que eu fiquei curiosa

Rosangela: Não tem problema, eu vou te contar mas não conta que eu te falei pra Regina, porque ela não gosta que eu fique falando da vida dela pros outros

Safira: Pode ficar tranquila

Rosangela: Eu e a Regina morávamos numa casa simples até que um dia a casa começou a pegar fogo, ela era apenas uma menina,eu consegui  sair a tempo mas ela não, eu fiquei desesperada é claro e ele apareceu entro lá dentro da casa e tirou ela de lá, mas acabou ficando com uma parte do rosto queimado.

Laura: Que história impressionante gente, parece até coisa de novela

Rosangela: Poisé rs

Regina: Voltei

Ofélio: E pelo barulho de carro os donos da casa também

Rosangela: Ai meu Deus e agora?

Laura: Vamo arrumar tudo isso aqui rápido antes que eles entrem

E eles arrumam toda a sala e os donos da casa entram

Fortunato: Já chegou minha filha tão cedo?

Safira: Sim pai, eu não tinha muita coisa pra resolver na empresa e então resolvi voltar pra casa mais cedo

Fortunato: Hum entendi, e tá tudo bem por aqui?

Safira: Claro, tudo na mais perfeita ordem

Fortunato: Que bom

Mais tarde á noite...

Safira: É... Regina?

Regina: Sim?

Safira: Eu comprei um presente pra você, não é grande coisa, mas eu espero de verdade que você goste –diz dando uma caixinha rosa com um laçinho na tampa na mão dela e sorrindo um pouco tímida, Regina então abre e vê um colar prata preso numa almofadinha.

Regina: Um escapulário?, que lindo

Safira: Você gostou mesmo?, pode trocar por outra coisa se quiser

Regina: De jeito nenhum eu amei de verdade o presente dona Safira, obrigada

Safira: Ah não sem essa de dona, por favor-diz sorrindo já não tão tímida.

Regina: Tá, Safira

Safira: Deixa que eu coloco pra você –diz pegando o colar que estava na mão dela e Safira passa o colar pela cabeça dela e o arruma no pescoço dela.

Safira: Ficou muito bonito

Regina: Eu também achei - diz olhando pro colar

Safira: Que ele te proteja te dê muita sorte e que te faça lembrar de mim

Regina: Muito obrigada de verdade, foi o melhor presente que eu já ganhei, e eu nunca vou esquecer que você me deu

E Regina sorri pra ela e Safira fica encantada olhando pra ela.

Suzana: Não sei o que ela vê nessa sem graça -diz bufando de raiva e ciúmes enquanto observava Regina e Safira do lado de Laura e a mesma fica feliz por ver Suzana com incomodada.

Regina e Safira conversam mais um pouco e depois as duas decidem ir dormir e cada uma vai pro seu quarto.

Rosangela: Hum parece que essa noite tá fazendo muito bem pro humor de algumas pessoas rs –diz vendo Regina entrar no quarto sorrindo, perdida e com os olhos verdes brilhando.

Rosangela: Que cara é essa filha? rs

Rosangela: Filha?, Regiiina –diz o nome dela um pouco mais alto e ela desperta de seus pensamentos.

Regina: Ah oi mãe, se tava falando comigo?

Rosangela: Sim

Regina: Ah me desculpe eu estava com cabeça longe, o que foi que você perguntou?

Rosangela: Eu percebi rs, perguntei o porque dessa cara

Regina: É a única que eu tenho –diz rindo

E a mãe dela olha pra ela

Regina: É que eu tive uma noite muito legal, só isso.

Rosangela: Hum, entendi

E Regina se deita em sua cama e coloca o colarzinho que ganhou de Safira dentro da caixinha e guarda o mesmo dentro da gaveta de seu criado mudo, se acomoda pra dormir sorrindo e a mãe de Regina fica feliz ao ver a filha tão feliz.

Enquanto isso com Safira...

Aurora: Tá tudo bem Safira? –pergunta entrando no quarto da filha e vendo-a sorrir enquanto observava a noite pela janela

Safira: Melhor impossível

Aurora: Nossa e eu posso saber o motivo dessa felicidade toda? rs

Safira: Ah é a que a noite tá muito bonita hoje, é isso rs

Aurora: Então tá bom, eu vou me deitar boa noite filha –diz dando um beijo na testa dela

Safira: Boa noite mãe 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...