História Pelos olhos de Naruto - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi
Tags Autocontrole, Desejos, Naruhina, Romance
Exibições 33
Palavras 353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu sei eu sei demorei muito mas estou aqui

Capítulo 7 - Capítulo 07


Sim, está bem, confesso. Acho-a atraente.

Ela recita de cor a pergunta seguinte.

- seus amigos diriam que é fácil convencê-lo?

- sou uma pessoa muito fechada, Srta.  Hinata. Esforço-me muito para proteger minha privacidade. Não dou muitas entrevistas... - fazendo o que faço levando a vida que escolhi, preciso da minha privacidade.

- por que aceitou dar está?

- porque sou benemérito da universidade e, em termos práticos, não consegui me livrar da Srta. Sakura. Ela não parou de importunar meu pessoal de relações públicas, e eu admiro esse tipo de tenacidade. - mas estou contente que você tenha aparecido, e não ela.

- o senhor também investe em tecnologias agrícolas. Por que se interessa por essa área?

- não podemos comer dinheiro, Srta. Hinata, e há muita gente neste planeta que não tem o que comer. - olho para ela, inexpressivo.

- essa justificativa soa muito filantrópica. É algo que torna passional? Alimentar os pobres do mundo?

Ela me observa com um olhar intrigado, como se eu fosse um enigma, mas de jeito nenhum quero que ela enxergue minha alma escura. Essa não é uma área aberta a discussão. Passe para outra, Naruto.

- é um negócio inteligente - murmuro, fingindo tédio, e me imagino fodendo aquela boca para me distrair de todos os pensamentos de fome. Aquela boca precisa mesmo de treino, e imagino-a ajoelhada na minha frente. Essa idéia, sim, é atraente.

- o senhor tem uma filosofia? Caso tenha, qual é?

- não tenho uma filosofia propriamente dita. Talvez alguns princípios orientadores. Como diz Firestone: " O homem que adquiri a habilidade de tomar posse completa da própria mente pode tomar posse de qualquer coisa a que tenha direito". Sou muito singular, ambicioso. Gosto de controlar,  a mim e a quem me cerca.

- então gosta de possuir coisas?

Sim, baby. Você,  para começar. Franzo o cenho, espantado com a idéia.

- quero merecer possuí-las, mas sim, em resumo, eu gosto.

- o senhor parece ser um consumidor voraz. - a voz dela tem um tom de desaprovação, o que me deixa puto de novo.

- eu sou


Notas Finais


Espero que tenham gostado e eu não sei quando vou postar de novo mas as férias tão chegando então vai da pra postar com mais frequência, fui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...