História Pensamento de uma Suicida. - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~Relesh--

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescência, Drama
Exibições 17
Palavras 420
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


...'' Muitas pessoas escondem muito bem, sua própria tristeza.''

Capítulo 8 - O Certo do Errado.


Fanfic / Fanfiction Pensamento de uma Suicida. - Capítulo 8 - O Certo do Errado.

Quanta futilidade'

Sempre quis fechar a boca de muita gente que não acredita', no meu potencial, mas a verdade é que eu sempre os dei motivos, por assim dizer. O mundo as vezes nos limita, nos machuca, nos deixa sem chão.

Eles sempre falaram que sou uma imprestavel...''Vagabunda''

Talvez eu seja, uma pessoa desnecessaria.. Mas não é como se eu quisesse estar aqui, pois eu não quero. Vida ''miseravel''

Odeio tudo aqui' ... Minha mãe nunca conseguiu me entender e nem fez muito esforço. Queria chorar, mas ando tão fraca, que já não existe mas lagrimas, para tal coisa. Nunca fui fraca muito pelo contrario sempre tentei não demonstrar meus sentimentos, mas é que já não consigo ser dura...

To acabada, não quero mas isso... Me perguntaram se queria isso?! Não me colocaram aqui' Coragem é uma coisa que me falta, se eu a tivesse já não estaria nesse mundo. Drama' não moleque, o que eu aguento sorrindo, tenho certeza que você não aguentaria nem chorando. 'O que eu to fazendo da minha vida?' Se eu ao menos soubesse a resposta acho que seria tão mais facil.. 

Não me permito acreditar, que Tudo isso está acontecendo comigo, meu coração doi, minha falta de ar voltou, e trouce consigo os pesadelos, que eu não estava nenhum pouquinho com saudades. Hoje de manhã eu chorei, não porque eu quis, chorei porque eu não quero mais estar aqui'.

Talvez lá' não seja algo ruim.. Minha cabeça doi, nela crio perguntas e afirmações que eu sei qual é a resposta, mais não creio a acreditar. 

Sou ignorante?Não, só estou cansada de viver numa casa, que pareci que as pessoas 'te aturam' . Quando sai de casa, senti uma liberdade, tenho saudades. Nunca imaginei que voltaria pra casa, não que eu me arrependa, acho que nunca me arrependi de nada que passei, e acho que não teria mais forças pra passar tudo de novo. 

Talvez eu seja complicada, e rude.Mas não por que eu quero, é que tem certos dias que prefiro ficar quieta no meu Proprio mundo , pelo menos lá ninguém me critica, me irrita, me xinga. 

Todavia, no momento, me encontro cansada, prometi que não me cortaria, mas já não importa. Tento procurar maneiras de me distrair pra não fazer nada de errado , mas é tão bom, quero sentir mas uma vez o alivio. Se posso me sentir bem, eu posso sim, eu quero. Ninguém vai saber mesmo... 

'A vida está ruim, se perguntarem diga que morri feliz' [21:38 14/10] Visualizado


Notas Finais


Desculpa a demora, sem animo pra continuar, to procurando alguém que queria me ajudar. É so me procurar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...