História Pensamentos de uma adolescente em crise - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Ficção Adolescente, Romance
Exibições 22
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo 2 - Minha vida amorosa é ... Um lixo!


Fanfic / Fanfiction Pensamentos de uma adolescente em crise - Capítulo 2 - Capítulo 2 - Minha vida amorosa é ... Um lixo!

"Desde o primeiro momento em que eu percebi o que eu estava sentindo por ele, eu tinha uma certeza... 'Vai dar merda!"


Quem nunca se apaixonou na vida? E pior, quem nunca se apaixonou pela pessoa errada?

Se a sua resposta à essas duas perguntas forem não, acredite, você é uma pessoa de muita sorte, uma sorte que eu não tenho.

Antes de eu ser amiga do Rapha, eu odiava ele com todas as minhas forças, é serio! Nem parece porque eu e ele vivemos agarrados, mas eu detestava ele. Antes dele chegar eu, a Mel e a Emma éramos o trio inseparável, um trio fechado, onde ninguém mais podia entrar, eu sei que "panelinhas" não são muito maduras, mas nunca deixamos de nos relacionar com os outros, só mais melhores amigos não eram permitidos, até que a Mel arrumou um melhor amigo: o Rapha.

E no que dependesse de mim ele nunca faria parte do trio, mas a Mel me convenceu a ser legal com ele e eu ganhei um amigo incrível, que no final entrou para o trio e viramos um quarteto.

Mas em março, eu senti que alguma coisa tinha mudado, mas ai eu ignorei, não devia ser nada, mas ai foi crescendo, crescendo, crescendo...

Então em agosto eu resolvi contar pra Emma e ela me olhou e disse:

-Porra Gabi, fodeu!

Então eu me desesperei e contei pra Mel, a reação dela foram risos e vários "Não acredito" enquanto eu fazia sinais para ela não demonstrar reação, o que não adiantou muito.

No fim ela me deu uns conselhos, mas nada que impediu o sentimento de crescer.

Eu odiava e amava quando a Mel faltava, amava porque eu ficava sozinha com o Rapha e toda a atenção dele vinha para mim e odiava porque eu ficava sozinha com o Rapha e toda a atenção dele vinha para mim.

E eu tenho mania de empregar uma música pra momentos da minha vida e a música que me fazia lembrar dele é a música Closer de The Chainsmokers e na última vez que ficamos "sozinhos" estávamos no laboratório de informática, ouvindo música e adivinha que música ele colocou? Te dou 5 segundos pra responder

5

4

3

2

1

Sim, ele colocou Closer, por fora eu estava com a expressão tranquila, mas por dentro eu estava tipo, porra é o destino, vamos casar na praia, morar em Nova York, ter dois filhos e um cachorro chamado Rex.

E ao final do dia eu e ele estamos marcados de mordidas pelos braços, inclusive estou com uma nas costas nesse exato momento, (só rolaram mordidas, nada mais, infelizmente).

Mas se você pensa que eu exagerei quando disse que minha vida amorosa é um lixo, não se iluda! A merda vai vir agora.

No fim de semana que aconteceu tudo isso eu fui viajar( era sexta à noite e eu me virei nos 30 pra esconder aquela puta marca que estava estampada no meu braço da minha mãe), ah e antes que eu me esqueça, ainda tem o Alex, um garoto de 15 anos que esta nutrindo um "amor platônico" por mim desde o começo do ano e só tomou coragem pra falar comigo agora em novembro, ele é fofo e tals, mas não é ele quem eu quero.

Voltando, eu estava viajando e era uma terça-feira e bateu a bad em mim, comecei a pensar no Rapha e escorei na sacada da varanda da casa, que dava vista pra rua e um filha da puta fez o grande favor de colocar um sertanejo sofrencia que piorou minha situação, quando me dei conta eu estava chorando e eu  tinha prometido à mim mesma que nunca choraria por um garoto, pois é, e ali estava eu quebrando minha promessa, então foi ai que eu tomei a pior e a melhor decisão que eu poderia tomar: mandei mensagem pra Emma.

E o que aquela vadia  fez? Mandou mensagem pra ELE perguntando  se ele ficaria comigo (P.S: ela fez isso sem minha autorização), e o que ele respondeu?

Que ele já sabia que ele era meu Crush, metade do meu mundo caiu, mas ela não parou por ai, ela perguntou de novo e enquanto esperávamos a resposta, ela via outras coisas e ficávamos tipo:

-Ah meu Deus!

Ai eu entrava em desespero:

-O que? Ele respondeu?

-Malec vão brigar na segunda temporada.

E eu ficava putassa com isso, por fim ele respondeu e a outra parte do meu mundo acabou de cair: "Eu gosto de outra garota"

Bom, eu quase entrei em depressão de verdade, como eu ia olhar na cara dele de novo, a nossa amizade nunca mais seria a mesma.

Eu não falei mais com ele naquela semana que eu estava fora, mas eu teria que voltar um dia e encarar tudo e ainda tinha tinha o Alex querendo ficar comigo, ele disse que poderia me fazer esquecer o Rapha (que pra piorar a treta é amigo dele e o Alex náo sabe que o Rapha é o outro por quem eu estou apaixonada) então eu voltei, e quando eu pisei o pé dentro daquela escola eu não pude mais voltar atrás.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...