História Pensamentos de uma adolescente em crise - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Ficção Adolescente, Romance
Exibições 8
Palavras 539
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Capítulo 6 - Saía da minha cabeça e caía em meus braços


Fanfic / Fanfiction Pensamentos de uma adolescente em crise - Capítulo 6 - Capítulo 6 - Saía da minha cabeça e caía em meus braços


"- Ele me machuca e nem se dá conta disso.

- Opa! Senti um duplo sentido nessa frase.”

Hoje eu escrevo, pra dizer que a cada dia que passa eu estou pior, o Raphael está acabando comigo, não que seja culpa dele.

Eu fiz de tudo, desde o começo para não me dar esperanças falsas, pra não fazer mil e um planinhos, pra não me apaixonar mais. E olha pra mim agora, estou em baixo do poço, não encontro a maldita luz no fim do túnel, acho que porque eu estou longe da saída.

Eu só queria que isso parasse, que ele saísse de mim, da minha cabeça, do meu coração, mas isso é só quando estamos longe um do outro como agora, por que quando estamos no mesmo espaço tudo o que eu quero é ter ele perto de mim, e sentir os braços dele ao meu redor, quando ele me abraça é como se tudo se encaixasse, é como se não existisse nada além de nós, mas quando ele me solta é como se uma parte de mim fosse embora me deixando vazia, os momentos com ele são os melhores.

Preciso vê-lo pro meu dia começar, preciso ouvir a voz dele pra coisas ao meu redor ganharem som.

Confesso que nunca achei que me veria assim, tão dependente de alguém, principalmente do Raphael.

Mas a cada vez que ele fala o nome da outra garota, que ele diz que esta mal por ela, ou cada vez que a Allina chega perto dele eu tenho vontade de morrer ali mesmo.

Como eu quero que isso passe logo! Mas já vai fazer um ano daqui a 4 meses. Vou estar na escola técnica (eu espero) até lá, e só vamos nos ver uma vez por dia, vou sofrer muito com isso mas por um lado vai ser bom.

Que ódio, estou tão cansada de chorar! Por que as pessoas tem a mania de querer quem elas não podem ter?

Só Deus sabe o quanto eu tentei ficar com o Alex, o quanto a possibilidade de eu aceitar passou pela minha cabeça, mas toda vez que eu ia dizer sim, eu não conseguia por pensar no Raphael, por saber que não era ele dizendo pra mim o quanto eu sou linda ( não querendo ser convencida, mas o Alex falava muito isso pra mim) que ele sentia saudades, que queria que nós ficassem os juntos e que para isso esperaria o tempo que fosse necessário, mas não era ele.

E aqui estou eu, quebrando minha promessa pela enésima vez, esperando por uma mensagem, esperando até o meio dia para vê-lo de novo e sabendo que vou quebrar de novo quando ele for embora.

Eu fico me perguntando o que eu fiz de errado pra merecer isso, sei que não parece muita coisa, mas o sentimento não correspondido é o que mais dói.

Mas as vezes acho que ele brinca comigo, ele sabe o que eu sinto e me morde, fica mais perto do que deveria ou encosta a testa dele na minha, quando ele faz isso eu perco o fôlego, e me sobra 5% de juízo que tenta se afastar, mas quem disso que eu consigo?

Pois é, estou condenada.


Notas Finais


Sei que está um pouco mais depressivo do que o normal, mas a coisa tá foda!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...