História Pequena híbrida - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals
Personagens Camille O'Connell, Davina Claire, Elijah Mikaelson, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Jackson Kenner, Joshua "Josh" Rosza, Klaus Mikaelson, Marcellus "Marcel" Gerard, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson
Tags The Originals
Exibições 78
Palavras 1.828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Capítulo novo!

Espero que gostem!

Capítulo 23 - Aurora bitch de Martel


Fanfic / Fanfiction Pequena híbrida - Capítulo 23 - Aurora bitch de Martel

Quando chegamos na mansão Elijah, Klaus e Freya vão abraçar Kol.

----- bem vindo de volta! Klaus diz.

----- Você não mudou nada! Elijah sorri avaliando o irmão.

----- Você também não irmão! E você deve ser a irmã perdida! Kol deduz olhando Freya.

----- Adoro reencontro de família! Falo sorridente e Elijah me abraça dando um beijo no topo da minha cabeça.

----- Já não basta Davina e Kol vocês também vão começar? Rebecka pergunta e Klaus fecha a cara na mesma hora.

----- Por que não vai procurar o Marcel! Falo e ela mostra a língua pra mim.

De repente uma faxineira que limpa a mansão entra assustada falando coisas sem sentido, ela matinha uma faca no pescoço. Quando Klaus usa sua velocidade vampiresca para impedir a mulher, a mesma enfia a faca em sua garganta caindo no chão morta. Coloco minha mão na boca para abafar um grito.

Quando olho para trás fico sem reação ao ver Lola e John de boca bertas.

----- Mais que porra é essa! Eles falam juntos descendo as escadas as pressas.

Fodeu tudo!

----- Ela... Ela ta morta? Lola gagueja apontando para a mulher.

----- Eu não sou médico mas acho que sim! Jonh da de ombros.

Fico surpresa com a frieza dele.

Klaus se aproxima da mulher se agachado pegando um papel que estava dobrado na mão da mesma e lê com atenção.

----- Que diabos é isso? Rebecka se junta com os irmãos ao lado do corpo e Klaus entrega o bilhetinho. Rebecka faz uma cara de espanto depois de ler.

----- Aurora! Klaus diz com ódio.

----- Quem seria essa? Pergunto.

----- A maluca ex do Nick. Kol sussurra no meu ouvido e arqueio as sobrancelhas.

Ótimo gosto para mulheres! Penso.

----- Não devíamos chamar a Polícia? Lola levanta os braços histérica.

Klaus usa sua velocidade vampirescas ficando na frente de Lola que fica de boca aberta.

----- Você vai ficar calma Love! Klaus segura seu queixo obrigando Lola a olhar em seus olhos compelindo ela.

----- Não toca nela! John parte para cima do Klaus e leva um soco na cara caindo no chão e Klaus sorri vitorioso.

----- John! Vou socorrer ele, Elijah e Kol seguram Klaus para ele não voar em John novamente, enquanto Rebecka e Freya amparavam Lola.

Klaus não precisava ter sido agressivo.

John rosna de raiva olhando para o chão e me agacho ao lado dele levantando um pouco sua cabeça para poder ver aonde machucou e tenho toda a certeza que seus olhos estavam amarelos mas logo voltaram ao normal, ninguém além de mim tinha notado.

----- Não foi nada! Ele diz ríspido virando a cabeça para o lado.

Ele é um lobisomem! Tenho toda a certeza! Isso explica seu temperamento agressivo e explosivo. Será que o mundo sobrenatural sempre esteve bem diante dos meus olhos e eu nunca percebi?

John e eu teremos uma conversinha depois.

----- Parece que nossas semanas normais foram por água baixo! Freya comenta triste vendo dois vampiros de Klaus retirarem o corpo da mulher e depois limparem o chão.

---- Falando nisso onde está Kate? Questiono percebendo que até agora ela não apareceu para ver a confusão.

----- Ela saiu para dar uma volta, mas ainda não volto! Estou preocupada! Ainda mais agora que todas as histórias que ouvi por ai sobre vampiros é verdade! Lola fala surpreendo a todos menos a mim, ela é esperta e sempre gostou de sagas e séries de vampiros como crepúsculo e true blood.

Pego meu celular e disco o número de Kate ela não demora muito para atender.

----- Coloque no viva voz! Uma mulher fala e não é a minha irmã. Fico desespera mas faço o que ela manda.

----- Olá Nik e família Mikaelson! Espero que vocês tenham recebido meu bilhetinho!

----- Sempre dramática Aurora! Klaus fala e Aurora da uma risada anasalada do outro lado da linha.

----- Que pena que você não gostou do meu poema Nick, mas eu tenho alguém aqui comigo que adorou, não é pequena Kate? Esculto os gritos de Kate abafados talvez por um pano.

----- Toque num fio de cabelo da minha irmã e eu te mato sua vagabunda! Ameaço.

----- Que bonitinho! Defendendo a irmã! Se você quiser cumprir essa ameaça klaus tem todas as pistas de onde eu estou com sua preciosa irmã Kate. Ela desliga.

Se essa vadia tocar na minha irmã Klaus vai ser o menor problema dela!

POV Klaus

Nunca pensei que veria Aurora depois de tanto tempo, a primeira mulher que quebrou meu coração e contribuiu para eu me tornar a fera o que eu sou hoje. Se ela acha que vou poupa-lá por algo que eu senti a décadas atrás ela está muito enganada! O papel continha o endereço da praça Jackson Square, Aurora sempre gostou de joguinhos.

----- Irei prepar o feitiço de localização, Luna será que você teria algo que fosse da sua irmã? Freya pergunta.

----- Claro vou buscar! Luna vai e volta como um foguete trazendo um objetivo de sua irmã e Freya vai prepar o feitiço.

---- Feitiço? Ela é uma bruxa? A ruivinha amiga de Luna parecia chocada.

Olho para Kol e ele entende o recado.

----- Prazer ruivinha sou Kol Mikaelson! Seria um prazer contar a história da família para você, por que não vem comigo e deixa os adultos cuidarem de tudo? Kol se apresenta pegando a mão dela e depositando um beijo.

----- Tudo bem! Eu vou, mas só por que Luna parece confiar em vocês! Ela encara Luna que balança a cabeça em concordância.

----- Vocês duas so podem estar loucas em confiarem nesses sugadores de sangue ou sei lá o que! O ex de Luna fala me encarando.

Minha paciência com esse cara ja estava esgotando. Me imaginei arrancando sua cabeça do corpo e me senti melhor.

----- Você também vem o nervosinho! Kol arrasta John com um pouco de violência e os três somem pela mansão.

----- Se Aurora de Martel está aqui New Orleans há uma chance de Lucian e Tristan também estarem por traz disso! Rebecka deduz.

----- Nossa irmã está certa, Lucian e Tristan são como dois cachorrinhos atrás da Aurora! Não me surpreende se eles estarem concordando com as loucuras dela! Elijah fala enquanto consola a minha pequena híbrida!

----- Não sei quem é essa vaca de Martel mas não vou deixar que ela encoste o dedo podre dela em minha irmã! Luna diz com sangue nos olhos me deixando orgulhoso!

----- Eu vou com você Klaus! Ela diz convicta, todos ficamos calados ja sabendo que não iríamos fazê-la mudar de idéia.

Enquanto Luna se prepara para irmos, Elijah me puxa para o canto.

----- Cuide dela irmão, Aurora vai tentar de tudo para atingi-lo, não acredite em uma palavra que aquela mulher disser! Não deixe que seus sentimentos por Aurora te ceguem!

É impressão minha ou meu querido irmão nobre está escondendo algo?

----- Pode não parecer mas me importo muito com a Luna, nunca deixarei que alguém a machuque. Ela está segura comigo! E sobre a Aurora, meus sentimentos por ela ja não existem. Agora se me der licença irmão eu tenho uma ex para matar! Sorrio diabolicamente e puxo Luna para fora da mansão.

POV Aurora

Com as instruções que eu dei Nick e a Lunazinha logo chegariam para resgatar a pequena Kate e assim poderei começar o meu Show. Estou em New Orleans a tempo o suficiente para saber cada corda que tenho que cortar para toda a família Mikaelson cair. Olho para Kate que estava dormindo depois de espernear por ajuda, ela é apenas uma isca para atrair aqueles dois e então ai que vai começar o meu plano de destruir tudo que Klaus e Elijah amam. Sim, Klaus ama sua própria cunhada so é burro demais para perceber e admitir. Primeiramente quando cheguei aqui pensei que a mulher da vida de Klaus era a doce e corajosa bartender Cami, mas foi quando espiei Luna e Klaus passeando pelas ruas do Quartel francês que percebi a forma como os dois se olhavam e se preocupavam um com o outro.

Depois desse dia comecei a pesquisar sobre a Híbrida e descobri coisas bem interessantes sobre sua espécie, principalmente quando ativam a maldição de lobisomem. O que eu irei fazer com ela será bem pior do que a morte isso irá mudar para sempre a visão de anjo que Elijah e Klaus tem sobre ela.

Klaus merece isso por ter me abandonado com aqueles dois idiotas do Lucian e do Tristan fugindo do Mikael e Elijah mais ainda por ter me privado da felicidade de estar ao lado do Nik meu único amor por quase mil anos! Irei usar esse segredo para afastar de vez Elijah de Klaus.

----- Bom dia flor do dia! Falo vendo Kate acordar um pouco atordoada, dormir em uma cadeira com as mãos presas não deve ser muito confortável.

----- O que você quer de mim sua louca?

----- Com você nada! Mas com a sua irmã muitas coisas.... sorrio diabólica.

---- Agora volte a dormir! Falo olhando no fundo dos olhos dela e ela obedece.

Foi sorte minha ela não usar verbena.

----- Já faz muito tempo Aurora! Uma voz ecoa sobre o galpão, uma voz que reconheci muito bem, mesmo quase mil anos sem ouvi-la.

Me volto para a sombra que sai do escuro, Nik não avia mudado nada, apenas o cabelo que estava mais curto.

E logo atrás dele vem a híbrida, não sei o que os irmãos viram nela! Menina sem sal!

----- Olá Nik, Luna! Faço uma reverencia de época.

----- Solta a minha irmã sua louca! Ela rosna e tem que ser contida por Klaus que a segura pelo braço, acalmando-a apenas com o olhar.

Isso me da uma certa raiva.

----- Calma Lunazinha! Já esta ficando repetitivo vocês me chamarem de louca! Fingo indignação.

----- Talvez porque você seja louca Aurora! Klaus fala.

----- Bem! Você amava essa louca! E não venha me dizer que não sentiu nada ao me ver Nik, que momentos de nos dois juntos não vieram em sua mente! E uma parte sua, mesmo que uma pequena ainda me ama Nik! Falo com lágrimas nos olhos e ouso a risada irônica dele ecoar pelo galpão e Luna revirar os olhos de deboche.

Não o culpo, ele ainda acha que eu o abandonei por escolha própria, quando ele souber que o culpado da nossa separação foi seu próprio irmão....

----- Vamos parar de palhaçada Aurora, vou te dar duas escolhas você solta a Kate e vai embora de New Orleans e nunca mais volta ou você fica fracassa nessa sua vingança inútil e eu te faço sofrer de modos que essa sua mente mimada nem pode imaginar! Klaus fala ameaçadoramente e vou me afastando para trás a medida em que ele se aproxima.

Luna corre ate a irmã e tenta solta-lá das cordas.

---- eu não faria isso se fosse você, eu compeli a Kate e se acontecer algo comigo a pobrezinha vai cortar sua própria garganta.

----- Klaus não! Luna grita e Klaus que estava pronto para atacar recua.

----- O que você quer Aurora? Luna toma a frente da situação!

----- Primeiro eu quero que você e Klaus se beijem! Sorrio vendo a cara de espanto dos dois.


Notas Finais


Quem acompanha a fanfic por favor comente e vote, pois isso me anima muito pra continuar a escrever.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...