História Pequenas esperanças ( Emison ) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Courtney DiLaurentis, Emily Fields, Hanna Marin, Spencer Hastings
Tags Emison, Ezria, Haleb, Jaria, Pll, Sashay, Spaleb, Sparia, Spoby
Exibições 174
Palavras 3.158
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Boa noite Alison


-tá tudo bem? 

Ouço ela perguntar. Ela deve ter percebido a minha inquietação. Eu me remexia no banco, ajeitava meu óculos,  esfregava as minhas mãos.  Tudo porque eu não sabia como ela vai agir, quando ver as meninas.

-haram. Foi apenas o que saiu da minha boca.

O filme dura em média 2 horas, por aí,  então como são apenas oito horas da noite com as duas horas ... eu provavelmente iria embora as 22h. Mas como eu já conheço um pouco de hanna,  essa não será a hora que eu vou lá para casa.

 

X

Emily estacionou o seu carro na vaga do shopping. Ela está linda. Com uma calça preta, que marca bem suas pernas e sua ... hm. ... deixa para lá, uma blusa branca acompanhando por uma camiseta de flanelas vermelha, e uma bota.

Emily me guiou por dentro do shopping. Isso me causa arrepios, pós faz um bom tempo que não piso em um ... na verdade existe vários lugares que eu parei de pisar. Ela me leva até em frente um elevador ... O QUE?

-Alison,  ei volta aqui! Ela me chama quando eu fico em uma certa distância. 

-E-Eu não v-vou entra aí. Digo apontando para o elevador. 

-Por que? Ela parecia preocupada. Awn que fofa,  ela se preocupa comigo.

-Eu ... eu tenho claustrofobia.  Digo olhando ela que faz cara de confusa. -Quem tem medo de lugares fechados. Digo e ela soltam um "aah ta"

-po-podemos ir de escadas se você quiser. 

-sério? Pergunto sem acreditar

-haram,  vem. Eu escuto bem baixinho ela falar 'sério mesmo'.

-que saber, pode ... Pode ir no elevador, eu vou pela escada. Digo e ela apenas concorda e volta para o local. A escada e rolante, ela não poderia vim junto?

Depois de subir longas e lentas 6 escadas rolante, finalmente cheguei no último andar.

Eu começo a andar até que eu vejo as meninas reunidas. Eu me aproximo um pouco envergonhada, pós a cara de Emily não é a das melhores.

-podemos conversar? Ela pergunta é eu apenas confirmo com a cabeça. Eu coloco meus óculos no bolso do meu macacão e escuto Emily falar baixo um 'assim não dar'. -Por que chamou elas? Pergunto Emily sem olhar nos meus olhos.

-hm ... eu, eu não sei, você não falou nada de ser só nós duas. Digo, eu sei bem como se safar em diversas perguntas.

-am... É?  Vem vamos compra os egressos.

Eu não sei que filme as meninas escolheram, pós eu fui comprar as pipocas com hanna. Ela comprou tanta coisas, que eu acho que eu poderia viver um mês sem compra comida, penas comendo o que ela comprou.

-meu deus, vocês vão alimentar uma criança na África? 

-isso é preconceito. Disse Spencer repreendendo emily. 

-deixem de brincadeira besta pessoal, vamos que falta apenas 5minutos.  Escuto aria falar. E logo todas nós vamos para a sala.

Todas nós sentamos na última fileira, emily fez questão de se sentar no fundão.

-vocês vão acabar a pipoca antes mesmo do filme começar!  Briga Spencer.

-a hanna que começou a comer. Fala aria de boca cheia,  eu acabo soltando uma risada. 

-Por que tudo eu? Eu nem encostei na pipoca! Hanna estava indignada.

INVOCAÇÃO DO MAL 2

Aí meu Deus,  essas meninas querem me matar ou o que? 

-esse não é o filme que eu estou pensando não é?  Pergunto para emily ao meu lado.

-Se você está pensando em demônio, espírito e o diabo que for, é sim. Ela solta uma risada gostosa de se ouvir. Eu sei que esta um pouco escuro, e a única luz que tem por aqui e do telão passando propaganda, mas eu consigo ver um sorriso malicioso se forma em seu rosto. -Se quiser deita aqui. Ela bem em seu ombro. Isso é normal entre amigas? Não tenho muita escolha, ou me agarro e emily, sentindo o seu delicioso perfume, que já estou viciada, ou me agarro na poltrona. 

Eu subo o negocinho de suporte e me aconchego em seu corpo. Ela passou os braços nas minhas costas me abraçando.  Seu corpo e quente ... e cheiroso. Eu fecho os meus olhos só sentindo um leve carinho de suas mãos em minhas costa. Emily e uma fofa, só esconde esse lado.

Pov's alison of

Pov's emily on

Não vou mentir,  fiquei um pouco chateada sabendo que as meninas estão aqui. Mas eu acabei nem ligando,  a partir do momento em que ela tirou aqueles óculos e eu pude ver os seus lindos olhinhos eu esqueci. Ela estava certa, eu só a chamei para sair, não disse que era um encontro entre nós duas. Quando entramos na sala não tinha muitas pessoas, alison estava toda alegrizinha,  até que descobriu qual filme que vamos assistir.  Já faz um tempo em que eu queria assistir esse filme mesmo.

Ela acabou aconchegando em meu corpo. Não posso mentir, eu me arrepiei só de sentir sua respiração próximo ao meu pescoço,  como estava um frio pelo ar condicionado, eu  coloquei uma parte do meu casaco por cima dela ainda usando o mesmo, e sem perceber eu fazia carinho em suas costa.

Eu olho para o lado e vejo as meninas concentradas no filme, eu pego o refrigerante e ofereço a alison que recusa. E assim ficamos agarradas no filme inteiro, eu percebi que ela até dormiu.

X

-o que passa entre tu é Alison?  Pergunta aria.  Nós duas fomos compra um lanche na praça de alimentação. 

-nada. Digo seria.

--tem certeza?  E aquele agarrado todo durante o filme ?

-ela estava com frio eu só fiz ajudar. Eu rolo os olhos e olhando para a mesa onde estão as outras.

-emily,  a Alison não é a tal garota que você quer que te ajude a passar de ano não né? Ela pergunta me fazendo ficar sem palavras. 

-50 Dólares. Disse o atendente me salvando. 

A ria ficou olhando para mim durante todo o lanche. E finalmente fomos embora.

-eu gostei do filme. Disse Alison olhando pela janela do meu carro.

-tem certeza? Você não estava dormindo? Perguntei e ela se encolheu

-Desculpas.  Ela fala envergonhada

-Desculpas por que? Eu gostei de ficar daquele modo contigo. Digo com meu típico sorriso cafajeste. Depois de estacionar o carro em frente a minha casa alison apenas dar um beijo em minha bochecha e corre para casa.

Como assim um beijo na bochecha?  Ela é doida ou o que? Se fosse qualquer outra menina já estava no meu quarto agora mesmo ... mas esse  é o problema ... Alison não é qualquer menina.

Pov's Alison on

Ontem a noite foi perfeito,  eu estava com a emily, com as meninas, com a emily,  e pela primeira vez em um cinema e por fim com a emily. Será que eu estou muito apaixonada? 

Eu vou fecha as janelas quando vejo emily sentada em sua cama com o caderno. 

[ Boa noite ] eu corro pego meu caderno e escrevo

[ Boa noite ;) ]

Eu a vejo rir e acaba fechando a sua cortina. Hoje poderia acabar melhor com um beijo ... mas está muito cedo.

-

-como foi ontem? Meu pai pergunta depois que eu me sento.

-foi legal,  apesar de eu ter dormindo durante o filme. Digo animada e ele sorri pata mim. Eu olho para courtney que tinha uma cara fechada,  eu olho para cece e ela murmura um " me conta tudo".

-

Eu chego na escola um pouco atrasada por causa de Jason.  Eu vejo todas as meninas na entrada do colégio. 

-Não vai matar aula. Disse Jason e segue seu caminho com courtney.  Que ironia.

-e meninas. As comprimento todas.

Aria está muito alegre hoje por sinal, hanna está conversando com alguém em seu celular, Spencer conversando animadamente com aria, e emily, esta ainda dormindo.

-Alisoooon!  Grita aria se levantando e me abraçar. 

-Oi, que alegria. Digo

-e para falar a verdade estou muito alegre. Ela fala e volta a se sentar. Olho para emily que acordou com o grito de aria,  eu vir ela dando um leve sorriso, mas eu tenho certeza que seus olhos estão fechados por causa dos óculos escuros. 

-gente eu queria fazer um convite. Digo e ambas me dão atenção até emily. 

-para de suspense e fala logo. Disse hanna desligando o celular

-eu queria convidar vocês para minha audição. Digo seria.

-audição?  Pergunta hanna

-você vai ser presa? Pergunta emily

-não,  não,  é para o clube do coral. Digo

-ah, e quando vai ser? Pergunta Spencer

-na hora da saída. Digo empolgada.

-vai virar cantora alison? Debocha emily

-não mas eu gosto de cantar. 

-

Pov's emily. 

Eu andava pelo corredor vazio, já estava preste a tocar para a saída. Hoje até que foi um dia legal, principalmente a dura em que o professor deu em alison por chegar atrasada, e ainda disse que eu e as outras estamos levando ela para o mal caminho.

Eu andava a subindo quando eu sinto alguém me empurrar para dentro do banheiro

--tá maluca? Pergunto ajeitando minha jaqueta.

-o que ... o que você está fazendo emily? Ela pergunta incrédula

-do que você tá falando

-você está ficando com as gêmeas? 

-a aria, eu não estou ficando com as gêmeas digo seria.

-Não?  E o que foi aquilo de baixo das arquibancadas?  

-olha eu fico com a gêmea um, e sou amiga da dois. Digo em deboche.

-Não acredito que você está fazendo isso. Ela se apóia na pia

-eu não estou fazendo nada e tudo da sua cabeça. Digo seria mas por dentro estava rindo.

-aria, eu não tenho nada com a quatro olhos, e sim com a gata da irmã dela, a alison e só minha amiga. Digo  eu olhei para a porta e vir alguém fechar a mesma.

-Então a alison não é a nerd que você vai usar?  Ela pergunta esperançosa

-eu joguei esse plano fora, vou tentar passar por meus esforços.  Eu deveria ganha o prêmio Nobel pela mentira do ano.

-eu vou confiar em você.  Ela fala seria e eu passo seus braços pelo meu ombro

-e só isso que eu peço gatinha.

-Você não vai se arrepender ein! Ela fala e eu não seguro mais o riso.

-vem vamos para a audição de Alison DiLaurentis. Digo

Pov's emily of. 

Aria e emily foram as últimas a chegarem no auditório. 

Lá se encontrava alguns alunos, " perdedores" como emily murmurou ao entrar. Ela viu as outras sentadas no meio.

-onde está alison?  Pergunta emily depois se sentar 

-lá na frente, por que vocês demoraram? Perderam 5 apresentações. 

-me poupe hanna,  estou aqui para assisti alison e não esses manes. Emily rolos os olhos.  Ela se inclinou um pouco a cabeça mais para cima, e quando viu alison deu um aceno que logo a loira respondeu. 

Mais 2 alunos se apresentaram, o que já era o máximo para emily ficar no tédio. 

-DiLaurentis! Chama a velha sentada na primeira fila. Logo as meninas fizeram a maior bagunça asuviando, gritando e batendo palmas.  -meninas silêncio!  Gritou a Sra. Karten. 

Não tinham muitas pessoas no auditório,  tirando os 8 alunos que se apresentaram e alguns amigos dos mesmo.

Alison ia em direção a um piano deixando as meninas surpresas.

-meu nome é Alison DiLaurentis e eu vou cantar fools de lauren Aquilina. 

Alison já estava no banco preparando se para tocar as primeiras notas, o seu medo de ser humilhada começava a aparecer, mas ela não queria desistir agora.

Ela olhou por última vez para platéia,  mais especificamente em emily. 

-Aqueles mais difíceis de amar mais precisa

Eu assisti os nossos corpos se voltam para fantasmas tão bons amigos, ele tem que terminar, ele sempre faz

Essa é a forma como a vida é, vamos correr esse risco? e por isso tudo se resume a isso

Temos o nosso objetivo, mas podemos perder nós somos muito frágeis apenas para adivinhar

Todos ouviram alison tocando perfeitamente as suaves notas em que saia do piano ao tocar e a sua voz linda. Ela estava nervosa,  mas isso não a impediria de cantar.

-ela canta bem.  Disse aria baixo.

-cala a boca! Reclamou emily,  já hipnotizada pela voz de alison. 

E eu estive neste lugar antes

Belas como somos, mas queremos mais isso é a natureza humana no seu melhor

E se estragar tudo e nós amamos como loucos?

E todos nós temos, nós perdemos?

E eu não quero que você vá, mas eu te quero tanto

Então me diga o que nós escolhemos amigos, eu vi como nós mudamos

Os sentimentos na minha headspace reorganizados

Eu quero você mais do que eu queria que ninguém não é perigoso?

A expectativa antes do beijo, espelhado em meus lábios tremendo Oh, Deus, eu me sinto tão despreparada

Os dois de nós para fora do lugar meus sentimentos escritos no meu rosto

Tem o que eu quero, mas agora estou com medo

E se estragar tudo e nós amamos como loucos?

E todos nós temos, nós perdemos?

E eu não quero que você vá, mas eu te quero tanto

Então me diga o que nós escolhemos

O que nós escolhemos O que nós escolhemos E se estragar tudo e nós amamos como loucos? E todos nós temos, nós perdemos? E eu não quero que você vá, mas eu te quero tanto

Então me diga o quê

Diga-me o que escolher.

 

Alison terminava de tocar as últimas notas segurando algumas lágrimas em seu rosto. Ela sempre soube que era fraca para música triste. Ela terminou com o barulho das meninas mais uma vez

-SILÊNCIO!  Gritou a velha.

Alison saiu surpe alegre do palco e logo abraçou hanna. 

-Obrigada. Sussurro em seu ouvido. 

X

-você foi bem alison.  Disse aria abraçando a loira.

-obrigada. 

Ninguém sabia ali, mas até bateu uma vontade em aria de entrar para o clube. 

-Você foi a melhor. Disse Spencer abraçando agora ela.

-Spencer,  não é para tanto. Alison ria enquanto ambas saíram da escola.

-Hey alison. Chega Toby na frente da loira.

-Você nem veio, eu te chamei. A loira fazia cara de tristonha. Emily tira o óculos de sol para ver os dois melhores. 

-eu vir você cantar, mas eu fiquei na entrada, e olha ... que voz. A loira abraçou o rapaz forte. Emily olhava com atenção os dois. 

-sério?  Anw eu nem acredito que você viu. Ele coloca a loira no chão. 

-Agora eu tenho que ir, thau. Ele falou distanciando. 

-Você conhece? Pergunta emily a alison. 

-o conheci ontem. Disse.

-gente por que vocês não vão lá no sítio ?  Pergunta Spencer. 

-eu acho uma boa idéia, amanhã e feriado,  não tem aula. Aria disse com empolgação. 

-eu adoro a piscina lá do sítio dos tios. Hanna comemora.

-e, pode ser legal. Emily falava. Ninguém percebia por causa dos óculos de sol de emily, mas a morena não tirava os olhos de alison.  -e você alison vai? Pergunta a mesma se surpreendendo - se

-eu vou pedir ao meu pai, e obrigada pelo convite, thau meninas. Alison deu um beijo na bochecha de cada uma,  até em emily que sentiu sua pele queimar. 

-sério,  quem é que em pleno século vinte um, alguém precisa de permissão para sair? Debocha emily tentando se livra de pensar no beija na bochecha. Alison já entrava no carro de seu irmão.

-alison. Respondeu hanna seria, pensando que era uma pergunta. Todas riram menos ela sem entender da ironia de emily.

Pov's emily on

Eu queria ter dado um abraço em alison,  mas ficaria estranho. Pelo menos ganhei um beijinho. 

Eu não tinha gostado de saber que alison falava com Toby. Eu sei que ele é igual a mim ... a única diferença é que ele é homem. Toby já pegou tanta meninas, e até hanna, aria e por enquanto esta com Spencer ... Spencer o ama. Eu tenho certeza.

Ela sempre teve uma quedinha por ele desde que nós éramos crianças. Eu era a melhor amiga de Toby, e ele o meu. Até ...

Deixa para lá.  Só vou dizer uma coisa ... eu vou fazer o possível e o impossível para alison não ser apenas mais uma na lista desse loiro falso. Ele é loiro de verdade ... só é falso na alma.

Engraçado é que eu não quero que ela seja só mais uma na lista dele ... mas eu quero que seja mais uma na minha.

Eu não tenho nada para fazer. Nesses últimos dias eu só tenho ficado com a courtney. 

Elas são tão iguais, mas ao mesmo tempo tão diferentes. 

Será que alison beija como courtney?  

Será que alison faz sexo como courtney?  Mas o que? Eu não posso pensar em fazer alguma coisa com ela.

Eu descia as escadas e vejo minha irmã com minha mãe e meu pai na mesa de janta. Eu me sento mais eles que me olham surpresos.

-que foi? Perguntei

-nada e que, faz tanto tempo em que não jantamos juntos. Diz minha mãe,  só falta chorar. Eu começo a me servi e vou logo comendo as deliciosas panquecas recheadas de peito de frango.

-Então,  tifanny,  você ia nós contar algum. Fala meu pai para minha irmã.  Ela era quase como eu, tirando o fato de ser a mais inteligente, responsável, hetero, universitária, etc...

-eu ... eu vou casar.  Ela fala e eu quase que me engasgo.  Como assim? Onde eu estava esse tempo todo? 

-o que? Eu exclamou

-vou me casar.

-mas ... mas como?

-colocando o anel no dedo sua jumenta. Ela solta uma risada.

X

-e você gosta dele? Pergunto me jogando em sua cama. Eu acho que a minha reação deveria ser do meu pai.

-gosta? Eu o amo, ele não é nada comparado aos meus ex.

-Como é se apaixonar?  Da onde isso saiu? Foi da minha boca mesmo?

-E  maravilhoso,  você sente como se não precisasse de outra pessoa só dela, como se você não conseguia viver sem ver pelo menos um sorriso dela por dia, você se sentirá bem, confortável, carinhosa, atenciosa, engraçada ... tudo isso e muito mais. Você vai sentir seu coração a mil, borboletas no estômagos, uns ciuminhos as vezes, vai ficar triste quando não a ver, é mais triste ainda quando briga.  Eu só falei um pouco do que eu sinto, e tudo isso e muito mais, eu só rezo todos os dias para que você tome juízo e encontre uma garota,  legal, que te ajude, que te acompanhe,  que torça por você e o mais importante, que te ame e você a ame de volta.

Eu estou bem tonta com todas essas palavras, texto, discurso dela, mas faz sentido. E por um momento veio alison em minha cabeça.  Eu sair de seu quarto e fui para o meu.

Olhei para a janela a frente a minha e vir tudo apagado. Pego meu caderno e escrevo.

[ Boa noite Alison ] 

Eu viro meu caderno para a frente da minha janela com um sorriso fraco.


Notas Finais


????
Quem quiser escutar a música ... aí e só a tradução ... até o dps

https://m.youtube.com/watch?v=uodUCtmCRME


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...