História Pequenos Contos de Bandle City - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias League Of Legends
Personagens Akali, Kennen, Lulu, Malzahar, Poppy, Rumble, Shen, Shyvana, Teemo, Tristana, Veigar
Tags Kennen, League Of Legends, Lulu, Poppy, Rumble, Teemo, Tristana, Veigar
Exibições 44
Palavras 2.657
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Hentai, Luta, Magia, Mecha, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demora pra finalizar, só que tinha tanta coisa para fazer, outras fics para gerenciar, espero que gostem, como diz o título não é o final que ninguém queria, mais é o que o todos precisavam

Capítulo 15 - Temporada de caça ao Teemo: o final que ninguém queria


Nunca realmente havia enfrentado um amigo, um colega, alguém que me conhece, porém, quando encarei ele nos olhos eu percebi que ele não era um amigo, nem um colega e muito menos me conhecia, era como se todo o passado tivesse ficado lá atrás, sem vestígios de existência, as cicatrizes dele não ardiam quando pensava em suas origens, o peito não doía quando visitava o túmulo daqueles que deram a vida pelo o nosso amanhã, era uma pessoa completamente vazia e não mediria esforços para concretizar o que planejava. Teemo sempre teve uma frase para o momento, uma delas ele disse quando lidamos com um grupo extremista, eles se enchiam de explosivos e se detonavam no meio de civis, nunca vou esquecer quando ele disse "não a nada mais perigoso que um Yordle que não tem nada a perder", bem, naquele momento que nossos olhos se encontraram eu vi um Yordle que não tinha nada a perder mais ele também viu uma Yordle que não estava tão interessada no amanhã.

Centro de treinamento militar Yordle - 15 anos antes
Tem certeza? - sussurrou o Yordle de pelo claro, com manchas nos olhos, ele usava um gorro verde, os olhos estavam sempre fechados, ele andava devagar medindo cada passo, como se uma bomba fosse explodir a qualquer instante, sempre esfregava as mãos e ficava remexendo um caderno de bolso 'qual é? Vai ser divertido, todos aqui tentam ser fodões e nunca saem da média e você, parecendo um adolescente virgem em uma festa tem a pontuação acima da média. Agora, é um simples duelo de faca, eu e você, se eu ganhar quero minha média acima da sua e se você ganhar...' eu tento gesticular para que ele fale 'e-eu decido de-depois, ok?' chegava ser fofo. A área de combate estava fechada e ninguém entraria lá, usaríamos facas reais - eu gosto de uma aventura - era simples, o primeiro a ser desarmado, ferido ou derrubado perde, quando eu assumi uma postura firme ele apenas segurou a faca e a examinou e continuou mesmo depois que eu disse que estava valendo, eu nem exitei em atacar, mirei no rosto fofo dele, eu já via minha média acima do gênio da academia quando eu percebo que tá tudo girando, quando dou por mim, estou no chão, sem a faca e com um leve corte no braço 'e-eu ganhei' ele põe a faca de lado e estende a mão para mim 'como fez isso?' ele coçou a nuca 'eu posso te mostrar, mais não pode falar que somos amigos e... Bem, você ainda me deve'.

Base do Esquadrão Ômega - 7 anos depois
Tristana, eu vou entrar - eu realmente não queria ele lá dentro sozinho, eram os melhores dos melhores e tinham a maior potência militar do momento, como ele vai eliminar todos? Eu não podia deixar 'ei! Eu vou com você, não vai dar conta de tudo sozin-' ele não havia colocado a máscara ainda revelando que tinha o pelo do rosto grande, estava bem másculo, quando o questionei ele me puxou para um beijo, foi rápido mais de longe foi um dos melhores que já recebi - a vida de um soldado não dá muito espaço para romances - 'não. Você me deve Tristana, e eu estou cobrando, você fica' eu queria questionar mais eu já devia umas 200 para ele, querendo ou não, se ele disse que conseguia, eu não duvido.

Bandle City - Agora.
Minha faca foi de encontro com a dele, ambos já havíamos lutado diversas vezes em treino e com o tempo eu aprendi, aprendi bastante, mais será o suficiente? Mais ainda tinha a vantagem de ter um dragão como arma e ele não precisa da minha ajuda para atirar e eu também tinha o Ninja disparando shurikens eletrificadas, e mesmo assim a luta estava acirrada 'você melhorou Tristana' ele nem parecia se incomodar com o fato de chover fogo e eletricidade sobre si, parecia focado em testar as minhas habilidades com uma faca, eu nem percebi quando ele realmente agiu. Em algum momento entre a troca de aço e fogo ele achou brechas para disparar agulhas, tanto no Cascudo quanto no Kennen colocando ambos para dormir 'agora somos nós dois, não me desaponte Tristana'.
Não faço idéia da onde Teemo tirou aquele monstro mais ele era muito forte, estava cheio de raiva, minhas armas não funcionavam nele e no ritmo que as coisas iam eu perderia. Apesar de forte a criatura não era muito inteligente e consegui disparar tudo que tinha nele só que a cada ataque ele parecia ficar mais irritado 'muito bem Grandão, vamos ver do que você é feito' concentro toda a energia na minha broca do braço que fica gigante, o peso iria danificar o braço mais só precisava de um ataque 'Drill Breaker!' vou com tudo para cima e para a minha surpresa ele segura a broca e mesmo com força total ele a quebra e arranca o braço da Tris junto, isso custou a minha vitória, sem energia minha máquina vai ao chão e ele descarrega toda aquela raiva. Os golpes de Gnar amassavam cada vez mais a Ameaça mecânica, em breve ele chegaria ao Yordle azul, sem muitas opções escapar pelo lança-chamas era a única chance, mais se deixasse a Criatura ganhar ele iria para cima dos outros. 'Tris! Acione a auto-destruição' o robô mostra uma contagem de 15 segundos, ele ergue o lança-chamas e solta uma grande rajada sobre o Yordle pré-histórico '13' recobrando o equilíbrio ele vê o estado da máquina, se caísse de novo a máquina não levantava e se o inimigo não estivesse próximo não serviria de nada '9' ele usa de suas últimas forças para um golpe final 'desculpe Dayse... Acho que não vou voltar' a energia verde explode pelas falhas da máquina o remendando para um último ato, o braço com a broca nasce novamente, com uma broca absurdamente gigante, cheio de foguetes para propulsão, o sangue escorria pelo rosto do Yordle, o capo é ejetado para que o próprio olhasse nos olhos do inimigo 'você vai sentir o poder de Bandle City!' '5' Mega-Gnar avança com tudo para cima de Rumble 'Giga Drill Breaker!' a energia liberada pela máquina destrói todo o terreno em volta e lança o robô com tudo para frente, antes mesmo de chegar ao Yordle Vermelho o poder já o acerta, atordoado pela energia ele nem reage ao impacto. Uma enorme explosão envolve os dois, sugando tudo, terreno, os Yordles e até a realidade se distorce ao impacto que por um instante para no ar '0' a explosão manda Gnar para longe que cai inconsciente enquanto Tris se desfaz mandando a nave mãe para dentro de Bandle City.
A batalha dos ninjas estava acirrada, Kennen havia sido derrotado e não tinham Poppy para espantarem A Lagarto, logo Kled era praticamente imbatível junto de sua melhor -única- amiga 'já tão sem força seus putos?! Hahahaha Kled só começou!' entre golpes de Machado e arremessos de uma armadilha de urso presa a uma corda ele encurralou os Ninjas nem mesmo a explosão que aconteceu do lado o afetou, porém, assustou Skaarl que ficou alterada, os longos anos lutando juntos fez com que os Ionianos desenvolvessem uma linguagem corporal para prepararem estratégias sem dizer uma única palavra. Akali solta uma bomba de fumaça nos pés do General Noxiano, Shen puxa a sua espada espiritual, da fumaça a dupla de Insanos avista um par de globos brilhantes que parte a fumaça com uma lâmina igualmente iluminada, o sorriso de Kled não poderia ser maior mais Skaarl entra em desespero com a criatura nova que surgia deixando novamente o Comandante sozinho, ele ia praguejar algo para A Lagarto quando a base da lâmina do Ninja acerta a sua nuca fazendo-o desmaiar. Cansados os dois vão ao chão, ofegantes, cheios de pólvora e cortes pelo corpo, eles só estavam atentos caso o Dragão dele voltasse 'Shen... Não devíamos ajudar a Yordle?' ele se levanta mais não avistava nenhum dos Yordles.
Eles já estavam dentro da floresta, nem haviam percebido que saíram de Bandle City com a concentração na disputa, as facas se chocavam, trocavam de mãos, cortes se espalhavam pelo corpo da Yordle, ela estava sentindo os primeiros sintomas da perda de sangue e da exaustão, mais não demonstrava fraqueza, a cada falha, a cada corte, a cada momento que sentia o aço de Teemo na sua pele ela só sentia mais raiva, em um movimento precipitado ela desvia a faca do Escoteiro e acerta o olho direito dele, o mesmo grita de dor e põe a mão no olho ferido, sem nem mesmo exitar a Atiradora avança e enfia a faca no seu amigo, empurrando ele contra uma árvore 'porque!? Porque!? Porque!? Você poderia ter voltado e nós poderíamos de ter ficado juntos!' sangue escorria pela boca dele 'nós? Nunca ouve nós Tristana... Cisco era tudo para mim' lágrimas escorriam pelos olhos dela 'então pode ir pro inferno com ela!' ela prensa a faca com mais força e a torce, a vida aos poucos deixava a vida dele mais em um último movimento ele puxa uma pequena faca da manga e a crava no pescoço da Yordle, ela se afasta com a mão no pescoço, o sangue começa a esguichar, ela entra em choque tenta estancar o sangrando com a mão mais a perdia o sangue muito rápido, ela cai sem vida no chão, Teemo retira a faca da barriga e se aproxima do corpo da Yordle 'pobre Tristana... Você nun-' o peso do martelo o joga longe, ele cai desmaiado, Poppy estava sem a armadura, a ferida estava envolta em faixas, ela pega Tristana nos braços 'não... Não! Não! NÃO!' ela chorava e apertava o corpo da Yordle contra o seu, tão imersa na dor e na tristeza ela não percebe quando alguém se aproxima dela.
Quando Tristana abre os olhos, estava em uma cama confortável, era a sua, reconhecia a sensação dos lençóis, ao seu lado tinha uma Yordle de cabelos loiros, tinha os olhos inchados, sinais de que havia chorado muito, ela pensou em acordá-la mais preferiu se levantar, ela tem um relance das suas últimas memórias e leva a mão ao pescoço, estava liso, não havia nenhuma cicatriz, ela pega roupas e vai ao banheiro, estava com o cabelo roxo solto, seu rosto estava ótimo, parecia mágica, após se lavar ela sai de casa, a cidade ainda estava meio detonada mais parecia alegre como se nunca tivesse sido atacada por um Yordle lunático montado em um Lagarto mágico, um monstro vermelho e por um Escoteiro 'está bem melhor não é?' a Treinadora de dragões se surpreende ao ver Lulu, ela estava ótima, do seu lado estava Cascudo que parecia muito feliz em ver ela 'Cascudo! Vem menino' o Dragão pula nos braços dela 'ele estava com saudades, mais acho que já imagina que eu não estou aqui apenas para te devolver o Cascudo' ver a Yordle feiticeira seria era assustador, ela era sempre alegre e espalhava felicidade 'o que ouve comigo? Eu morri... E o Teemo? O que ouve Lulu?' tinha lágrimas nos olhos delas 'quando te encontrei nos braços da Poppy você ainda estava viva, eu... Bem, tinha um truque que a Pix me ensinou, eu ia usar para salvar alguém mais você era mais importante. Teemo está vivo, está em uma cela especial feita para ele, os outros estão inteiros... Bem, quase todos'. Rumble ainda separava peças para montar a Tris 3, Ekko o ajudava a encontrar peças no ferro-velho de Bandle City 'então você se explodiu sem exitar? Puta merda Rumble! Não acredito que isso aconteceu semana passada, eu podia ter vindo junto e ter rebobinado algumas vezes para melhorar o resultado' o Yordle azul abriu um sorriso 'não era problema seu garoto, você fez mais que o suficiente me ajudando com a Tris e está fazendo mais ainda me ajudando de novo. Obrigado Ekko' eles riram um pouco, Dayse corre em direção ao Yordle que amava, ela trazia uma bandeja com água 'hora do remédio Rumble, você não devia andar tanto! Ei você podia carregar ele!' o Moreno pega o Yordle e coloca nos ombros 'Ei! As próteses estão ótimas, não preciso ser carregado!' as próteses do Mecânico eram nas duas pernas 'claro que são ótimas, o próprio Viktor fez, aquele cara é do mal mais nunca recusa um desafio, próteses para Yordles? aqueles olhos brilharam com a idéia haha'  eles riram um pouco e voltaram a olhar atrás de peças novas. Gnar brincava com uma bola de plástico em um canto enquanto o Professor Heimerdinger examinava a cela do Escoteiro, Lulu e Tristana entram 'como ele está?' a Fada era seca, olhou diretamente para o Yordle preso e se arrependeu de não te-lo matado mais sabia que não podia 'o nosso convidado está bem calado, depois de eliminamos as toxinas do corpo dele as alucinações pararam mais ainda não sei com qual Teemo estou lidando' de costas usando uma camisa e calça branca, a cela dele era pequena e quadrada, toda transparente 'então você sobreviveu?' ele se vira para a Atiradora, tinha o pelo grande, um enorme corte no olho direito que estava fechado, o esquerdo estava aberto, a íris era vermelho sangue, Tristana olhou no fundo daquele olho, ela desvia a atenção e se vira para o Yordle pre-histórico 'quem é ele Professor?' o Loiro desvia a atenção do Escoteiro, passa por Lulu e para em Tristana 'ele é o Gnar, é um Yordle pré-histórico, ele era a criatura gigante que atacou o Rumble, parece que a fúria ativa genes antigos que o transformam, eu estou estudando isso ainda enquanto tenho certeza que a cela do Teemo está pronta... A propósito, Lulu, sinto muito pela a perda, sei que ele significava muito para você' Tris se vira para a Lilás 'Lulu, o que você fez exatamente? Do que abriu mão?' ela suspira 'vamos falar disso em outro lugar' elas se despedem do Inventor e saem, Teemo solta uma frase para que todos ouvissem 'não vão me manter aqui para sempre! Quando alguma merda grande demais para vocês cair e a mim que vocês vão recorrer! Vocês sempre vão precisar do Teemo! A guerra nunca acaba, o campo de batalha sempre muda!' as palavras passam por Tristana como se fosse apenas uma brisa fraca, ela o superou, finalmente havia superado. No bosque, Tristana estava pronta para ouvir o que Lulu tinha a dizer ela é surpreendida por um tapa seguido de um abraço 'Poppy não me deixou em paz a semana inteira, eu reverti a sua morte e não tem idéia do que tive de fazer para trazer você de volta! Sem falar que você não podia ter morrido- eu não pude trazê-lo... Nem pude me vingar' ela começa a chorar, Tris limpa as lágrimas no rosto dela 'de quem você está falando? Deve ser um Yordle e tanto por que nunca vi você chorar' ela respira fundo 'ele se chamava... Veigar'.

Três semanas depois
Bandle City acordava bem cedo, vários e vários Yordles se reuniam em volta da prefeitura para pedir aprovações para investirem em suas invenções, no ferro-velho Rumble acordava cedo ao lado de Dayse, queria terminar Tris 3 o mais rápido possível, ele nem sabia mais por que esse nome, talvez pela nostalgia. Tristana acordava de bom humor todos os dias desde que Poppy havia se mudado para lá, elas planejavam viajar por toda a Valoran. Lulu e Gnar viviam no Vale com Shyvana, aumentando cada vez mais a comunidade de dragões. Teemo ainda vivia na cela, as vezes Tris o visitava, as vezes Rumble, outras vezes Poppy mais ele havia se perdido nas suas personalidades, e ninguém mais tinha esperança na sua recuperação, ninguém mais tinha esperança de que algo de bom aconteceria com ele. O sol se punha naquele dia para os Yordles que muito perderam, mais nasceria de novo para todos que muito ganharam.


Notas Finais


O que acharam? Do que gostaram e do que não gostaram? Foi bom enquanto durou galera, até uma próxima fic XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...