História Percy Jackson e a nova semideusa - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Calipso, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Dionísio, Frank Zhang, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Hermes, Íris, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Paul Blofis, Percy Jackson, Personagens Originais, Piper McLean, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Sally Jackson, Thalia Grace, Travis Stoll, Treinador Gleeson Hedge, Zeus
Exibições 22
Palavras 1.453
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


capitulo de hoje esta meio curto mais eu espero que tenham uma boa leitura.

Capítulo 9 - Cap9


Acordei e pisquei algumas vezes até que a minha visão entrasse em foco,percebi que estava em um lugar desconhecido por mim,tentei me mexer mais algo me impediu,olhei na direção e vi que as minhas mãos estavam amarradas e as minhas pernas também estavam amarradas na cadeira,tentei me soltar novamente mais foi em vão e então a porta foi aberta e o garoto chamado Criasaor entrou no local.

Criasaor: a bela adormecida acordou.

Elisia: o que você fez!?

Criasaor: não é obvio? Meu chefe me fez prometer manter você viva mais ele não disse nada sobre não te machucar.

Elisia: vai a merda! Eu juro que quando eu sair daqui eu vou te matar seu inútil.

Criasaor: eu acho muito difícil você sair daí mais você pode tentar e adivinha só? Não vai conseguir,eu vou sair agora e depois eu volto e eu aconselho você a ficar quietinha ou eu vou te machucar.

O mesmo passou a mão no meu rosto e então saiu do quartinho,dei um suspiro pesado e comecei a analisar o ambiente tentando achar alguma coisa que possa me ajudar a sair daquele lugar.

Percy Pov.

Assim que chegamos dentro do navio tudo estava bagunçado,Piper estava sentada no chão e Gleeson estava tentando ajudar a mesma a se levantar.

Percy: o que aconteceu aqui?

Piper: levaram a Elisia.

Nico: o que!? Quem!?

Gleeson: aqueles caras de golfinhos,aqueles...ah eu vou matar um por um daqueles desgraçados!

Nico: eu deixo a minha irmã 20 minutos sozinha e isso acontece,que merda!

Nico saiu correndo e sumiu do nosso campo de visão,se bem eu conhecia Nico ele precisava de um tempo sozinho.

Percy: faz a muito tempo que Criasaor levou ela?

Piper: faz uns 30 minutos.

Percy: vamos procurar por ela.

Leo: Percy não podemos nos atrasar.

Ash: a profecia disse que a filha da morte iria se perder,podemos procurar ela hoje mais amanhã vamos ter que seguir com a missão,a Elisia é a minha amiga e se a gente tivesse tempo iria falar pra ficar aqui e procurar por ela mais não podemos deixar o tridente chegar em mãos erradas.

Lucy: eu e o Leo ficamos,Leo pode ensinar alguém a lidar com o navio e a gente pode ir a procura dela.

Leo: é..eu concordo com a Lucy.

Gleeson: eu já sei mexer um pouco,pode me ensinar como lidar com esse treco.

Leo: tudo bem,eu vou te ensinar enquanto vocês arrumem essa bagunça e depois vamos nos encontrar na cozinha.

Todos concordaram e então cada um saiu,dei um suspiro e então deixei as escadas fui a procura de Nico.

Elisia Pov.

Tentei achar um modo de achar uma maneira de sair de lá mais não encontrei nenhuma forma,dei um suspiro pesado e então a porta foi aberta com tudo e então Criasaor entrou.

Criasaor: seus amigos chegaram ao navio,todos estavam desesperados pra te encontrar.

Elisia: eles vão me encontrar e você vai estar muito ferrado.

Criasaor: boa sorte com isso.

Elisia: porque ta fazendo isso!? Eu não mato nem mosca,cara você não precisa fazer isso,deve ter um outro jeito.

Criasaor: não tem outro jeito.

Elisia: sempre tem um jeito pra tudo.

Criasaor: você sabe quem eu sou? – o mesmo pegou uma cadeira e se sentou na minha frente. – eu sou filho de Poseidon,eu sempre fui muito certinho e eu fazia de tudo pra receber a aprovação do meu pai,ele nunca ligou pra mim.

Elisia: os deuses são assim mesmo,eles não ligam pra nós,os deuses tem uma lei de não se envolver com as suas proles mortais.

Criasaor: depois que eu cansei de esperar ser notado por meu pai eu me revoltei,virei um pirata,meu povo e eu ficamos em Roma onde saqueamos semideuses,mais agora as coisas mudaram,achei um jeito de me vingar do meu pai,é o único jeito.

Elisia: você não precisa fazer isso só para ganhar a aprovação do seu pai,você pode ser feliz e não precisa passar todos os dias sendo um pirata,eu sei que você acha que seu pai não esta nem ai para você mais apesar de tudo nossos pais se importam com a gente mesmo que eles não demonstre,eles se importam sim com nós.

Criasaor: é tarde demais,você é garota legal Elisia,não é nada pessoal mais preciso fazer isso,não tenho escolha.

Criasaor se levantou da cadeira e saiu pela porta a fechando logo atrás de si,olhei ao redor tentando mais uma vez achar uma solução de sair daquele lugar,ao longe avistei uma tesoura em cima de uma mesa,me levantei com um pouco de dificuldade já que os meus pés também estavam amarrados,caminhei devagar e sem fazer barulho até a mesa,com dificuldade peguei a tesoura e voltei ao lugar onde estava a cadeira,comecei a esfregar a lamina da tesoura na corda que estava prendendo minhas mãos,eu só espero conseguir sair deste lugar e encontrar os meus amigos o quanto antes.

Leo POV.

O navio estava parado no mesmo lugar,assim que expliquei tudo ao treinador Gleeson sai da cabine e fui ajudar os outros a colocar as coisas no lugar,o estranho de tudo isso é que eles não roubaram nada,alguma coisa me dizia que o motivo deles estarem aqui foi justamente levar Elisia.

Ao longe avistei Nico em um canto do navio,dei um suspiro e caminhei até o mesmo.

Leo: Nico,vamos achar ela eu prometo.

Nico: eu não sinto ela,mais ela não esta morta,não pode estar!

Leo: ela não esta,ela é uma garota forte,ela vai conseguir Nico,ela sabe se virar,ela é como você Nico e você treinou ela bem.

Nico: não o bastante,se eu tivesse treinado ela mais,ela não teria sido levada,a culpa é minha.

Leo: Nico pare de se culpar,é o Criasaor,nem mesmo o Percy conseguiu vencer ele na esgrima na última vez que ele invadiu este navio,não tínhamos como evitar isso,vamos achar ela esta bem? A Piper disse que ela foi levada minutos antes da gente chegar,eles não devem estar assim tão longe,eu prometo que vamos encontrar ela,então pare de se culpar Nico,a gente precisa de você,você é o irmão dela pode ter alguma ligação com ela,vamos precisar de você.

Nico: tem razão,eu não vou deixar que ela tenha o mesmo futuro que a Bianca.

Leo: assim que se fala.

Nico se levantou e então fomos caminhando em direção a cozinha onde encontramos todos ali.

Leo: qual é o plano?

Percy: estávamos esperando vocês,eu posso procurar no mar e ver se acho alguma coisa.

Nico: eu vou procurar na cidade,alguém pode ter visto ela por lá.

Lucy: eu vou com o Nico.

Leo: também posso ir.

Piper: eu vou junto.

Jason: Piper você esta fraca não pode ir.

Piper: ela estava comigo quando tudo aconteceu,não consegui salvar ela,é o mínimo que eu posso fazer por ela Jason,eu vou ficar bem.

Luke: quanto mais pessoas ir é melhor,eu vou ir junto.

Percy: ta legal,o resto vão ficar aqui caso ela consiga voltar.

Todos concordaram e então fomos para o piso superior,coloquei meu cinto de ferramentas e minha mochila nas costas,aos poucos todos foram aparecendo com suas coisas.

Nico: dê as mãos,eu nunca levei um porte muito grande de pessoas nas viagens das sombras mais não tenho escolha,vou tentar,segurem firme porque é meio complicado fazer essas viagens.

Todos demos nossas mãos,se tinha uma coisa que eu não gostava muito era fazer viagens nas sombras mais eu sabia que não tinha escolha,fechei os meus olhos e então aconteceu,foi uma questão de segundos,quando abri os olhos estávamos na cidade novamente.

Leo: vamos nos separar.

Nico: nos encontramos aqui mais tarde.

Todos foram para uma direção diferente,comecei a caminhar pelas ruas,eu só esperava que Elisia estivesse bem.

Elisia Pov.

Demorei algum tempo para finalmente soltar minhas mãos,agora era só esperar pela hora certa,sai dos meus pensamentos com a porta sendo aberta com tudo,olhei na direção esperando que fosse Criasaor mais na verdade era um garoto desconhecido por mim,o mesmo tinha uma bandeja nas mãos,escondi a tesoura e então ele se aproximou.

- você precisa comer alguma coisa.

Elisia: você poderia me soltar? Não quero receber comida na boca,sou orgulhosa demais pra isso.

-desculpe eu não posso fazer isso.

Elisia: por favor,pelo menos me deixe comer com dignidade.

O garoto pensou por alguns segundos e então colocou a bandeja de comida em cima da mesa,o mesmo se aproximou  e quando se abaixou para me soltar enfiei com força a tesoura em seu pescoço,sangue começou a jorrar de seu pescoço,em um movimento rápido tampei sua boca evitando que o mesmo pudesse avisar aos poucos.

Elisia: eu sinto muito.

Então seu corpo ficou imóvel,fechei seus olhos e dei um suspiro pesado,soltei as cordas do meu pé e abri a porta devagar,examinei o local e não vi nenhuma pessoa presente ali,contei até três e sai correndo pra longe,eu tinha que sair daquele lugar antes que fosse tarde de mais.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...