História Percy Jackson e o Reino de Poseidon. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Percy Jackson, Poseidon, Tyson
Tags Percy Jackson
Exibições 87
Palavras 573
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Pessoal, desculpa eu não ter colocado antes. Essa semana é semana de prova e eu não sei se vou colocar mais capítulos! Bjss!

Capítulo 2 - Seguro as Pontas, Pai!


Fanfic / Fanfiction Percy Jackson e o Reino de Poseidon. - Capítulo 2 - Seguro as Pontas, Pai!

Debaixo do mar, não dava para saber se era dia ou se era noite. Só me dei conta que era para mim dormir quando desmaiei de sono na minha cama.

Tyson depois me deu um relógio, pra mim saber a hora certa de cada coisa.

Queria falar com meu pai, então me dirigi a sala de seu trono. Era o maior cômodo do lugar. Mas também, não era para menos. Volta e meia, Poseidon ficava com seus 3 metros de altura.

Quando cheguei, vi ele em sua forma normal, mandando uma mensagem de Íris para Zeus.

-Espero que você não esteja me acusando, irmão. Você sabe muito bem que eu não posso fazer isso.  - Zeus disse.

-Não, mas todo cuidado é pouco. Thalia, tampouco Jason seriam capazes de fazer isso... - me pai resmungou. Sua expressão era de raiva.

-Vou comunicar ao conselho. Até mais ver. - Zeus despediu-se e cortou a conexão. Imediato, meu pai se voltou para mim.

-Não tive a intenção... - eu disse.

-Tudo bem. Agora vou ter de por a par tudo com você. - ele se levantou de seu trono e veio em minha direção.

-Minha vara de pesca foi roubada... - ele suspirou.

No Olimpo, já vi meu pai várias vezes com uma vara de pesca. Sempre achei que fosse seu Tridente disfarçado, mas não tinha certeza. Esse foi o pensamento que correu em minha cabeça naquele instante. Decidi, então, perguntar:

-Você se refere hã... Ao seu Tridente?

-Sim.

Agora pude confirmar.

-Quando? - perguntei.

-Ontem à noite, enquanto eu fazia minhas refeições. - ele respondeu. - Percy, tem ideia se alguém pegar aquela arma o que ela pode fazer?

-Tsunamis? - dei um risinho abafado.

-Isso é sério! - ele colocou as mão nos cabelos. Semelhante a eu quando estou nervoso.

-Espero que você encontre ele logo. - eu disse, agora sério.

-Que você esteja certo, meu filho. Droga! Vou ter que ir novamente a superfície. Queria passar um tempo com você, mas parece que não vai dá. - ele suspirou. - Você pode segurar as pontas aqui por mim?

-Sim, claro. - disse. Então ele foi rapidamente para a superfície.

Vejamos... Tridente roubado, Poseidon e Atena tinham uma relação instável e eu segurando as pontas pro meu pai, ou seja, segurando o mar todo. Apenas eu espero que ele não acuse Atena. Guerras entre deuses sobre objetos roubados não são muito boas. E olha que eu falo por experiência.

Tritão chegou segundos depois e perguntou a mim, com um leve tom de arrogância:

-Onde foi o MEU pai?

-Para a superfície. - disse, com cara de quem não quer dar satisfações.

-Posso saber o que ele foi fazer lá? - ele me olhou com desdém.

-Seu Tridente foi roubado.

Tritão podia ser um cara nojento, mas até ele se espantou.

-Como assim? Roubado? - ele falou agora sem gracinhas.

-Poseidon disse que deu sua falta ontem a noite. - disse.

-Ele falou mais alguma coisa? - Tritão disse.

-Ele mandou uma M.Í para Zeus e disse para MIM segurar as pontas aqui no mar. - falei a ele, com o mesmo desdém que ele se dirigiu a mim.

Pude perceber a raiva que Tritão sentiu a eu falar "MIM". Decidi não dar mais satisfações a ele e segui ao corredor de quartos. Queria voltar para o meu quarto, até que escuto a voz de Caroline:

-Psiuu! Percy venha aqui!  - ela me chamou.


Notas Finais


Espero que gostem de minha nova fic!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...