História PERCYPER - REDESCOBRINDO O AMOR - Capítulo 19


Escrita por: ~ e ~UmaDepressiva

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo
Tags Festa, Percy, Percyper, Piper, Romance
Exibições 42
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá amores e amoras
Boa leitura :)

Capítulo 19 - QUEM AMA, CUIDA


Fanfic / Fanfiction PERCYPER - REDESCOBRINDO O AMOR - Capítulo 19 - QUEM AMA, CUIDA

Loving can heal

Loving can mend your soul

And it's the only thing that I know

I swear it will get easier

Remember that with every piece of you

And it's the only thing we take with us when we die

 

Amar pode curar

Amar pode remendar sua alma

E é a única coisa que eu sei

Eu juro que fica mais fácil

Lembre-se disso em cada pedaço seu

E é a única coisa que levamos conosco quando morremos

 

PIPER

Acordei com a claridade batendo em meus olhos, tínhamos dormido no chalé de Percy

- Bom dia marido – Falei beijando seu rosto, ele por sua vez abriu os olhos bem lentamente e sorriu quando me viu

- Bom dia esposa – Me beijou rapidamente

Levantei-me e fui tomar um banho, estava passando tanto tempo aqui, que até tinha um espaço deixado especialmente pra mim em seu armário

- Tenho uma surpresa pra você – Percy falou sorrindo depois de estarmos devidamente prontos

- Serio? O que – Falei procurando em volta

- Não está aqui – Riu e segurou minha mão – Vamos

Apenas concordei com a cabeça e me deixei ser levada

Após algum tempo, já em nova Roma Percy me levou até a frente de um prédio

- Já nos casamos e agora só faltava nossa casa... – Falou sorrindo e apontou para frente

- Não me diga!... Nossa casa? – Sorri encantada

- Sim – Respondeu e eu pulei em seus braços

-Como conseguiu isso? Eles só deixam pegar uma casa quando os dois trabalham

- Digamos que convenci Quiron – Riu – E... Arrumei um emprego

- Que demais! – Sorrimos – Aonde?

- Na academia de uns filhos de Áries, vou dar aulas de esgrima

- Isso é perfeito – Olhei em volta – Podemos entrar?

- Claro – Me levou para dentro

Nosso apartamento era no quinto andar

Quando estávamos de frente à porta ele pegou minha mão e colocou na maçaneta, colocando a sua por cima

- Juntos – Falou e abrimos

 Entrei e comecei a andar pelo lugar, estava vazio mais já dava para ver o quão lindo era, tinha Cozinha, banheiro, sala, varanda e dois quartos

- É tão perfeito – Me virei para Percy

- Sabia que ia gostar – Sorriu – Poderemos nos mudar daqui um mês

- Vou arranjar um emprego, assim logo teremos toda a mobília

Ele concordou e fomos até a sacada, o Sol já se punha

Percy me abraçou por trás e ficou com a cabeça apoiada em meu ombro

- Quem diria que hoje estaríamos com nossa própria casa – Ele falou e eu me virei para o olhar, colocando meus braços em seus ombros, ele me segurava pela cintura

- Não poderia estar mais feliz – Sorri

Ele retribuiu o sorriso e me beijou

 

Passados quatro meses, hoje seria o casamento do Leo e da Calipso, eles haviam ficado dois meses longe, na viajem que eles haviam planejado, e agora eu e Percy já estávamos sentados esperando a cerimônia começar, já estava a noite e eu usava um vestido verde menta esvoaçante e Percy um terno preto com a gravata da mesma cor

Vi Lucy passar por nos, ela nos encarou e virou a cara

- Ela me da arrepios – Falei no ouvido de Percy, que riu baixo

- Não se preocupe – Falou me olhando – Ela não nos fará mal

Concordei com a cabeça

A música da entrada da noiva começou e vimos Calipso, Leo abriu um sorriso gigantesco, o amor deles era lindo de se ver, ela usava um vestido justo ao corpo e tinha o cabelo solto com varios cachos e um véu que ia até um pouco abaixo dos ombros, estava lindíssima, Leo por sua vez usava um terno preto e o cabelo bem arrumado, lindo também

Tudo correu perfeitamente bem e logo estávamos na festa, que diferente dos outros casamentos estava sendo em nova Roma, em um lindo e bem decorado salão de festas

Estava conversando com Thalia, Annie e Calipso

- E quando você e Percy teram o primeiro filho? – Thalia perguntou

- Vamos com calma – Falei rindo

- É Thalia – Annie riu – Não vai assustar Piper

De repente escutei um estrondo, que pareceu vir do lado de fora

- Vocês ouviram isso? – Perguntei assustada

- Será que é algum ataque? – Calipso perguntou e corremos para fora, e vários semideuses fizeram o mesmo

Quando chegamos do lado de fora vi vários monstros horrendos, que pareciam ter uns 3 metros de altura, Jason, Percy, Frank e mais alguns lutavam contra eles

 - Meu casamento! – Calipso choramingou e eu coloquei minha mão em seu ombro

- No final tudo Dara certo – Lhe dei um olhar confiante

Ela deu um pequeno sorriso e escutei um barulho de algo caindo, olhei em volta e vi Percy caído, corri até ele, que tinha vários ferimentos em seu corpo

- Meu amor... – Passei a mão por seu rosto

- Vai... – Ele tentou conter a respiração acelerada– Vai ficar tudo bem agora se afaste para não se machucar

- De jeito nenhum vou te deixar aqui sozinho – Falei firme e o ajudei a levantar, mas parei quando vi que um mostro vinha em nossa direção

- Piper! – Percy me gritou quando peguei contra corrente de sua mão e fui em direção ao monstro

Dei um golpe que quase o acertou, mas ele foi mais rápido e tentou me derrubar, mantive minha postura e olhei para o lado, vi Leo, ele fez chamas aparecerem em suas mãos e me deu um sinal para distrair o mostro, comecei a dar golpes, acertando as pernas do mostro que urrou de dor e me jogou longe, bati a cabeça em umas pedras e vi tudo girar, mas respirei fundo e pude ver Leo o atingir com o fogo e ele virar pó

- Piper! – Vi Percy tentando correr em minha direção, já que mancava – Eu falei para se afstar, agora esta toda machucada

 Ele se sentou ao meu lado e me puxou para seu colo

- Eu tinha que te defender – Falei e passei a mão pelo seu rosto

- Eu que tinha que ter feito isso – Falou e fechou sua mão em forma de soco, nervoso – Nem isso consegui fazer por você, talvez eu não sirva pra nada!

- Shiu – Tampei sua boca com um dedo – Você é perfeito e sempre será!

- Mas eu...

- Sem mais – Sorri – Eu te amo Percy, mas que tudo e o amor têm dessas de um ajudar o outro, na alegria e na tristeza, se lembra?

Ele sorriu

- Como poderia me esquecer do dia mais feliz de toda minha vida – Me beijou

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Beijos cor de Rosa da Pantera e ate o próximo capitulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...