História Perdão para um Ex-Vingador - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Exibições 117
Palavras 1.001
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


e ae galera, demorei mas voltei haha to ake com mais uma One para voces
One referente ao ep que saiu hoje (13.10.16), o ep (479) que nós taaaaanto esperamos hahah
Foi lindo, assim como todos os outros sobre a Batalha Final, realmente ameeei e surtei *-*
obs: ainda nao me conformo com o cabelo da Sakura, mas enfim... kk

Espero que gostem, nos vemos nos comentários (: Saudades de vcês, apareçam ;*

Boa Leitura.

Capítulo 1 - OneShot: Perdão para um Ex-Vingador


    Abri os olhos lentamente me acostumando com a luz do ambiente. Olhei em volta e na hora soube que ainda estava no campo de batalha, Kakashi permanecia ao meu lado.

    - Você finalmente acordou. - ouvi-o dizer.

    - Já está anoitecendo. - observei.

    Alguns minutos se passaram e aos poucos tudo voltava a minha mente. Genjutsu. Eu estava presa em um genjutsu que Sasuke-kun havia me colocado. Meu sangue ferveu, não acredito nisso. Sasuke-kun! Naruto! Droga!

    - Cadê o Sasuke e o Naruto? - perguntei.

    - Eles estão lutando sua Batalha Final... - afirmou Kakashi observando minha confusão. - para se acertarem definitivamente.

    Droga. Não posso acreditar que os deixei chegarem a isso, embora todos nós sabíamos que um dia seria algo inevitável.

    - Precisamos encontrá-los rapidamente. Só há um lugar pra onde eles podem ter ido - afirmei me levantando.

Kakashi olhou de um jeito quase sem graça, meio que ele não estava em condições de se locomover livremente, mas eu também não poderia deixá-lo aqui. Com isso, o ajudei a se levantar e passei seu braço por meu pescoço o auxiliando a andar. Logo partimos ao encontro daqueles dois.

    Um tempo depois chegamos ao vale do fim, o qual estava irreconhecível e onde ao longe víamos o corpo dos dois no centro do lugar. Meu coração se apertou.

    - Lá estão eles. - anunciei o óbvio.

    - Então eles vieram mesmo pra cá, depois de tudo… - comentou Kakashi-sensei.

    Soltei-me dele e me dirigi o mais rápido possível até Sasuke-kun e Naruto. Ao me aproximar o choque foi instantâneo e meu estômago até pesou, a tristeza me inundando por terem chegado a tanto.

    - Sakura-chan! - ouvi a voz alegre de Naruto.

    Imediatamente comecei a curar ambos ao mesmo tempo sem olhá-los diretamente.

    - Valeu, Sakura-chan! - ouvi Naruto manifestar-se novamente.

    - Sakura, eu… - agora a voz era grave e grossa, eu a reconheceria em qualquer lugar. Não poderia ser de outra pessoa senão de Sasuke-kun.

    - Não! Apenas fique quieto agora, preciso me concentrar. - o interrompi.

    - Desculpe. - ele soltou. E meu corpo gelou. Será que ouvi direito?

    - Desculpar? Desculpar pelo que ? - perguntei meio vacilante. Incapaz de controlar a incerteza e o medo do que poderia vir em seguida.

    - Por tudo que eu tenho feito até agora. - terminou.

    Eu ainda não havia olhado para eles, muito menos agora que eu já não conseguia mais segurar as lágrimas. Há quanto tempo eu desejava ouvir isso dele, provavelmente desde o dia em que saiu da vila.

    - É bom mesmo, idiota! Nos causou tantos problemas. - confessei em meio às lágrimas e rapidamente vi o sorriso leve que ele tinha no lábios.

    Minutos depois eu havia terminado de curá-los, logo eles sentaram e só então eu enxuguei minhas lágrimas e os olhei.

    - Você está bem Sasuke-kun? - perguntei ingenuamente. Ele olhou e acenou positivamente. - Você tem certeza? - insisti e ele me olhou meio aborrecido antes de acenar novamente, Naruto apenas olhava intrigado e com a cara de idiota de sempre. - Ótimo.

    Dizendo isso concentrei uma pequena quantia de chakra no punho direito e sem pensar duas vezes me virei na direção de Sasuke-kun e dei-lhe um soco na bochecha esquerda fazendo-o voar alguns metros. Levantei o olhar apenas para ver um Naruto totalmente pasmo, com os olhos arregalados e totalmente surpreso.

    Fiquei de pé e comecei a caminhar para onde Sasuke-kun parou, ao que tudo indicava ele não conseguia se mexer.

    - Sakura-chan o que deu em você? Pare! Não faça isso. - ouvia Naruto gritar tentando me conter, já que não conseguia se movimentar bem graças a seus ferimentos.

Ele falava como se eu fosse matar o Sasuke-kun, até parece que eu seria capaz disso, mesmo no estado deplorável em que ele se encontrava agora.

Continuei em meu caminho e quando finalmente cheguei a Sasuke-kun, ajoelhei-me do seu lado direito. Ele olhou-me totalmente confuso e surpreso, obviamente não esperava tal ação. Eu estava realmente irritada, mas tudo passou quando vi os machucados em seu rosto causados pelo meu soco.

- Isso foi primeiramente por você fazer planos absurdos e dizer tantas besteiras, também foi por você machucar tanto o Naruto a ponto de vocês dois perderam seus braços e por último, - pausei e respirei fundo para me conter. - por ter me colocado em um genjutsu, seu idiota.

Ele ouviu tudo sem qualquer reação, vi em seus olhos uma leve compreensão transparecer. Em seguida, ergui minha mão direita e aproximei de seu rosto enquanto seus olhos acompanhavam atentamente, até mesmo com um certo receio. O brilho verde surgiu e eu aproximei mais ainda até descansar a mão em sua bochecha para poder curar o ferimento. Ele relaxou ao meu toque.

- Agora você está desculpado, Sasuke-kun. - falei baixo e vi um sorriso mínimo surgir em seus lábios seguido de um resmungo de dor.

Alguns minutos se passaram e enquanto eu terminava de curá-lo, ouvi passos atrás de mim, só poderiam ser de Naruto e Kakashi.

- Hey Teme, parece que agora você sabe o que eu passo quando a Sakura-chan me bate. - provocou rindo. - ela te pegou de jeito, seu rosto está mais feio do que sempre foi.

- Cala a boca dobe. - esbravejou Sasuke-kun.

- Não seja ridículo Naruto, não bati nele como bato em você. - disse e ajudei Sasuke-kun a ficar de pé, apoiando-o em mim. - Agora vamos, vocês precisam trazer todos de volta.

- É isso ai, dattebayo! - se agitou o loiro ao meu lado e sorri abertamente a ele.

-  Vem, vamos para a casa Sasuke-kun. - declarei e o ouvi bufar, símbolo de sua arrogância e que me indicava que não discutiria por um tempo, apenas aceitaria de imediato.

[...]

Durante os minutos de caminhada que se sucederam, aproximei-me discretamente de Naruto e com um sussurro disse-lhe:

- Você conseguiu Naruto. Obrigada.

[Obrigada por trazê-lo de volta a mim…

Obrigada por manter sua promessa.]


Notas Finais


Galera, eu REALMENTE necessitava bater no Sasuke, pelo amor de Deus kkk mesmo ele tendo apanhado mto do Naruto, precisava fazer isso eu mesma. Então tá ae kkk
Já estava escrita há um tempo, mas só postei agora hahaha
Obrigada por terem lido. É bom estar de volta. *-*
Comentem e me deixem saber se gostaram.
Logo, mais projetos a frente.

até a próxima - beijooooow ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...